Enem 2004-comentada

Enem 2004-comentada

(Parte 6 de 7)

Ninguém será submetido a tortura nem a penas ou tratamentos cruéis,desumanos ou degradantes.

Assim,entre nações que assinaram essa Declaração,é coerente esperar que

A)a Constituição de cada país deva se sobrepor aos Direitos Universais do Homem,apenas enquanto houver conflito. B)a soberania dos Estados esteja em conformidade com os Direitos Universais do Homem,até mesmo em situações de conflito. C)a violação dos direitos humanos por uma nação autorize a mesma violação pela nação adversária. D)sejam estabelecidos limites de tolerância,para além dos quais a violação aos direitos humanos seria permitida. E)a autodefesa nacional legitime a supressão dos Direitos Universais do Homem.

Resolução:

A assinatura da Declaração pelos países indica aceitação a seus preceitos.Sendo assim,o conteúdo da alternativa Bestá em conformidade com o artigo citado.Já o conteúdo das demais alternativas abre precedentes para a violência,portanto elas estão incorretas.

Resposta: B

O texto ilustra como em certos países produz-se tanto um carro esporte caro e sofisticado,quanto roupas que nem sequer levam uma etiqueta identificando o país produtor.De fato,tais roupas costumam ser feitas em fábricas — chamadas “maquiladoras”— situadas em zonas-francas,onde os trabalhadores nem sempre têm direitos trabalhistas garantidos.

A produção nessas condições indicaria um processo de globalização que

A)fortalece os Estados Nacionais e diminui as disparidades econômicas entre eles pela aproximação entre um centro rico e uma periferia pobre.

B)garante a soberania dos Estados Nacionais por meio da identificação da origem de produção dos bens e mercadorias. C)fortalece igualmente os Estados Nacionais por meio da circulação de bens e capitais e do intercâmbio de tecnologia. D)compensa as disparidades econômicas pela socialização de novas tecnologias e pela circulação globalizada da mão-de-obra. E)reafirma as diferenças entre um centro rico e uma periferia pobre,tanto dentro como fora das fronteiras dos Estados Nacionais.

Resolução:

O texto retrata o atual estágio da globalização,em que um reduzido número de países centrais detém o controle do sistema capitalista,impondo regras aos países periféricos que desejam participar do sistema produtivo.Dessa forma,vemos o enfraquecimento dos Estados Nacionais periféricos,frente ao domínio tecnológico e de mercado dos países centrais.

Resposta: E

Constituição de 1824:

“Art.98.O Poder Moderador é a chave de toda a organização política,e é delegado privativamente ao Imperador (…) para que incessantemente vele sobre a manutenção da Independência,equilíbrio,e harmonia dos demais poderes políticos (...) dissolvendo a Câmara dos Deputados nos casos em que o exigir a salvação do Estado.”

Frei Caneca:

“O Poder Moderador da nova invenção maquiavélica é a chave mestra da opressão da nação brasileira e o garrote mais forte da liberdade dos povos.Por ele,o imperador pode dissolver a Câmara dos Deputados,que é a representante do povo,ficando sempre no gozo de seus direitos o Senado,que é o representante dos apaniguados do imperador.”

(Voto sobre o juramento do projeto de Constituição)

Um certo carro esporte é desenhado na Califórnia,financiado por Tóquio,o protótipo criado em Worthing (Inglaterra) e a montagem é feita nos EUA e México,com componentes eletrônicos inventados em Nova Jérsei (EUA),fabricados no Japão. (…).Já a indústria de confecção norte-americana,quando inscreve em seus produtos ‘made in USA’,esquece de men- cionar que eles foram produzidos no México,Caribe ou Filipinas. (Renato Ortiz,Mundialização e Cultura)

33ENEM/2004 ANGLO VESTIBULARES

Para Frei Caneca,o Poder Moderador definido pela Constituição outorgada pelo Imperador em 1824 era

A)adequado ao funcionamento de uma monarquia constitucional,pois os senadores eram escolhidos pelo Imperador. B)eficaz e responsável pela liberdade dos povos,porque garantia a representação da sociedade nas duas esferas do poder legislativo.

C)arbitrário,porque permitia ao Imperador dissolver a Câmara dos Deputados,o poder representativo da sociedade. D)neutro e fraco,especialmente nos momentos de crise,pois era incapaz de controlar os deputados representantes da Nação. E)capaz de responder às exigências políticas da nação,pois supria as deficiências da representação política.

Resolução:

Frei Caneca foi um dos líderes populares da Confederação do Equador,ocorrida em 1824,contra a monarquia autoritária imposta pelo imperador D.Pedro I. Como republicano,federalista e liberal,o padre revolucionário não aceitava a Constituição de 1824,que estabeleceu um regime monárquico,unitarista,conservador e autocrático. São bastante conhecidas suas críticas ao Poder Moderador,que,de uso privado do rei,impunha à nação um regime opressivo,porque eliminava a autonomia do Executivo,do Legislativo e do Judiciário.

Resposta: C

A questão étnica no Brasil tem provocado diferentes atitudes:

I.Instituiu-se o “Dia Nacional da Consciência Negra”em 20 de novembro,ao invés da tradicional celebração do 13 de maio.

Essa nova data é o aniversário da morte de Zumbi,que hoje simboliza a crítica à segregação e à exclusão social.

I.Um turista estrangeiro que veio ao Brasil,no carnaval,afirmou que nunca viu tanta convivência harmoniosa entre as diversas etnias.

Também sobre essa questão,estudiosos fazem diferentes reflexões:

Entre nós [brasileiros],(...) a separação imposta pelo sistema de produção foi a mais fluida possível.Permitiu constante mobilidade de classe para classe e até de uma raça para outra.Esse amor,acima de preconceitos de raça e de convenções de classe,do branco pela cabocla,pela cunhã,pela índia (...) agiu poderosamente na formação do Brasil,adoçando-o.

(Gilberto Freire.O mundo que o português criou.)

[Porém] o fato é que ainda hoje a miscigenação não faz parte de um processo de integração das “raças”em condições de igualdadesocial.O resultado foi que (...) ainda são pouco numerosos os segmentos da “população de cor”que conseguiram se integrar, efetivamente, na sociedade competitiva. (Florestan Fernandes.O negro no mundo dos brancos.)

Considerando as atitudes expostas acima e os pontos de vista dos estudiosos,é correto aproximar

A)a posição de Gilberto Freire e a de Florestan Fernandes igualmente às duas atitudes. B)a posição de Gilberto Freire à atitude I e a de Florestan Fernandes à atitude I. C)a posição de Florestan Fernandes à atitude I e a de Gilberto Freire à atitude I. D)somente a posição de Gilberto Freire a ambas as atitudes. E)somente a posição de Florestan Fernandes a ambas as atitudes.

Resolução:

A leitura dos textos propostos nos leva a concluir que há convergência entre a “atitude I”exposta no enunciado e o “ponto de vista”de Florestan Fernandes,já que em ambos se percebe o espírito da crítica à decantada democracia racial existente no Brasil. Por outro lado,convergem o texto de Gilberto Freire e a “atitude I”,em que se exalta a harmonia racial como elemento destacado da sociedade brasileira.

Resposta: C

Algumas transformações que antecederam a Revolução Francesa podem ser exemplificadas pela mudança de significado da palavra “restaurante”.Desde o final da Idade Média,a palavra restaurantdesignava caldos ricos,com carne de aves e de boi, legumes,raízes e ervas.Em 1765 surgiu,em Paris,um local onde se vendiam esses caldos,usados para restaurar as forças dos trabalhadores.Nos anos que precederam a Revolução,em 1789,multiplicaram-se diversos restaurateurs,que serviam pratos requintados,descritos em páginas emolduradas e servidos não mais em mesas coletivas e mal cuidadas,mas individuais e com toalhas limpas.Com a Revolução,cozinheiros da corte e da nobreza perderam seus patrões,refugiados no exterior ou guilhotinados,e abriram seus restaurantes por conta própria.Apenas em 1835,o Dicionário da Academia Francesa oficializou a utilização da palavra restaurante com o sentido atual.

34ENEM/2004 ANGLO VESTIBULARES

A mudança do significado da palavra restauranteilustra

A)a ascensão das classes populares aos mesmos padrões de vida da burguesia e da nobreza. B)a apropriação e a transformação,pela burguesia,de hábitos populares e dos valores da nobreza. C)a incorporação e a transformação,pela nobreza,dos ideais e da visão de mundo da burguesia. D)a consolidação das práticas coletivas e dos ideais revolucionários,cujas origens remontam à Idade Média. E)a institucionalização,pela nobreza,de práticas coletivas e de uma visão de mundo igualitária.

Resolução:

A alternativa Bnão apenas faz referência à forma como mudou o sentido da palavra “restaurante”,como também indica o sentido geral do processo revolucionário francês,enquanto uma revolução burguesa:a burguesia desenvolveu uma ideologia integradora que se apropriava e transformava desde hábitos populares até valores da nobreza.

Resposta: B

As empresas querem a metade das pessoas trabalhando o dobro para produzir o triplo. (Revista Você S/A,2004)

Preocupado em otimizar seus ganhos,um empresário encomendou um estudo sobre a produtividade de seus funcionários nos últimos quatro anos,entendida por ele,de forma simplificada,como a relação direta entre seu lucro anual (L) e o número de operários envolvidos na produção (n). Do estudo,resultou o gráfico abaixo.

Ao procurar,no gráfico,uma relação entre seu lucro,produtividade e número de operários,o empresário concluiu que a maior produtividade ocorreu em 2002,e o maior lucro

A)em 2000,indicando que,quanto maior o número de operários trabalhando,maior é o seu lucro. B)em 2001,indicando que a redução do número de operários não significa necessariamente o aumento dos lucros. C)também em 2002,indicando que lucro e produtividade mantêm uma relação direta que independe do número de operários.

D)em 2003,devido à significativa redução de despesas com salários e encargos trabalhistas de seus operários. E)tanto em 2001,como em 2003,o que indica não haver relação significativa entre lucro,produtividade e número de operários.

Resolução: Do enunciado,temos a tabela:

Portanto o maior lucro ocorreu em 2001. Resposta: B

35ENEM/2004 ANGLO VESTIBULARES

A identificação da estrutura do DNA foi fundamental para compreender seu papel na continuidade da vida.Na década de 1950, um estudo pioneiro determinou a proporção das bases nitrogenadas que compõem moléculas de DNA de várias espécies.

A comparação das proporções permitiu concluir que ocorre emparelhamento entre as bases nitrogenadas e que elas formam

A)pares de mesmo tipo em todas as espécies,evidenciando a universalidade da estrutura do DNA. B)pares diferentes de acordo com a espécie considerada,o que garante a diversidade da vida. C)pares diferentes em diferentes células de uma espécie,como resultado da diferenciação celular. D)pares específicos apenas nos gametas,pois essas células são responsáveis pela perpetuação das espécies. E)pares específicos somente nas bactérias,pois esses organismos são formados por uma única célula.

Resolução:

A informação do enunciado — de que ocorre emparelhamento entre as bases — e a análise quantitativa da tabela demonstram a formação de pares entre adenina e timina,por um lado,e citosina e guanina,por outro,em todas as espécies estudadas. Isso evidencia a universalidade da estrutura do DNA.

Resposta: A

Nas recentes expedições espaciais que chegaram ao solo de Marte,e através dos sinais fornecidos por diferentes sondas e formas de análise,vem sendo investigada a possibilidade da existência de água naquele planeta.A motivação principal dessas investigações,que ocupam freqüentemente o noticiário sobre Marte,deve-se ao fato de que a presença de água indicaria,naquele planeta,

A)a existência de um solo rico em nutrientes e com potencial para a agricultura. B)a existência de ventos,com possibilidade de erosão e formação de canais. C)a possibilidade de existir ou ter existido alguma forma de vida semelhante à da Terra. D)a possibilidade de extração de água visando ao seu aproveitamento futuro na Terra. E)a viabilidade,em futuro próximo,do estabelecimento de colônias humanas em Marte.

Resolução:

A existência de água — ou de seus vestígios — em Marte sugeriria a possibilidade de ter existido ou mesmo de existir,naquele planeta,vida semelhante à que há na Terra.

Resposta: C

36ENEM/2004 ANGLO VESTIBULARES

Exemplos de materiais analisados ADENINA GUANINA CITOSINA TIMINA

A tira “Hagar”e o poema de Alberto Caeiro (um dos heterônimos de Fernando Pessoa) expressam,com linguagens diferentes, uma mesma idéia:a de que a compreensão que temos do mundo é condicionada,essencialmente,

A)pelo alcance de cada cultura. B)pela capacidade visual do observador. C)pelo senso de humor de cada um. D)pela idade do observador. E)pela altura do ponto de observação.

Resolução:

Na tirinha,Hagar satiriza a crença do filho de que o mundo é redondo,já que,para Hagar,a realidade imediata (representada pela imagem do segundo quadrinho) sugeriria justamente o contrário. No fragmento de Caeiro,o eu lírico defende que ele é do tamanho do que vê,o que é uma maneira de mostrar que a interpretação da realidade depende dos valores de cada um. Comparando-se os dois textos,percebe-se que ambos expressam a idéia de que a compreensão do mundo é condicionada, essencialmente,pelo alcance de cada cultura.

Resposta: A

Na fabricação de qualquer objeto metálico,seja um parafuso,uma panela,uma jóia,um carro ou um foguete,a metalurgia está presente na extração de metais a partir dos minérios correspondentes,na sua transformação e sua moldagem.Muitos dos processos metalúrgicos atuais têm em sua base conhecimentos desenvolvidos há milhares de anos,como mostra o quadro:

Podemos observar que a extração e o uso de diferentes metais ocorreram a partir de diferentes épocas.Uma das razões para que a extração e o uso do ferro tenham ocorrido após a do cobre ou estanho é

A)a inexistência do uso de fogo que permitisse sua moldagem. B)a necessidade de temperaturas mais elevadas para sua extração e moldagem. C)o desconhecimento de técnicas para a extração de metais a partir de minérios. D)a necessidade do uso do cobre na fabricação do ferro. E)seu emprego na cunhagem de moedas,em substituição ao ouro.

Resolução:

A extração do ferro a partir de seus minérios requer temperaturas mais elevadas.Por esse motivo sua extração e uso só puderam ocorrer após a introdução do fole.

Resposta: B

MILÊNIO ANTES DE CRISTOMÉTODOS DE EXTRAÇÃO E OPERAÇÃO quinto milênio a.C.Conhecimento do ouro e do cobre nativos

Conhecimento da prata e das ligas de ouro e prata quarto milênio a.C.Obtenção do cobre e chumbo a partir de seus minérios Técnicas de fundição terceiro milênio a.C.Obtenção do estanho a partir do minério Uso do bronze segundo milênio a.C.Introdução do fole e aumento da temperatura de queima Início do uso do ferro primeiro milênio a.C.Obtenção do mercúrio e dos amálgamas Cunhagem de moedas

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver no Universo... Por isso minha aldeia é grande como outra qualquer Porque sou do tamanho do que vejo E não do tamanho da minha altura...

(Alberto Caeiro)

37ENEM/2004 ANGLO VESTIBULARES

Ferramentas de aço podem sofrer corrosão e enferrujar.As etapas químicas que correspondem a esses processos podem ser representadas pelas equações:

(Parte 6 de 7)

Comentários