(Parte 1 de 3)

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Fabio Renato Rossi do Nascimento

Organização Industrial:

Estruturas de Mercado:

- Monopólio - Oligopólio

- Concorrência Monopolística

- Concorrência Perfeita

São Carlos, Dezembro de 2009

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Fabio Renato Rossi do Nascimento

Organização Industrial:

Estruturas de Mercado:

- Monopólio - Oligopólio

- Concorrência Monopolística

- Concorrência Perfeita

disciplina de Organização Industrial

Trabalho acadêmico apresentado à Centro Universitário Central Paulista. Unidade São Carlos

São Carlos, Dezembro de 2009

LISTA DE TABELAS04
LISTA DE FIGURAS04
RESUMO05
ABSTRACT06
1. INTRODUÇÃO07
2. MONOPÓLIO08
2.1 Definição e Causas do monopólio08
2.2 Vantagens e desvantagens do monopólio08
2.3 Controle sobre o monopólio09
2.4 Discriminação de preços no monopólio09
2.5 Exemplos de empresas monopolistas10
3. OLIGOPÓLIO1
3.1 Definição e causas do Oligopólio1
3.2 Tipos de Oligopólio1
3.3 Formas de Oligopólio1
3.4 Exemplos de oligopólio12
4. CONCORRÊNCIA MONOPOLÍSTICA13
4.1 Definição e causas da Concorrência Monopolística13
4.2 Exemplos de Concorrências Monopolísticas13
5. CONCORRÊNCIA PERFEITA14
5.1 Definição e causas da Concorrência Perfeita14
5.2 Características da Concorrência Perfeita15
6. CONCLUSÃO16

SUMÁRIO REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS........................................................................17

Tabela 1. Comparação das Estruturas de Mercado07
Figura 1. Monopólio preço único e discriminação10

Estruturas de mercado são modelos que captam aspectos inerentes à organização dos mercados, realçando características tais como: o tamanho das empresas, a diferenciação dos produtos, a transparência do mercado, os objetivos dos participantes, o acesso de novas empresas. No mercado de bens e serviços, as formas e mercado, segundo essas cinco características, são as seguintes: concorrência perfeita, monopólio, concorrência monopolística (ou imperfeita) e oligopólio. Existe uma série de modelos sobre o comportamento das empresas na formação de preços de seus produtos. A diferença maior entre esses modelos está condicionada ao objetivo ao qual a firma se propõe: maximizar lucros, maximizar participação no mercado, maximizar margem de rentabilidade sobre os cursos, etc. Quanto aos seus objetivos, as empresas defrontam-se com duas possibilidades principais: maximizar lucro e maximizar mark-up (margem sobre os custos diretos). Dentro da teoria neoclássica ou marginalista, o objetivo da empresa é sempre maximizar o lucro total. Este trabalho acadêmico visou apresentar de uma forma sistêmica estas quatro estruturas de mercado dando definições e exemplos reais de empresas atuais.

Palavras-Chave: Estrutura de Mercado, Empresas, Produto, Mercado, Serviços, Preços, Lucros.

Market structures are models that capture aspects of organizing markets, enhancing features such as the size of companies, product differentiation, market transparency, the goals of participants, access to new businesses. In the market for properties and services, forms and market, according to these five characteristics are: perfect competition, monopoly, monopolistic competition (or imperfect) and oligopoly. A number of models on the behavior of companies in pricing their products. The major difference between these models is subject to the objective which the firm are: to maximize profits, maximize market share, maximize profitability margin on the courses, etc.. As for its goals, companies are faced with two main possibilities: maximizing profit and maximizing mark-up (margin on direct costs). Within the neoclassical or marginalist, the company's goal is to maximize its total profit. This academic work was to present a systemic form of these four market structures giving definitions and examples of companies today.

Key words: Market Structure, Company, Product, Market, Services, Prices, Profits.

1. INTRODUÇÃO

A partir da demanda e da oferta de mercado são determinados o preço e quantidade de equilíbrio de um dado bem ou serviço. O preço e a quantidade, entretanto, dependerão da particular forma ou estrutura desse mercado, ou seja, se ele é competitivo, com muitas empresas produzindo um dado produto, ou concentrado em poucas ou uma única empresa. (WAGNER, 2007).

Na análise das estruturas de mercado avaliam-se os efeitos da oferta e da demanda, tanto no mercado de bens e serviços quanto no mercado de fatores de produção. As estruturas do mercado de bens e serviços são as relacionadas na tabela 1 disposta abaixo: (WAGNER, 2007).

Estruturas de Mercado Número de Empresas

Diferenciação do Produto

Condições de

Entrada e Saída

Controle sobre o Preço Exemplo

Monopólio Só há uma empresa Produto Único Bloqueada Forte Petrobrás

Oligopólio Poucas

Diferenciado ou

Padronizado

Difícil Considerável

Ford, Fiat, Chevrolet, Volkswagen

Concorrência

Monopolística

Considerável Produto

Diferenciado

Relativamente

Fácil Leve Restaurantes

Concorrência

Perfeita

Muitas Produtos

Padronizados

Fácil Nenhum Não existe na prática

Tabela 1. Comparação das Estruturas de Mercado – Fonte Prof. Roberto Machado Wagner

Há de se destacar que no estudo microeconômico é analisado as imperfeições observadas no mercado, onde é possível observar algumas situações em que os preços são determinados através de distorções provocadas em mercados distintos, tais como: monopólios, oligopólios, concorrência monopolista e concorrência perfeita. (KUPFER, 2002).

As várias formas ou estruturas de mercado dependem fundamentalmente de três características: (KUPFER, 2002).

• O número de empresas que compõem esse mercado.

• O tipo do produto (se as firmas fabricam produtos idênticos ou diferenciados).

(Parte 1 de 3)

Comentários