Exame microbiológico - professor paulo

Exame microbiológico - professor paulo

(Parte 1 de 2)

Pode Pode-- se utilizar frasco contendo o meio se utilizar frasco contendo o meio conservante conservante para transporte (CARY para transporte (CARY--

BLAIR), fornecido pelo BLAIR), fornecido pelo

Laborat Laboratóó rio. rio.

Colocar uma quantidade de fezes no meio Colocar uma quantidade de fezes no meio conservante conservante (equivalente a uma colher de (equivalente a uma colher de sobremesa). Preferir sempre as por sobremesa). Preferir sempre as porçç ões ões muco sanguinoletas sanguinoletas. .

Não usar papel higiênico para coletar fezes, pois na Não usar papel higiênico para coletar fezes, pois na sua composi sua composiçç ão existe sal de B ão existe sal de Báá rio, que inibe o rio, que inibe o crescimento de algumas esp crescimento de algumas espéé cies de bact cies de bactéé rias rias patogênicas. patogênicas.

O processamento laboratorial deve ser O processamento laboratorial deve ser realizado at realizado atéé 20 20’’ , ou, se não for

, ou, se não for poss possíí vel, conservar a urina em vel, conservar a urina em geladeira at geladeira atéé o momento da semeadura. o momento da semeadura.

Uso de conservantes ( Uso de conservantes (á cido b cido bóó rico rico est estéé ril a 1% volume final) ril a 1% volume final)

1) Em caso de 1) Em caso de descontrole descontrole de mic de micçç ão, usar saco ão, usar saco coletor. Deve coletor. Deve-- se fazer se fazer higieniza higienizaçç ão ão pr préé via do via do per períí neo neo com com á gua e sabão neutro. Caso não haja gua e sabão neutro. Caso não haja mic micçç ão, o saco coletor deve ser trocado a cada ão, o saco coletor deve ser trocado a cada

, repetindo-- se a se a higieniza higienizaçç ão ão do do per períí neo

2) Nos demais casos, fazer a 2) Nos demais casos, fazer a higieniza higienizaçç ão ão da da genit genitáá lia externa com lia externa com á gua e sabão neutro e gua e sabão neutro e enxugar. Colher o jato m enxugar. Colher o jato méé dio, preferencialmente dio, preferencialmente da primeira mic da primeira micçç ão do dia, ou então, com ão do dia, ou então, com intervalo de 2 intervalo de 2-- 3 horas ap 3 horas apóó s s ú ltima mic ltima micçç ão. ão.

1) Primeira urina da manhã, ap 1) Primeira urina da manhã, apóó s assepsia, s assepsia, desprezar primeiro jato e coletar a amostra desprezar primeiro jato e coletar a amostra no frasco fornecido. no frasco fornecido.

2) Coleta 2) Coleta por por três dias consecutivos, enviando três dias consecutivos, enviando as amostras diariamente ao Laborat as amostras diariamente ao Laboratóó rio. rio.

3) A coleta deve seguir as mesmas regras das 3) A coleta deve seguir as mesmas regras das culturas urin culturas urináá rias em geral. rias em geral.

Antissepsia prévia da pele:

1.Deveráser bastante rigorosa.

2.Após localizar a veia,descontaminarcom Álcool 70% com movimentos circulares de dentro para fora, seguido de tintura de iodo a 1-2% ou PVPI 10% também com movimentos circulares de dentro para fora.

3.O iodo deve agirpor1’antes da coleta.

4.Retirar o iodo com álcool 70%

5.Pode-sere-localizar a veia desde que haja a desinfecçãoda luva do técnicocoletor.

Volu me:

1.Colher um mínimo de 10 mL para adultos e 0.5 - 5.0 mL para crianças.

2.O volume ideal éde 10% do volume do frasco de coleta.

3.Trabalhos recentes mostram que quanto maior o volume de sangueporamostra, melhor a recuperação do microrganismo, respeitando a proporção sangue/meio.

Número de Frascos:

Deveráser de acordo com a condição clínica do paciente.

3 culturas com 15-20’de intervalo, antes do início da antibioticoterapia.

3 culturas nas 1 as 24hscom intervalo mínimo de

15’, punções venosas diferentes .

Número de Frascos:

(Sepsisaguda, Meningite,Osteomielite, Artrite ou Pneumonia aguda não tratada) :

2 amostras coletadas de veias diferentes antes do início da antibioticoterapia.

2 amostras coletadas de veias diferentes inicialmente, e 2 amostras 36 horas após as primeiras (se negativas).

Swabs com meios de transporte

Evitar a coleta do material purulento que drena Evitar a coleta do material purulento que drena expontanea mente. expontanea mente.

Colher com swab ultra Colher com swab ultra-- fino (haste met fino (haste metáá lica) lica)

Colocar imediatamente no meio de transporte e Colocar imediatamente no meio de transporte e encaminhar ao Laborat encaminhar ao Laboratóó rio. rio.

O sucesso da cultura depende da rapidez do O sucesso da cultura depende da rapidez do envio da amostra ao Laborat envio da amostra ao Laboratóó rio rio

Neisseria gonorrhoeae Neisseria gonorrhoeae é uma bact uma bactéé ria muito ria muito sens sensíí vel podendo morrer rapidamente se não vel podendo morrer rapidamente se não semeado o material imediatamente. semeado o material imediatamente.

Pela manhã Pela manhã

Antes da primeira mic Antes da primeira micçç ão ão

Estar h Estar háá pelo menos 1 hora ou mais sem pelo menos 1 hora ou mais sem urinar. urinar.

Desprezar as primeiras gotas da Desprezar as primeiras gotas da secre secreçç ão. ão.

De preferência...

FERIDAS e FERIDAS eFERIDAS e FERIDAS e

FERIDAS e FERIDAS eFERIDAS e FERIDAS e

Furúnculo Furúnculo

Abscesso Abscesso

Lavar a boca e gargarejar antes da coleta. Lavar a boca e gargarejar antes da coleta.

Explicar as diferen Explicar as diferençç as entre a coleta do escarro as entre a coleta do escarro e da saliva. e da saliva.

(Parte 1 de 2)

Comentários