Aula - Reanimação Cardiopulmonar

Aula - Reanimação Cardiopulmonar

(Parte 1 de 2)

Reanimação Cardiopulmonar

Essência Vital

Aristóteles Brito Alexandro Barbosa

Dr.Alexandro de Sousa Barbosa.

Dr.Aristóteles Brito.

Enfermeiros Autores

Objetivo Geral

Realizar manobras de reanimação respiratória e cardiorespiratória.

I. Identificar a parada respiratória e cardiorrespiratória no adulto, criança e bebê.

I. Realizar as manobras de reanimação adequadas a cada faixa etária;

Reanimação Cardiopulmonar

É a incapacidade do coração de gerar fluxo sangüíneo e produzir pulso.

A ausência de pulso carotídeo palpável é indicativo de parada cardíaca nos adultos e crianças, assim como, ausência de pulso braquial palpável em menores de 1 ano de idade.

O que é parada cardíaca?

As manobras de reanimação cardiopulmonar visam instituir, mecanicamente, ventilação e circulação produzindo perfusão cerebral.

As condutas adotadas no suporte básico de vida perdurarão até que sejam adotadas as medidas de suporte avançado de vida.

Como reconhecer

Ausência de batimento cardíaco.

Ausência de pulsação (critério isolado mais confiável) grandes artérias –carótidas, femurais

Apnéia

Pele fria e amarelada

Midríase Inconsciência

A parada cardíaca e a parada respiratória podem ocorrer separada ou juntamente, mas a ocorrência de uma, em pouco tempo, acarretará na ocorrência da outra.

•Como realizar a reanimação cardiopulmonar (R.C.P.)?

Estabelecimento da

Responsividade

Observar se o paciente está consciente, perguntando se está tudo bem ou sacudindoo vigorosamente

Estímulo doloroso SOLICITARSOCORRO

Abertura das Vias aéreas Abertura das Vias aéreas

VENTILAÇÃO DE RESGATE 2 VENTILAÇÕES EFETIVAS

DE 5 A 10 SEGUNDOS A EXISTÊNCIA OU NÃODEPOULSO

DEVE-SE APENAS INSUFLAR O PACIENTE A CADA3 a 5 SEG.

Reanimação Cardiopulmonar

É bom lembrar que condutas isoladas não promovem perfusão encefálica eficaz, portanto, para que haja oxigenação cerebral adequada, devem ser realizadas ventilação e compressões cardíacas externas de maneira sincronizada.

•Há diferença na reanimação cardiopulmonar (R.C.P.), realizada no adulto, na criança e no bebê?

Reanimação Cardiopulmonar

RCP no adulto

Idade:Acima de 8 anos

Referencial: Apêndice xifóide

Compressão:Dois braços estendidos perpendiculares ao esterno

Amplitude:De 4,0 cm a 5,0 cm Freqüência:30 : 2 –1 ou 2 socorrista

Pulso central: Carotídeo Dados:

F.R.: 12 a 20 Inc/min.

Reanimação Cardiopulmonar

RCP na criança Idade:De 1 até 8 anos

Referencial: Apêndice xifóide

Compressão: Um braço estendido perpendicular ao esterno

Freqüência: Pulso central: Carotídeo

Dados:

P.A.(sist.): 90 + 2.Idade mmHg (diast): 70 + 2.Idade mmHg

(Parte 1 de 2)

Comentários