EvandroFranklinMesquita TESE

EvandroFranklinMesquita TESE

(Parte 1 de 7)

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Centro de Ciênciais Agrárias Departamento de Solos e Engenharia Rural

Programa de Pós-Graduação em Manejo de Solo e Água

Evandro Franklin de Mesquita

AREIA, PB FEVEREIRO - 2005 i EVANDRO FRANKLIN DE MESQUITA

Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Manejo de Solo e Água do Centro de Ciências Agárias da Universidade Federal da Paraíba, como parte dos requisitos para a obtenção do título de Mestre em Manejo de Solo e Água. Área de Concentração: Manejo e Conservação do Solo e da Água.

Orientador: Prof. Dr. Lourival Ferreira Cavalcante

AREIA-PB FEVEREIRO - 2005 i Evandro Franklin de Mesquita

Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Manejo de Solo e Água do Centro de Ciências Agárias da Universidade Federal da Paraíba, como parte dos requisitos para a obtenção do título de Mestre em Manejo de Solo e Água. Área de Concentração: Manejo e Conservação do Solo e da Água.

Aprovada em 3 de fevereiro de 2005 BANCA EXAMINADORA:

Prof. Dr. LOURIVAL FERREIRA CAVALCANTE CCA/UFPB Orientador

Prof. Dr. PEDRO DANTAS FERNANDES CCT/UFCG Examanidor

Prof. Dr. ROBERTO WAGNER CAVALCANTI RAPOSO CCA/UFPB Examinador iv

sempre mais, basta querermos."

"A todas as pessoas deficientes que não deixam de lutar por seus objetivos, sejam eles quais forem, nos mostrando que podemos

OFEREÇO Aos meus pais BENEDITO FRANKLIN DE MESQUITA e

ADALVA ALVES DE OLIVEIRA (in memorian), por serem orgulho e inspiração da minha vida, e sem os quais não teria alcançado tamanha vitória. Á minha mãe: “Neste momento, alguém que gostaríamos de que estivesse conosco está ausente. Mas a lembrança de sua esperança, o som de sua voz, sopram suaves nas nossas memórias, num murmúrio de lamento e saudade. Porque há na vida em que, qualquer que seja a posição do nosso corpo, a alma está de joelhos.”

Ela se foi num adeus eterno; mas aqui lembrado, presente, eterno. As minhas irmãs ERCI, EDNIR, EUNICE, RITINHA E EDIVAM, por serem co-autores da minha vida e portadores de toda à minha admiração. A minha amiga, companheira, namorada e noiva LILIANNE FERNANDES DANTAS porque as alegrias de hoje também são tuas, pois o teu amor, estímulo e carinho, foram, sem dúvida, as armas dessa vitória.

Obrigado, Senhor meu DEUS, pela oportunidade que me deu, pois toda decisão vem de ti. Obrigado pelo teu amparo durante esta jornada, pois sem ti, nada posso fazer. Obrigado por mais um degrau que me permitiu subir na escada da vida.

Ao professor, LOURIVAL FERREIRA CAVALCANTE, pela nossa sincera amizade, por ter compartilhado comigo seus conhecimentos me auxiliando na busca da realização plena de meus ideais profissionais e pela grande força que despendeu para a realização deste trabalho em tempo mínimo.

Aos professores, PEDRO DANTAS FERNANDES E ROBERTO WAGNER

CAVALCANTI RAPOSO, pelas sugestões e correções e por terem aceitado fazer parte da banca examinadora desta dissertação.

Ao Programa de Pós - Graduação em Manejo de Solo e Água pelas facilidades no desenvolver desta dissertação.

Aos professores do Programa de Pós - Graduação em Manejo de Solo e Água por todo ensinamento, dedicação e orientação.

Á CAPES pela concessão da bolsa de estudos. Ao Centro de Ciências Agrárias por mais uma oportunidade concedida. Ao professor, SAULO CABRAL GONDIN, pela oportunidade de realizar o estágio de docência.

Ao amigo, EDIMAR MESQUITA DE OLIVEIRA, pela amizade e convivência. Ao amigo, MÁCIO FARIAS, um exemplo de pessoa, companheirismo e humildade pela valiosa ajuda nas análises estatísticas e confecções dos gráficos, e sem o qual a jornada teria sido mais árdua.

À secretaria, GRACINHA, pela amizade e carinho com que tratou todos os alunos de Pós – Graduação.

Ao laboratório de Química nas pessoas de NALDO, FABIANO e

MONTESQUIEU pela amizade e por toda ajuda prestado.

A todos os funcionários da biblioteca, particularmente a HERON pela sua postiosidade.

Á recepção de amostras nas pessoas d senhor CASTOR e PATROCÍNIO pelas orientações concedidas.

Aos colegas de mestrado PABLO, GREGÓRIO, FARNÉSIO, EGEIZA,

CHAGAS e especialmente a KALIANNA pela longa jornada de estudo com uma chegada vitoriosa.

vi

Aos amigos e irmãos da casa de mestrado: GEANDSON, FABIANO, CÍCERO

(ALAGOANO), MINEIRO, MARCELO, MACIO, FERNANDO (TOUROS) e FARNÉSIO pela convivência e amizade.

bem

À FRANCISCA e Dona LULU pelas deliciosas comidas e por sempre me tratarem

Aos colegas da equipe Lofeca: SAULO GONDIM, GAUDÊNCIO, GENIVAL, JOÃO PAULO, TONI (SUVELÃO), GIBRAN, FERNANDO (TOUROS), ÍTALO, FRANCISCO MESQUITA, GERLÂNIO, GEILSON, pelo companheiro e amizade.

Aos funcionários da propriedade Macaquinho: ZÉ AMARO (amigo), ZEZINHO,

ANTÔNIO, DORINHA e seu ZÉ que de forma empírica contribuiram por toda ajuda prestada quando da coleta dos dados.

A toda a minha família e amigos que sempre me incentivaram com votos de plena confiança, deixo os meus agradecimentos de uma verdadeira amizade.

Á todas as pessoas que compartilharam um pouco da minha vida acadêmica, e aqueles que direta ou indiretamente contribuíram para a realização desta dissertação.

vii SUMÁRIO

LISTA DE TABELASix
LISTAS DE FIGURASx
RESUMOxiii
ABSTRACTxiv
1.0. INTRODUÇÃO1
2.0 REVISÃO DE LITERATURA3
2.1. Agricultura orgânica3
2.2 Exigências nutricionais do mamoeiro8
2.3 Utilização de biofertilizantes na agricultura1
2.4 Qualidade de produção14
3.0. MATERIAL E MÉTODOS18
3.1. Localização, tipo de solo e clima18
condução21
3.3. Variáveis estudadas24
3.3.1. Nas plantas24
3.3.2. Nos frutos25
3.3.3. No solo25
3.4 Avaliação estatística25
4.0 RESULTADOS E DISCUSSÃO26
4.1 Crescimento do mamoeiro26
4.2 Produção28
4.3 Qualidade da produção32
4.3.2 Caracterização química dos frutos36
4.4 Composição mineral nas folhas do mamoeiro38
4.5 Composição mineral de frutos do mamoeiro46
4.6 Exportação de nutrientes52
4.7 Avaliação da fertilidade do solo57
5.0 CONCLUSÕES64

ix LISTA DE TABELAS

Tabela 1. Produção diária de resíduos líquidos e esterco de diversos animais6
Tabela 2. Componentes dos dejetos líquidos produzidos por diversos rebanhos7
química7

Tabela 3. Produção média, produção relativa e retorno econômico em solo de Cerrado com aplicação isolada de esterco líquido de suínos combinada com adubação

limbo e pecíolos das plantas10
Tabela 5.Teores foliares adequados de micronutrientes para a cultura do mamoeiro10
Tabela 6 Classificação do estádio de maturação do papaya para exportação16
preparo das covas20

Tabela 4. Teores foliares adequados de macronutrientes para a cultura do mamão no Tabela 7. Atributos físicos e químicos na profundidade de 0 – 20 cm, no solo antes do

preparo das covas20

Tabela 8. Valores de micronutrientes no solo, à profundidade de 0 –20 cm, antes do

2003 e 200421

Tabela 9. Valores médios mensais da precipitação pluviométrica, da temperatura média e da umidade relativa do ar no local do experimento, referentes aos anos de

início da fermentação anaeróbia2

Tabela 10 Composição química na matéria seca dos biofertilizantes aos 60 dias após o

x LISTA DE FIGURAS

fermentação anaeróbica23

Figura 1. Esquema de obtenção dos biofertilizantes bovino (puro e enriquecido) via

fornecidos ao solo na forma líquida e da idade das plantas27

Figura 2. Altura de plantas do mamoeiro Baixinho de Santa Amália em função do biofertilizante puro (A) e enriquecido com macro e micronutrientes (B),

(Parte 1 de 7)

Comentários