instalações elétricas prediais

instalações elétricas prediais

(Parte 1 de 9)

Para se reduzir a possibilidade de choques nas instalações elétricas, deve ser instalado um eficiente sistema de aterramento, cujo principal componente é o fio terra.Para tanto, é cravada no solo uma haste de aterramento, próxima ao relógio de luz.Desta, sai um condutor de aterramento até o quadro de distribuição.E, a partir desse quadro, saem os fios terra para o interior da instalação.

A cor do fio terra deve ser verde ou verde-amarela e a sua seção é a mesma do que as dos fios fase e neutro.

Caixa de medição

Terminal de aterramento principal

Condutor de aterramento

Barra de terra

Quadro de distribuiçãoFio terra

Medidor

Recebemos em nossos lares a energia da concessionária através dos fios chamados de fasee neutro. Entre fases, há uma tensão de 220 volts e entre cada fase e neutro, há 110 volts.

Neutro Fase

Rede pública de baixa tensão

Ramal de ligação

Quadro de distribuição

Circuitos terminais

Medidor

Circuito de distribuição Aterramento

A partir do quadro de distribuição, saem os fios que vão fazer as ligações das lâmpadas e interruptores, tomadas e equipamentos elétricos em geral.Vejamos como fazer essas ligações.

Circuito de iluminaçãoCircuito de iluminação externa

NeutroFase Neutro

Fase

Retorno

Disjuntor monopolar Disjuntor difer encial residual bipolar

Retorno

Proteção

Circuito de tomadas de uso geralCircuito de tomadas de uso geral

NeutroFase

NeutroFase Proteção

Disjuntor difer encial residual bipolar

Proteção

Circuito de tomadas de usoespecífico (127 V)

Circuito de tomadas de uso específico (220 V)

NeutroFase FaseFaseDisjuntor DR

ProteçãoBarramento de proteçãoProteção

Exemplos de circuitos terminais protegidos por disjuntores DR:

A parte central da instalação elétrica é o quadro de distribuição, de onde partem todos os circuitos internos da residência. Um quadro típico contém um disjuntor geral e diversos disjuntores relativos aos circuitos de iluminação, tomadas e equipamentos específicos (chuveiro, ar condicionado, microondas, etc). O quadro de distribuição deve estar sempre desobstruído, não deve conter partes combustíveis (como madeira), deve possuir uma tampa interna (para evitar riscos de choques) e nunca deve ser lavado ou molhado.

Proteção Fase

Neutro

Disjuntor diferencial residual tetrapolar

Barramento de neutroBarramento de interligação das fases

Barramento de proteção

Disjuntores dos circuitosterminais bifásicos

Disjuntores dos circuitos terminais monofásicos

Os fios e cabos elétricos são da maior importância para o bom funcionamento e a segurança das instalações residenciais. Os tipos de fios e cabos mais comuns são constituídos por um condutor de cobre e um revestimento de plástico (PVC).

A pureza do cobre é fundamental para evitar aquecimentos exagerados dos condutores e também para facilitar a realização de emendas, dobras e ligações a interruptores, tomadas, disjuntores, etc.

O PVC de recobrimento deve ser de ótima qualidade e apropriado para isolar condutores elétricos.Isso garante que não haja curtos-circuitos e incêndios nas instalações.

Além de tudo isso, os fios e cabos devem ser antichama,o que garante que eles não propagam incêndios, evitando que pequenos incidentes se transformem em grandes tragédias.

É fundamental que os fios e cabos sejam fabricados rigorosamente dentro das normas técnicas vigentes, garantindo a segurança da instalação.

Todas essas características, você pode encontrar na família de fios e cabos Pirastic Ecoflam e Ecoplus da Pirelli.

Como escolher o fio ou o cabo certo para algumas aplicações:

Tipo de circuitoTensão(volts)

(Parte 1 de 9)

Comentários