Tipos de Engenharia

Tipos de Engenharia

Tipos de Engenharia

Engenharia de Alimentos: É a versão para mulheres da Engenharia. É o único curso em que você encontrará garotas desesperadas por não verem nenhum homem na sala em grande quantidade dentre todas as outras engenharias. Basicamente o que elas fazem é cozinhar criar novos alimentos para que as pessoas comam muito e fiquem todas obesas, enquanto elas ficam ricas possam se deliciar com as guloseimas da vida moderna.

Engenharia de Materiais: É dividida em infinitas áreas, que abrangem absolutamente tudo. Mas, para simplificar, costuma ser dividida em três áreas: Metais (Aços e outras coisas que enferrujam. É o campo dos Engenheiros de Materiais homens), Cerâmicas (Privadas, porcelanas e outras coisas que quebram. Campo de Engenheiros de Materiais altruístas, pois trabalham duro pro outros fazerem merda em cima) e Polímeros(Plásticos e outras coisas que derretem, nao podem sentir um calorzinho que ui ui ui. Área de trabalho de boiolas). Ou seja, o estudante de Engenharia de Materiais está fadado a ouvir a pergunta: "Mas o que é que você faz?!" e pior, não saber responder!

Engenharia Aeronáutica: É uma subdivisão da engenharia onde o grau de loucura atinge o limite, são considerados loucos até pelos alunos das outras engenharias, ao se formarem irão projetar aqueles aviões que irão cair matando toda a sua família... ou vão direto para o hospício.

Engenharia Ambiental: É uma versão light da engenharia que forma os famosos "Engenheiros Jardineiros", que por não serem importantes para nada acabam trabalhando nas mesmas funções que outros tipos de engenheiros pela metade do salário. A peculiaridade dessa área é a existência de indivíduos do sexo feminino.

Engenharia Civil: A mais comum das engenharias, tipicamente feita por jovens que não sabem o que querem da vida mas acham que são bons em matemática, depois de formado, um Pedreiro Estudado irá trabalhar em projetos super duráveis, como o World Trade Center.

Engenharia da Computação: Supostamente uma versão avançada da Ciência da Computação, incrivelmente os profissionais desse ramo insistem em dizer que não sabem formatar um computador.

Engenharia de Produção: Única ENGENHARIA que tentou misturar exatas e humanas mas fracassou terrivelmente, desista dele e vá procurar um curso do sebrae

Engenharia Elétrica: Uma das áreas mais massacrantes da engenharia, cujo objetivo final é ensinar os alunos a descascar fio, emendar fio, soldar fio e fazer gambiarra. Os formados nessa área são os responsáveis por todo o nosso péssimo sistema de distribuição de energia, incluindo por aquele pique de luz que queimou seu computador e fez você perder todas as fotos de pornografia do seu HD.

Engenharia Física: Esse curso quis ensinar física e engenharia ao mesmo tempo, e fracassou miseravelmente, desista dele e vá fazer um curso técnico.

Engenharia Mecânica: Outra versão extremamente difícil da engenharia, depois de suados anos na faculdade esses fracassados empenhados profissionais terminam suas vidas concertando carros em oficinas e roubando você e sua mãe.

Engenharia Química: Esse curso quis ensinar química e engenharia ao mesmo tempo, e fracassou miseravelmente, desista dele e vá fazer um curso técnico.

Faltou a porra do curso de Engenharia de Pesca que é a mais fudida de todas que quis misturar peixe com engenharia e que só tem em seis faculdades federais do Brasil.

Comentários