(Parte 1 de 11)

Secretaria da Saúde

PPGIm dezembro de 2001

Salvador Dezembro de 2001

Distribuição e informações:

Diretoria de Vigilância e Controle Sanitário - DIVISA

FAX:(71) 336-9306
E-mail:divisa@sesab.ba.gov.br

Av. Sete de Setembro, 2.340 – Vitória, Salvador/BA CEP 40080-002 Telefone: (71) 336-5344

Universidade Federal da Bahia – UFBA / Instituto de Ciências da Saúde

FAX:(71) 245-8917
E-mail:labimuno@svn.com.br / ppgimics@ufba.br

Av Reitor Miguel Calmon S/N – Campus Vale do Canela, Salvador/BA CEP 40110-902 Telefone: (71) 2458602 Tel.Fax: (71) 235-8099

BAHIA. Secretaria da Saúde. Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde. Diretoria de Vigilância e Controle Sanitário. BRASIL. Universidade Federal da Bahia. Instituto de Ciências da Saúde. Manual de Biossegurança. Salvador. 2001.

Manual de Biossegurança

Índice

Sobre o Manual 5

Apresentação 7 Esclarecimentos 8 Autores 9 Edição, Diagramação, Formatação e Revisão 1

Parte I - Aspectos Gerais 13

Capítulo 1 – Abreviaturas e Glossários Utilizados em Biossegurança 17 Capítulo 2 – O Papel da Vigilância Sanitária 39 Capítulo 3 – A Biossegurança e sua Regulamentação no Brasil e no Mundo 49

Parte I – Unidades de Saúde 5

Capítulo 4 – A Arquitetura dos Edifícios dos Serviços de Saúde e Unidades

Ambientais 61

Capítulo 5 – Estrutura, Exigências e Critérios para Projetos Arquitetônicos 69 Capítulo 6 – Biossegurança em Unidades de Saúde 87

Capítulo 7 – Dispositivos de Proteção e Materiais Utilizados na sua Confecção 101

Capítulo 8 – Modelos de Formulários e POP Úteis as CIBio e CIPA dos Setores e Unidades 117

Capítulo 9 - Biossegurança no Gerenciamento, Preparação da Coleta e

Transporte de Resíduos de Saúde 123

Capitulo 10 – Biossegurança nas Atividades de Cirurgiões-Dentistas 139 Capítulo 1 – Segurança Profissional Durante Procedimentos Cirúrgicos 161 Capítulo 12 – Segurança Alimentar no Ambiente Hospitalar 171

Parte I - Laboratórios 181

Capítulo 13 – Biossegurança no Laboratório de Diagnóstico e de Pesquisa 187

Capítulo 14 – Primeiros-socorros e Segurança em Ambientes de

Laboratórios 241

Capitulo 15 – Biossegurança em Laboratório de Parasitologia 275 Capítulo 16 – Biossegurança no Trabalho de Laboratório com HIV 287 Capítulo 17 – Modelo de Manual para Laboratório de Biossegurança 293

Manual de Biossegurança Índice

Parte IV – Manipulação de Animais 325

Capítulo 18 – Animais de Laboratórios 329

Capítulo 19 – Animais de Modificados Geneticamente (Transgênicos) e a

Legislação do Brasil 347

Parte V – Radiações 377

Capítulo 20 – Introdução a Radiações 381 Capítulo 21 – Noções de Física Nuclear 387 Capítulo 2 – Radiações na Medicina 399

Capítulo 23 – Blindagem - Radiações e Medicina Nuclear – CNEN (Cálculo de Blindagem) 409

Capítulo 24 – Atualização Sobre Radioproteção em Medicina Nuclear 423

Parte VI – Infecções Virais e Vacinas 431

Capítulo 25 – Biossegurança no Tratamento de Infecções Virais –

Abordagem HIV e HTLV 435

Capítulo 26 – Doenças: Procedimentos de Registro e Possibilidades de

Imunoprofilaxia / Vacinoterapia 441

Capítulo 27 - Biossegurança no Diagnóstico e Tratamento de Infecções

Virais – Viroses Hepatotrópicas / Hepatites 469

Manual de Biossegurança Sobre o Manual

Manual de Biossegurança Sobre o Manual

Apresentação

Alguns dos membros da Comissão Interna de Biossegurança do Instituto de Ciências da Saúde (CIBio-ICS), também docentes do Programa de Pós-graduação em Imunologia do ICS, nos dois anos de sua indicação pelo Magnífico Reitor, executaram, com apoio de outros professores, o projeto de realização do I curso de Biossegurança para as Áreas das Ciências da Saúde e Biológicas. A presente publicação é o resultado do material discutido e apresentado e constitui inicialmente o registro, a aplicação e ampliação dos conhecimentos básicos e gerais em biossegurança em nossa comunidade.

Esta publicação, marca na UFBA e no Estado da Bahia, o momento evolutivo que, através da inspiração e do exemplo acadêmico e científico, servirá de base para que outros educadores disseminem e amplifiquem a preocupação contemporânea de cuidado e preservação do mundo e que é inquestionavelmente gerada através da ética profissional e cidadania.

(Parte 1 de 11)

Comentários