Análise das Demonstrações Contábeis

Análise das Demonstrações Contábeis

(Parte 1 de 2)

Análise das demonstrações contábeis

Exercícios de revisão:

    1. As aplicações de uma Empresa fazem parte:

  1. Do Ativo

  2. Do passivo

  3. Do patrimônio líquido

  4. Das obrigações

  5. Nenhuma das respostas acima

    1. Assinale a alternativa que indica situação patrimonial inconcebível:

  1. Situação Líquida igual ao Ativo.

  2. Situação Líquida maior que o Ativo.

  3. Situação Líquida menor do que o Ativo

  4. Situação líquida maior do que o Passivo

  5. Situação Líquida menor do que o Passivo Exigível

    1. A representação gráfica dos estados patrimoniais que indica a existência de “Passivo a Descoberto” é:

  1. Passivo + Patrimônio Líquido = Ativo

  2. Passivo = Ativo + Patrimônio Líquido.

  3. Passivo = zero e Ativo = Patrimônio Líquido

  4. Passivo = Patrimônio Líquido e Ativo = zero

  5. Passivo < ou = zero e Ativo > Patrimônio Líquido

    1. É função econômica da Contabilidade:

  1. Apurar lucro ou prejuízo;

  2. Controlar o patrimônio;

  3. Evitar erros e fraudes;

  4. Efetuar o registro dos fatos contábeis.

    1. As informações de natureza financeira envolvem:

  1. O fluxo de caixa e do capital de giro;

  2. O fluxo de receitas e de despesas, bem como o patrimônio da entidade;

  3. A demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados;

  4. A demonstração do Resultado do Exercício.

    1. A equação: Ativo maior que zero, Passivo maior que zero e Situação Líquida igual a zero evidencia:

  1. Situação Líquida Positiva;

  2. Situação Líquida Negativa;

  3. Passivo a Descoberto;

  4. Situação Líquida Nula ou Inexistente.

    1. As despesas com modernização e reorganização da empresa devem ser classificadas no balanço patrimonial como:

  1. Ativo Realizável a Longo Prazo;

  2. Ativo Circulante;

  3. Passivo Circulante;

  4. Ativo Permanente Investimentos;

  5. Ativo Permanente Diferido.

    1. Uma empresa apresentou os seguintes saldos no seu Balanço Patrimonial de 31.12.2007:

  • Lucros Acumulados – R$ 55.000,00

  • Capital Social - R$ 200.000,00

  • Empréstimos a pagar (daqui a 1,5 ano) – R$ 45.000,00

  • Salários a pagar – R$ 40.000,00

  • Fornecedores – (curto prazo) – R$ 100.000,00

  • Contas a pagar (curto prazo) – R$ 15.000,00

  • Obras-de-arte – R$ 10.000,00

  • Máquinas e Equipamentos – R$ 40.000,00

  • Imóveis (em uso nas atividades fins da empresa) – R$ 100.000,00

  • Gastos pré-operacionais – R$ 50.000,00

  • Móveis e Utensílios – R$ 30.000,00

  • Caixa – R$ 70.000,00

  • Veículos – R$ 80.000,00

  • Duplicatas a Receber – R$ 85.000,00

  • Impostos a Recolher – R$ 10.000,00

  1. Qual o total de bens e direitos da empresa? 465.000,00

  2. Quanto à empresa tem de dívidas no curto prazo? 165.000,00

  3. Quanto à empresa tem disponível para efetuar pagamentos à vista? 70.000,00

  4. Quanto à empresa tem de bens e direitos realizáveis daqui a um ano? 0,00

  5. Qual o valor do Ativo Permanente Diferido? 50.000,00

  6. Qual o valor do Ativo Permanente Imobilizado? 250.000,00

  7. Quanto à empresa deve a empregados, ao governo e a fornecedores? 150.000,00

  8. Qual o valor do Ativo Permanente Investimentos? 10.000,00

9. Apure o saldo da conta Resultado do Exercício e elabore o Balanço Patrimonial a partir do saldo das contas extraídas do livro Razão, conforme abaixo relacionadas:

Caixa

R$ 100.000

Clientes

R$ 20.000

Estoques de Material de Expediente

R$ 10.000

Imóveis

R$ 200.000

Móveis e Utensílios

R$ 50.000

Fornecedores

R$ 50.000

Promissórias a Pagar

R$ 20.000

Capital

R$ 270.000

Água e Esgoto

R$ 1.000

Aluguéis Passivos

R$ 10.000

Descontos Concedidos

R$ 500

Fretes e Carretos

R$ 500

Receitas de Serviços

R$ 54.000

Material de Expediente

R$ 2.000

Total

R$ 788.000

Despesas: R$ 54.000,00

(-) 1.000,00

(-) 10.000,00

(-) 500,00

(-) 2.000,00

(-)500,00 R$ 40.000,00

10 – Aumentam o Patrimônio Líquido:

  1. Pagamentos de salários;

  2. Recebimento de duplicatas com descontos;

  3. Recebimento de duplicatas com juros;

  4. Venda de bens abaixo do custo de aquisição;

  5. Venda de bens pelo preço de custo.

  1. Aumentam o Capital Circulante Líquido:

  1. Os aumentos do Ativo Circulante e do Passivo Circulante;

  2. Os aumentos do Passivo Circulante e dos Investimentos;

  3. A redução do Passivo Exigível a Longo Prazo e o aumento do Ativo Realizável a Longo Prazo.

  4. O aumento do Passivo Exigível a Longo Prazo e a redução do Ativo Permanente.

  5. O aumento do Ativo Realizável a Longo Prazo e a Contribuição para Reserva de Capital.

    1. Para calcular o capital circulante líquido uma empresa dispõe das seguintes informações:

X1

X2

Ativo Circulante

51.200

49.000

Ações de Coligadas

2.000

2.300

Máquinas e Equipamentos

13.000

11.500

Móveis e Utensílios

7.000

9.300

Depreciação Acumulada

1.700

2.100

Passivo Circulante

28.000

17.800

Capital Social

40.000

44.100

Capital a Realizar

5.000

1.900

Reserva de Reavaliação

3.000

1.000

Reservas Estatutárias

2.000

3.000

Reserva Legal

3.500

6.000

Após a elaboração da Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos, pode-se ver que o capital circulante líquido aumentou em:

      1. R

        51.200 (-) 49.000 = R$ 2.200,00

        28.000 (-) 17.800 = R$ 10.200,00

        Ano X2 (-) Ano X1 = 8.000,00

        $ 2.500,00;

      2. R$ 3.500,00

      3. R$ 8.000,00;

      4. R$ 5.000,00;

      5. R$ 4.000,00

    1. Quando buscamos encontrar a relação percentual de um elemento com o todo de que faz parte, estamos utilizando o método de análise de balanço denominado:

      1. Análise por meio de quocientes.

      2. Análise vertical.

      3. Análise horizontal.

      4. Índices-padrão.

      5. N.D.A.

Preencha as colunas “%” a seguir, fazendo uma análise vertical considerando:

      1. Total do ativo igual a 100%.

Cia Teste

Em $

%

Ativo Circulante

Disponível

800

Duplicatas a Receber

1.200

Estoque

1.500

Aplicações Financeiras

1.500

Total

5.000

Ativo Permanente

Investimentos

2.000

Imobilizado

3.000

Diferido

1.000

Total

6.000

Total do Ativo

11.000

100

Resolução ....

Cia Teste

 

Em $

 

Ativo Circulante

 

 

Disponível

800

7,3%

Duplicatas a Receber

1.200

10,9%

Estoque

1.500

13,6%

Aplicações Financeiras

1.500

13,6%

Total

5.000

45%

Ativo Permanente

 

 

Investimentos

2.000

18,18%

Imobilizado

3.000

27,27%

Diferido

1.000

9,09%

Total

6.000

54,55%

Total do Ativo

11.000

100,00%

      1. Total de vendas igual a 100%.

Demonstração do Resultado do Exercício

$

%

$

%

Receita Operacional

10.000

100

( - ) CPV

(4.000)

( = ) Lucro Bruto

6.000

( - ) Despesas Operacionais

De vendas

(800)

Administrativas

(1.100)

Financeiras

(100)

(2.000)

( = ) Lucro Operacional

4.000

( - ) Despesas não operacionais

(1.000)

( = ) Lucro antes do Imposto de Renda

3.000

( - ) Provisão para o I.R.

(600)

( = ) Lucro Líquido

2.400

Resolução

Demonstração do Resultado do Exercício

 

$

%

$

%

Receita Operacional

10.000

100,0%

10000,00

100,00%

( - ) CPV

(4000,00)

-40,0%

(4000,00)

-40,00%

( = ) Lucro Bruto

6000,00

60,0%

6000,00

60,00%

( - ) Despesas Operacionais

(2000,00)

20,0%

 

20,00%

De vendas

(800,00)

8,0%

 

8,00%

Administrativas

(1100,00)

11,0%

 

11,00%

Financeiras

(100,00)

1,7%

(2000,00)

1,67%

( = ) Lucro Operacional

4000,00

40,0%

4000,00

40,00%

( - ) Despesas não operacionais

(1000,00)

10,0%

(1000,00)

10,00%

( = ) Lucro antes do Imposto de Renda

3000,00

30,0%

3000,00

30,00%

( - ) Provisão para o I.R.

(600,00)

60,0%

(600,00)

60,00%

( = ) Lucro Líquido

2400,00

24,0%

2400,00

24,00%

 

 

 

 

 

    1. Uma empresa apresentava em seu Balanço Patrimonial projetado, antes do final do ano, os seguintes valores Circulantes.

Ativo Circulante

Passivo Circulante

1.200

= 1,20

$ 1.200.000

$ 1.000.000

1.000

O seu presidente não está contente com o índice de 1,20. Ele determinou ao seu contador que o índice deverá ser igual a 2,00.

  1. É impossível modificar esta situação, considerando-se que estamos próximos ao final do ano.

  2. A única alternativa é o contador “fajutar” o Balanço Patrimonial.

  3. A solução seria pagar $ 800.000 da dívida a curto prazo da empresa.

  4. Não é possível porque p Ativo Circulante é maior que o Passivo Circulante.

Resolução:

1.200,00 (-) 800,00 = 400,00, Logo AC = 400,00

1000,00 (-) 800 = 200,00, Logo PC = 200

AC 400/ PC 200 = 2,0 O Índice passa a ser 2,0

Exercícios

1 . Faça uma comparação do endividamento das empresas abaixo.

Empresa A

Empresa B

Ativo

Passivo

Ativo

Passivo

Circulante 4.200

Circulante 3.100

Circulante 4.200

Circulante 4.000

ELP 2.900

Permanente 5.800

PL 4.000

Permanente 5.800

PL 6.000

Total 10.000

Total 10.000

Total 10.000

Total 10.000

Análise Quantitativa / Qualitativa

Empresa A

PC + ELP = 3100,00 + 2900,00 = 6000,00 = 0,6 ou 60%

PC + ELP + PL 3100,00 + 2900 + 4000 10.000,00

Ou seja, 60% de recursos totais originam-se de capitais de terceiros / 60% do Ativo é financiado com recursos de terceiros.

Empresa B

PC + ELP = 4000,00 + 0,00 = 4000,00 = 0,4 ou 40%

PC + ELP + PL 4000,00+ 00,00 + 6.000,00 10.000,00

Ou seja, 40% de recursos totais originam-se de capitais de terceiros / 40% do Ativo é financiado com recursos de terceiros.

Garantia

Empresa A =

Capital Próprio = PL = PL = 4.000,00 0,66 / 1,00

Capital Terceiro ELP PG + PELP 6.000,00

Empresa B =

(Parte 1 de 2)

Comentários