Manual de Fisica 1 (FEI)

Manual de Fisica 1 (FEI)

(Parte 1 de 9)

Centro Universitário da FEI

Manual de Laboratório de Física I

Apresentação

Este manual contém uma série de materiais didáticos utilizados na disciplina de Física I do Centro Universitário da FEI. Ele foi elaborado através das sugestões e esforços de diversos professores do Departamento de Física, e colocado à disposição dos alunos, sem nenhum custo para os mesmos. Gostaríamos de agradecer a todos aqueles que direta ou indiretamente colaboraram para que este material pudesse ser colocado à disposição dos alunos.

Na capa encontra-se a data da última versão, e na medida do possível estaremos realizando revisões periódicas para tornar o material livre de erros (ou pelo menos para minimizá-los) e sempre atualizado. Assim, recomenda-se ao aluno que tenha sempre a versão mais recente deste Manual.

Embora tenhamos procurado discutir os principais aspectos enfocados pelo laboratório da disciplina de Física I, este manual não deve ser visto pelo aluno como fonte única de consulta. Ele deve ser encarado como um guia que permite apresentar alguns pontos essenciais dos assuntos tratados nas aulas de laboratório. Deste modo, acreditamos que seja fundamental que todos os alunos procurem sempre complementar os assuntos tratados aqui com a pesquisa e leitura das referências apresentadas ao final deste manual, ou com a leitura de outros livros da área de física básica para um curso superior. Gostaríamos de insistir que este manual é apenas um guia, e como tal não contém todos os aspectos dos assuntos propostos para desenvolvimento pela disciplina de Física I, particularmente no que se refere às breves revisões teóricas que são colocadas no início do roteiro de cada experimento.

Quaisquer dúvidas, sugestões e/ou erros encontrados neste manual, pedimos para que entrem em contato pessoalmente ou via e-mail com qualquer um dos autores indicados abaixo.

Prof. Augusto Martins dos Santos (Coordenador de Física I) – augsant@fei.edu.br

Prof. Issao Yamamoto – issaoyam@fei.edu.br

Prof. Dr. Vagner Bernal Barbeta – vbarbeta@fei.edu.br Prof. José Maria Bechara – jbechara@fei.edu.br

I. Normas de funcionamento do Laboratório03
I. Instruções para elaboração dos relatórios de Física I04
Modelo de capa dos relatórios05
1. Análise Dimensional06
1.1. Definições preliminares06
Exercícios10
1.2. Homogeneidade dimensional1
Exercícios14
1.3. Previsão de equações físicas16
Exercícios20
2. Tratamento de Dados Experimentais (Teoria de erros)21
Exercícios29
Experimento: Micrômetro31
Experimento: Paquímetro35
3. Introdução à construção de gráficos39
Exercícios43
4. Anamorfose4
Exercícios45
Experimento: Queda livre46
Experimento: Lançamento de Projéteis53
Lançamento de Projéteis - Versão Windows58
Experimento: Leis de Newton59
Experimento: Atrito de Escorregamento63
Experimento: Equilíbrio do Ponto (Mesa de forças)69
Apêndice: O Sistema Internacional de Unidades (SI)75

1. O tempo máximo de atraso permitido para as aulas de laboratório é de 15 minutos. 2. Desligue sempre o telefone celular ao entrar no laboratório.

3. Qualquer material do laboratório que venha a ser danificado, será de responsabilidade do aluno (ou do grupo). As gavetas contendo o material deverão ser retiradas no almoxarifado e devolvidas ao término do experimento, onde serão conferidas e verificadas.

4. Não serão admitidas brincadeiras de qualquer espécie dentro do laboratório, sob pena do grupo perder os pontos relativos àquele experimento.

5. Os relatórios deverão ser sempre entregues na aula posterior àquela da realização do experimento.

6. Os relatórios deverão ser manuscritos e elaborados conforme instruções apresentadas adiante.

7. Os alunos sempre deverão ler com antecedência as instruções do experimento que será realizado no laboratório.

8. Você pode colaborar com seus colegas para analisar os dados, bem como para discuti-los. O relatório deverá ser feito em grupo. Relatórios copiados de outros grupos serão recusados.

9. Os detalhes a respeito dos critérios para aprovação ou não do relatório cabem ao professor de laboratório. Informe-se com ele a respeito desses critérios.

10. Não é permitida a realização de experimentos fora da turma destinada pela escola. Os casos excepcionais serão analisados pelo professor da turma.

1. Somente poderão entregar o relatório os alunos que fizeram o experimento.

12. Os alunos deverão realizar o experimento em grupos de até 3 pessoas, exceção feita às aulas de simulação que deverão, quando possível, ser realizadas individualmente.

13. A última aula de laboratório é reservada para a apresentação de fatores de laboratório. Qualquer dúvida ou problema com o seu fator de laboratório deverá ser resolvido nessa aula. Portanto, não falte nessa aula, já que após a prova P2 não serão aceitas, em nenhuma hipótese, reclamações relativas ao fator de laboratório.

Todos os relatórios (a não ser que seja especificado o contrário para algum experimento) deverão ser manuscritos em papel sulfite ou almaço e à tinta (não serão aceitos impressos de espécie alguma, exceção feita para a capa e folhas para gráficos). Os relatórios deverão obrigatoriamente conter os seguintes elementos:

CAPA contendo: (ver capa modelo adiante) - Nome da Instituição;

- “Laboratório de Física I”;

- Nome da Experiência;

- Nome completo e o número de matrícula;

- Período;

- Turma;

- Número do grupo ou da bancada;

- Nome do professor;

- Data da realização da experiência e data da entrega.

CORPO DO RELATÓRIO Objetivos da experiência Escrever qual é o objetivo do experimento que foi realizado.

1. Introdução teórica

Detalhar a teoria relacionada com o assunto abordado (ou pesquisa a ser determinada pelo professor). Não copiar do roteiro do Manual de Laboratório.

2. Procedimento experimental

Descrição de todo o procedimento utilizado para a coleta de dados, com material utilizado, esquemas e método de coleta dos dados. Não se esqueça de anotar a precisão de todos os instrumentos utilizados.

3. Dados coletados

Dados fornecidos no roteiro e dados coletados na experiência, por exemplo: temperatura ambiente, massa, volume, comprimento, peso, etc.

4. Análise dos resultados

Realizar a análise, com detalhamento dos cálculos (sempre indique as equações utilizadas), gráficos, etc. Cálculos repetitivos não precisam ser escritos, embora devam ser incluídos exemplos representativos de qualquer tipo de cálculo. 5. Conclusões 6. Bibliografia

Preferencialmente utilize a norma da ABNT para a colocação de referências bibliográficas.

OBSERVAÇÕES FINAIS: 1. Prestar atenção no objetivo da experiência e no que é pedido no procedimento. 2. A introdução teórica NÃO deverá ser copiada do roteiro do experimento. Também

NÃO serão aceitas impressões de páginas da Internet como introdução teórica (embora seja incentivada a sua utilização como fonte de pesquisa). 3. Tenha certeza de ter calculado TUDO o que foi pedido. 4. Sempre coloque UNIDADES nas grandezas medidas e nas calculadas. 5. Procure fazer uma conclusão clara e coerente da experiência, tendo como base o objetivo da mesma.

Experimento:

Laboratório de Física I

Número Nome Completo -

Turma:Bancada: _
Data de entrega:/ _ / _

Centro Universitário da FEI Departamento de Física

Avaliação:

1. Análise Dimensional

1.1. Definições preliminares

(Parte 1 de 9)

Comentários