Guia de Medicamentos Genéricos

Guia de Medicamentos Genéricos

(Parte 1 de 9)

Guia de

Medicamentos Genéricos

Medicamentos Gen ricos 15.10.01 15:09 Page 1

O Guia Informativo sobre os Medicamentos

Genéricos tem o objetivo de informar e orientar os profissionais de saúde, especialmente os prescritores. Contém um conjunto de informações básicas relativas aos Genéricos registrados, não se constituindo em um tratado terapêutico, portanto as informações adicionais devem ser buscadas na literatura médica apropriada.

Na primeira parte do guia estão os MedicamentosGenéricos por classes terapêuticas, com as principais informações técnicas referentes a cada medicamento registrado. A segunda parte contém as Listas de Medicamentos Genéricos, por classe terapêutica, por referência e por ordem alfabética, facilitando consultas. Além disso, consta a relação dos medicamentos que não podem ser Genéricos e os isentos de bioequivalência, de acordo com a legislação vigente.

O Guia completo estará disponível pela internet e atualizado no primeiro dia útil de cada mês.

Buscando o permanente aperfeiçoamento deste Guia, as críticas e sugestões podem ser enviadas para o e-mail: ggmeg@anvisa.gov.br

Medicamentos Gen ricos 15.10.01 15:09 Page 2

Adsorventes e Antifiséticos Intestinais05
Agentes Imunossupressores07
Agentes Inotrópicos09
Amebicidas, Giardicidas e Tricomonicidas1
Analgésicos e Antitérmicos13
Anestésicos17
Ansiolíticos21
Antiácidos25
Antiacnes27
Antiagregantes Plaquetários29
Antialérgicos e Anti-histamínicos31
Antianêmicos36
Antianginosos e Vasodilatadores38
Antiarrítmicos43
Antiasmáticos e Broncodilatadores46
Antibióticos50
Anticonvulsivantes84
Antidepressivos86
Antidiabéticos90
Antieméticos92
Antiespasmódicos95
Antifúngicos e Antimicóticos98
Anti-helmínticos107
Anti-hipertensivos1
Antiinflamatórios e Anti-reumáticos118
Antilipêmicos e Redutores de Colesterol126
Antineoplásicos130
Antiparkinsonianos136
Anti-retrovirais140
Antiulcerosos143
Antivirais147
Diuréticos150
Expectorantes152
Glicocorticóides156
Hiperplasia Prostática Benigna162
Relaxantes Musculares166
Repositores Eletrolíticos168
Soluções Oftálmicas170
Vasoconstritores e Hipertensores176
Listas179
Lista de Genéricos Classificados por Classe Terapêutica180
Lista de Genéricos Classificados por Referência190
Lista de Genéricos Classificados por Ordem Alfabética200
Outros209
Medicamentos que não podem ter Genéricos210
Medicamentos isentos de Bioequivalência212

Classificação Terapêutica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .04 Medicamentos Gen ricos 15.10.01 15:09 Page 3

Classificação T erapêutica

Medicamentos Gen ricos 15.10.01 15:09 Page 4

Adsorventes e Antifiséticos Intestinais

Medicamentos Gen ricos 15.10.01 15:09 Page 5

DIMETICONA Ref. LUFTAL

FORMA(S) FARMACÊUTICA(S) Comprimido - 40mg

INDICAÇÕES Antifisético. Preparo de exames radiológicos e endoscópicos do tubo digestivo. Pós-operatório.

POSOLOGIA Adulto: 40mg a 80mg VO, 3 vezes ao dia, após as refeições e ao deitar.

CONTRA-INDICAÇÕES Hipersensibilidade ao fármaco.

EFEITOS ADVERSOS Constipação.

Efeito antifisético reduzido quando usado concomitante com antiácidos (hidróxido de alumínio e carbonato de magnésio).

PRECAUÇÕES Gravidez. Lactação.

Medicamentos Gen ricos 15.10.01 15:09 Page 6

Agentes Imunossupr essor es

Medicamentos Gen ricos 15.10.01 15:09 Page 7

CICLOSPORINA Ref. SANDIMMUN NEORAL

Cápsula - 25mg, 50mg e 100mg Solução oral - 100mg/ml

Imunossupressor em transplantes. Indicado em doenças autoimunes resistentes aos corticosteróides ou outra terapia convencional: psoríase severa, artrite reumatóide severa, síndrome nefrótica, dermatite atópica resistente severa.

A dosagem e a duração da terapia dependerão da idade e do tipo de transplante, e deverão ser ajustadas à função renal do paciente.

25mg a 100mg VO, em dose única a intervalos de 24h.

Transplantes: 10 a 15mg/kg de 4h a 12h antes da cirurgia. Repetida a cada 24h por 1 a 2 semanas. Reduzir semanalmente até a dose de manutenção de 3mg a 10mg/kg.

Transplante de medula: é utilizada a infusão intravenosa (apresentação farmacêutica não disponível no momento, como Genérico) no dia anterior à cirurgia, seguida de uso oral de 12,5mg a 15mg/kg/dia, nas duas semanas pós-transplante. O tratamento de manutenção é feito com 12,5mg/kg/dia VO, por 3 a 6 meses.

CONTRA-INDICAÇÕES Hipersensibilidade à ciclosporina. Hipertensão arterial e infecções não controladas. Câncer.

Efeito dose-dependente decorrente do aumento de creatinina e uréia. Nefrotoxicidade. Hepatotoxicidade. Neurotoxicidade. Hipertricose. Hiperplasia gengival. Indução de hipertensão arterial. Náusea, vômito, anorexia, diarréia, dor abdominal e colite. Hipomagnesemia, hipocalemia ou hipercalemia, hiperuricemia, hipercolesterolemia. Sensação de queimação em pés e mãos. Fraqueza muscular, cãibras, miopatia. Tremor, tonturas, cafaléia. Parestesia, convulsões, confusão, fadiga. Aumento de peso. Dismenorréia ou amenorréia. Ginecomastia. Reações de hipersensibilidade. Trombocitopenia. Pancreatite. Suscetibilidade a infecções. Aumento de distúrbios linfoproliferativos e câncer.

Fenobarbital, fenitoína, cotrimazol e rifampicina induzem o metabolismo da ciclosporina, acelerando sua depuração.

A concentração plasmática é aumentada em presença de antagonistas de cálcio, alopurinol, amiodarona, doxiciclina, anfotericina B, cloroquina, eritromicina e cetoconazol.

Progestogênios inibem o metabolismo. Aumenta a concentração plasmática da nifedipina e prednisolona. Inibidores da ECA e diuréticos retentores de potássio aumentam o risco de hipercalemia.

PRECAUÇÕES Gravidez. Lactação. Porfiria. Monitorizar níveis séricos para evitar toxicidade ou risco de rejeição.

Evitar uso de drogas potencialmente nefrotóxicas. Monitorizar a função renal; pode necessitar de ajuste de dose ou interrupção do tratamento. Monitorizar função hepática, pressão arterial, hiperuricemia, potássio sérico. Dosagens de triglicerídeos antes e durante o tratamento.

Aumento do risco de câncer de pele em pacientes sob terapia (ultravioleta, radioterapia, outros imunossupressores) para severa psoríase.

Medicamentos Gen ricos 15.10.01 15:09 Page 8

9 Agentes Inotrópicos

Medicamentos Gen ricos 15.10.01 15:09 Page 9

DOBUTAMINA (CLORIDRATO) Ref. DOBUTREX

FORMA(S) FARMACÊUTICA(S) Solução injetável - 250mg

Como suporte inotrópico em quadros de baixo débito cardíaco em infarto agudo do miocárdio, cardiomiopatias, cirurgia cardíaca e septicemias, quando a pressão arterial for acima de 70 mmHg e a pressão capilar pulmonar for ‡18 mmHg, sem sinais de choque.

Utilizado em infusão IV. Neonatos: 2mg a 15mg/kg/minuto, em função da resposta terapêutica.

Crianças e adultos: 2,5mg a 20mg/kg/minuto até um máximo de 40mg/kg/minuto. A velocidade de administração e a duração da terapia devem ser ajustadas de acordo com a resposta do paciente.

CONTRA-INDICAÇÕES Hipersensibilidade à droga.

Aumento da freqüência cardíaca ou da pressão arterial, dor torácica, angina do peito, arritmias ventriculares. Aumento da freqüência ventricular em pacientes com flutter ou fibrilação atrial. Cãibras e parestesias. Cefaléia. Náusea e vômito.

(Parte 1 de 9)

Comentários