(Parte 1 de 5)

VITÓRIA DA CONQUISTA – BA DEZEMBRO – 2009.

Trabalho desenvolvido para avaliação da disciplina Estágio Supervisionado I do 7º semestre do curso de Administração da Faculdade Independente do Nordeste – Fainor. Trata-se de estruturação final do Relatório de Estágio realizado durante o 5 º, 6º e 7 º Semestres, sob orientação dos professores Maria Zilda, Tayrone Felix e Francisco Carvalho, respectivamente.

VITÓRIA DA CONQUISTA – BA DEZEMBRO – 2009.

A elaboração deste Diagnóstico Organizacional teve a contribuição das disciplinas

Estágio Supervisionado I e I com a Orientação dos educadores Maria Zilda e Tayrone Ribeiro respectivamente nos semestres 5º e 6º do curso de Administração da FAINOR. O presente diagnóstico foi realizado na Empresa Transportadora Central em Vitória da Conquista no período que compreende os meses de Maio e Junho, período em que se realizou o Estágio Supervisionado I, principalmente na Área Logística da mesma, tendo como tema “Logística – Um Estudo de Caso na Empresa Transportadora Central” que é objetivo geral deste trabalho. Este Diagnóstico possui como objetivo um estudo de caso de logística na empresa Transportadora Central Ltda., obtido através de estudos teorizado pelos autores: Christopher 1999, Dias 2005, Carvalho 2002, Ching 2001, Pozo 2002, dentre outros, onde demonstram todos os aspectos envolvidos na área de logística nas empresas modernas. A escolha em elaborar esse projeto se deve ao fato de as empresas estarem dando ênfase à logística por diversas razões. Como: o atendimento e a satisfação do cliente se tornarem fundamentais na estratégia de mercado; A distribuição ser um elemento importante do atendimento ao cliente onde cada vez mais as empresas estão descobrindo que podem atrair e manter clientes oferecendo a eles melhor atendimento ou preços mais baixos por meio do melhor gerenciamento da logística. Com a utilização de pesquisas, dados foram coletados no ambiente exploratório, tabulados e posteriormente submetidos a análises com a finalidade de apresentar alternativas viáveis para melhorias dos processos de gerenciamento logístico. O tipo de Pesquisa, do ponto de vista da sua natureza, foi a pesquisa aplicada qualitativa e quantitativa, considerando que o trabalho irá gerar

“conhecimento” para aplicação prática e dirigida á solução de problemas específicos. Todos os tópicos apontados neste projeto reforçam a necessidade de se estudar a importância e o gerenciamento logístico utilizada na organização em estudo. A logística empresarial estuda como a administração pode prover melhor o nível de rentabilidade nos serviços de distribuição aos clientes e consumidores através do planejamento, organização e controles efetivos para as atividades de movimentação e armazenagem que visam facilitar o fluxo de produtos. Diante dessas perspectivas com o diagnóstico, espera-se que o mesmo venha contribuir tanto como sendo uma ferramenta a ser utilizada na gestão da empresa em estudo e demais organizações.

Palavras-Chave: Administração. Estoques. Gestão de materiais. Vantagens competitivas.

1INTRODUÇÃO5
1.1 CONTEXTUALIZAÇÃO5
1.2 PROBLEMATIZAÇÃO5
1.3 OBJETIVOS6
1.3.1 Objetivo geral6
1.3.2 Objetivos específicos6
1.4 HIPÓTESE6
1.5 JUSTIFICATIVA6
2 REVISÃO DA LITERATURA8
3 METODOLOGIA14
4 DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL16
5 CONSIDERAÇÕES FINAIS23
REFERÊNCIAS24

SUMÁRIO APÊNDICE 25

1 INTRODUÇÃO 1.1 CONTEXTUALIZAÇÃO

Atualmente a logística é um setor a ser considerado e importante tanto quanto as áreas de marketing, finanças e produção. Pois, é através da logística que os produtos e serviços chegam até os clientes finais, sendo o transporte responsável por fazer um elo entre toda a cadeia de valor de uma organização, interligando o fornecedor do fornecedor à empresa e o cliente do cliente da organização. O conceito de logística perpassa a movimentação e armazenagem de mercadorias uma vez que é de grande necessidade um gerenciamento coordenado das atividades relacionadas em vez de praticadas separadamente, pois a logística agrega valor aos produtos e aos serviços tornando a organização mais competitiva no mercado.

Com o advento da globalização, a concorrência deixa de ser local e passa a ser global. Isso significa que as empresas transportadoras devem repensar suas práticas e processos logísticos com a finalidade de buscar sempre a melhoria, no entanto, somente a busca por melhorias não vai dar garantias de torná-la uma organização competitiva. Faz-se necessário adotar o diferencial competitivo através da fidelização do cliente interno e externo, sob a perspectiva de desenvolver e manter um relacionamento duradouro reinventando e inovando sempre a maneira de coletar, armazenar, movimentar e distribuir os produtos e serviços. A logística é capaz de entregar satisfação e comodidade aos clientes na hora certa e no momento certo, pois já existem diversas ferramentas de gerenciamento baseadas em Tecnologias de Informações que proporcionam para as empresas a otimização de contratos, planejamentos das rotas e das cargas, consolidação de fretes e a escolha da modalidade.

Todos esses aspectos são relevantes para as organizações que buscam o diferencial competitivo e essa vantagem só poderá ser atingida se as empresas realizarem gerenciamento logístico eficiente e eficaz.

1.2 PROBLEMATIZAÇÃO

Qual importância do gerenciamento logístico da empresa e suas conseqüências em termos de competitividade?

1.3 OBJETIVOS

1.3.1 Objetivo geral

Estudar o processo de logística da empresa Transportadora Central e sua importância no contexto da organização.

1.3.2 Objetivos específicos

e de valor

 Compreender a logística como ferramenta de vantagem competitiva de custo  Entender a missão do gerenciamento logístico.

 Relatar a importância de um gerenciamento eficiente e suas conseqüências.

1.4 HIPÓTESE

O gerenciamento logístico da Transportadora Central não está proporcionando competitividade para a empresa.

1.5 JUSTIFICATIVA

É de fundamental importância enfatizar a logística e mostrar a necessidade que as organizações possuem em realizar um gerenciamento de forma adequada da cadeia de suprimentos e principalmente da área de logística. A efetividade da logística tem grande impacto tanto sobre a satisfação do cliente quanto sobre os custos da empresa.

Atualmente no contexto organizacional, as empresas estão em constante crescimento e competitividade apresentando uma crescente demanda por uma excelente política estratégica de logística.

A logística é uma poderosa fonte de vantagem competitiva sustentável, fazendo-se necessário o seu vínculo estratégico para o alcance de forma integral de sua potencialidade em alavancar os negócios de uma organização bem sucedida. A adoção da logística propicia uma visão sistêmica da organização produtiva, trabalha a integração de seus processos internos e de forma amplificada, os processos externos, envolvendo as diferentes camadas de clientes e fornecedores perpassando e amarrando os níveis estratégico, tático e operacional (USP, 2009, p. 3).

O que enfoca com mais veemência a importância desse projeto, como forma de alavancar o desenvolvimento da empresa em estudo.

A escolha em elaborar esse projeto se deve ao fato de as empresas estarem dando ênfase à logística por diversas razões. Como: o atendimento e a satisfação do cliente se tornarem fundamentais na estratégia de mercado; A distribuição ser um elemento importante do atendimento ao cliente onde cada vez mais as empresas estão descobrindo que podem atrair e manter clientes oferecendo a eles melhor atendimento ou preços mais baixos por meio do melhor gerenciamento da logística.

A logística empresarial estuda de que forma a administração pode prover melhor o nível de rentabilidade nos serviços de distribuição aos clientes e consumidores, através de planejamento, organização e controles efetivos para atividades de movimentação e armazenagem que visam facilitar o fluxo de produtos

Os motivos que foram levados em consideração na realização deste projeto foram, dentre outros diversos, a sua importância e a afinidade com o tema, uma vez que o mesmo trará grande relevância e benefícios para a organização em estudo. O projeto estudará a política da organização analisando pontos e pontos fracos e proporcionando sugestões de melhorias para assim tornar a empresa mais eficiente e eficaz no seu processo de logística. Considerando-se o acima exposto, justifica-se a realização deste trabalho que vai agregar valor e melhorias para a empresa.

Dada a sua relevância e importância é necessário ressaltar os benefícios que serão proporcionados para a sociedade, pois sendo a empresa uma prestadora de serviços à sociedade e obtendo melhorias em seus processos, também a comunidade será beneficiada com serviços eficientes, baratos e de qualidade.

Este relatório vai gerar conhecimento para a sociedade, pois será elaborado com dados e conhecimento científico com embasamento e referencial teórico, justificando assim a sua elaboração.

2 REVISÃO DA LITERATURA

A competitividade advinda da globalização leva as empresas à busca incessante de diferenciação perante seu público-alvo. A alta velocidade da informação e a facilidade de acesso a fontes produtoras fazem com que diferenciais competitivos sejam copiados em questão de dias, se não horas, e a comoditização seja o grande dogma do terceiro milênio (DIAS, 2005).

De uma forma geral e simplista pode-se afirmar, de acordo com Kotler (2003), que marketing “é um processo social por meio do qual pessoas e grupos de pessoas obtêm aquilo de que necessitam e desejam por meio da criação, oferta e troca de produtos e serviços”. Isso significa que o marketing é uma via de duas mãos entre o mercado e as organizações, em que estas buscam no mercado informações sobre seus desejos e necessidades, recebendo como retorno, nesta primeira fase, as

O marketing tornou-se uma força difundida e influente em todos os setores da

informações. economia. Em poucos anos despojou-se de sua antiga imagem de algo antiético e desnecessário e passou a ser visto como um instrumento essencial para a formação e manutenção de diversos negócios, tendo inclusive seus conceitos aplicados nos mais variados tipos de organização, desde times de futebol a igrejas, passando por governos e organizações não-governamentais. Como passo seguinte, as organizações passam a oferecer ao mercado os produtos e serviços de acordo com os desejos e necessidades dos clientes, tendo como retorno recursos financeiros e clientes satisfeitos.

O Marketing faz parte do cotidiano das organizações que buscam sucesso empresarial. As empresas necessitam do marketing para divulgar produtos e serviços no mercado, uma vez que seu público-alvo foi definido e identificado.

2.1 BREVE HISTÓRICO

Diversos autores enfatizam que a logística é utilizada por povos antigos como forma de melhorar e facilitar as suas atividades e principalmente em guerras militares.

Desde os tempos bíblicos os líderes militares já se utilizavam da logística. As guerras eram longas e geralmente distantes, eram necessários grandes e constantes deslocamentos de recursos. Para transportar as tropas, armamentos e carros de guerra pesados aos locais de combate eram necessários um planejamento, organização e execução de tarefas logísticas, que envolviam a definição de uma rota, nem sempre o mais curta, pois era necessário ter uma fonte de água potável próxima, transporte, armazenagem e distribuição de equipamentos e suprimentos (DIAS, 2005, p. 27).

A verdadeira tomada de consciência da logística como ciência teve sua origem nas teorias criadas e desenvolvidas pelo Tenente-Coronel Thorpe, do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos da América - (em inglês: United States Marine Corps; abreviação oficial: USMC) - que, no ano de 1917, publicou o livro “Logística Pura: a ciência da preparação para a guerra”. Segundo Thorpe, a estratégia e a tática proporcionam o esquema da condução das operações militares, enquanto a logística proporciona os meios”. Assim, pela primeira vez, a logística situa-se no mesmo nível da estratégia e da tática dentro da Arte da Guerra.

O Almirante Henry Eccles, em 1945, ao encontrar a obra de Thorpe empoeirada nas estantes da biblioteca da Escola de Guerra Naval, em Newport, comentou que, se os EUA seguissem seus ensinamentos teriam economizado milhões de dólares na condução da 2ª Guerra Mundial. Eccles, Chefe da Divisão de Logística do Almirante Chester Nimitz, na Campanha do Pacífico, foi um dos primeiros estudiosos da Logistica Militar, sendo considerado como o “pai da logística moderna (BRASIL, 2003, p. 25).

2.2 A MISSÃO DO GERENCIAMENTO LOGÍSTICO

Para Christopher (2007), a missão do gerenciamento logístico é “planejar e coordenar todas as atividades necessárias para atingir os níveis desejados de qualidade e de serviços prestados ao menor custo possível”. Dessa forma a logística deve ser vista como processo de grande importância para a organização e procurar integrar essa área com as demais.

No ambiente de competitividade, há uma grande necessidade das empresas realizar um gerenciamento de logística adequado, quando uma organização possui eficiência e eficácia na gestão de sua política de logística, obtém resultados favoráveis na conquista dos objetivos oferecendo produtos e serviços de qualidade para a sociedade a um preço acessível a todos.

O gerenciamento logístico, do ponto de vista sistêmico, é o meio pelo qual as necessidades dos clientes são satisfeitas mediante a coordenação dos fluxos de materias e de informações que se estendem do mercado, passando pela empresa e suas operações até os fornecedores. (CHRISTOPHER, 2007, p. 14).

Com a integração da cadeia de suprimentos a empresa terá grandes possibilidades de alavancar suas vendas de produtos e serviços. Assim, a logística é basicamente um conceito integrativo que procura desenvolver uma visão da empresa como amplo sistema que interage com o meio criando uma estrutura na qual as necessidades do mercado consumidor são traduzidos em estratégias competitivas. No contexto organizacional, as empresas estão sempre em busca de novas ferramentas que possam contribuir e auxiliar os administradores no gerenciamento das atividades organizacionais.

2.3 LOGÍSTICA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO

Para atender as necessidades do mercado consumidor, o marketing vem ampliando suas expectativas e buscando novas respostas para o panorama frenético da atualidade. Dentre as várias alternativas, a logística vêm se mostrando como fator vital para a competitividade e diferenciação entre as empresas que buscam sucesso.

"Logística é a parte do Gerenciamento da Cadeia de Abastecimento que planeja, implementa e controla o fluxo e armazenamento eficiente e econômico de matérias-primas, materiais semi-acabados e produtos acabados, bem como as informações a eles relativas, desde o ponto de origem até o ponto de consumo, com o propósito de atender às exigências dos clientes“ (CARVALHO, 2002, p. 31)

(Parte 1 de 5)

Comentários