Enem - 2003

Enem - 2003

(Parte 9 de 12)

Resolução:

As duas primeiras frases têm relação com as medidas contra o botulismo.Na frase I,informa-se que a concentração salina é de 12%,portanto superior à tolerada pela bactéria botulínica;a presença de ácido cítrico,por sua vez,é um fator de abaixamento do pH,situação também inibidora do desenvolvimento bacteriano.A frase I afirma que o produto é fabricado segundo as normas da ANVISA,portanto de acordo com as recomendações que impedem o risco de contaminação por botulismo.

Levando-se em conta os fatores que favorecem a reprodução das bactérias responsáveis pelo botulismo,mencionadas no item anterior,conclui-se que as toxinas que o causam têm maior chance de ser encontradas

A)em conservas com concentração de 2g de sal em 100g de água.D)no suco de limão,cujo pH varia de 2,5 a 3,6. B)nas lingüiças fabricadas com nitrito e nitrato de sódio.E)no charque (carne salgada e seca ao sol). C)nos alimentos logo após terem sido fervidos.

23ENEM/2003 ANGLO VESTIBULARES

Resolução:

Conservas com baixa concentração de sal têm maior probabilidade de constituir um ambiente favorável à proliferação da bactéria botulínica.

A malária é uma doença típica de regiões tropicais.De acordo com dados do Ministério da Saúde,no final do século X,foram registrados mais de 600 mil casos de malária no Brasil,9% dos quais na região amazônica. Os altos índices de malária nessa região podem ser explicados por várias razões,entre as quais:

A)as características genéticas das populações locais facilitam a transmissão e dificultam o tratamento da doença. B)a falta de saneamento básico propicia o desenvolvimento do mosquito transmissor da malária nos esgotos não tratados. C)a inexistência de predadores capazes de eliminar o causador e o transmissor em seus focos impede o controle da doença. D)a temperatura elevada e os altos índices de chuva na floresta equatorial favorecem a proliferação do mosquito transmissor. E)o Brasil é o único país do mundo que não implementou medidas concretas para interromper sua transmissão em núcleos urbanos.

Resolução:

O mosquito transmissor da malária necessita de coleções de água nas quais possa depositar seus ovos,que se transformam em larvas aquáticas.Assim,os altos índices de chuvas,aliados às elevadas temperaturas presentes na região amazônica,favorecem a proliferação desses insetos.

Houve uma grande elevação do número de casos de malária na Amazônia que,de 30 mil casos na década de 1970,chegou a cerca de 600 mil na década de 1990.Esse aumento pode ser relacionado a mudanças na região,como

A)as transformações no clima da região decorrentes do efeito estufa e da diminuição da camada de ozônio. B)o empobrecimento da classe média e a conseqüente falta de recursos para custear o caro tratamento da doença. C)o aumento na migração humana para fazendas,grandes obras,assentamentos e garimpos,instalados nas áreas de floresta. D)as modificações radicais nos costumes dos povos indígenas,que perderam a imunidade natural ao mosquito transmissor. E)a destruição completa do ambiente natural de reprodução do agente causador,que o levou a migrar para os grandes centros urbanos.

Resolução:

As migrações humanas em grande escala na região amazônica fizeram com que um grande número de indivíduos ficasse exposto à picada de mosquitos transmissores,o que resultou no aumento de casos da doença.

Produtos de limpeza,indevidamente guardados ou manipulados,estão entre as principais causas de acidentes domésticos.Leia o relato de uma pessoa que perdeu o olfato por ter misturado água sanitária,amoníaco e sabão em pó para limpar um banheiro: A mistura ferveu e começou a sair uma fumaça asfixiante.Não conseguia respirar e meus olhos,nariz e garganta começaram a arder de maneira insuportável.Saí correndo à procura de uma janela aberta para poder voltar a respirar. O trecho destacado poderia ser reescrito,em linguagem científica,da seguinte forma:

A)As substâncias químicas presentes nos produtos de limpeza evaporaram. B)Com a mistura química,houve produção de uma solução aquosa asfixiante. C)As substâncias sofreram transformações pelo contato com o oxigênio do ar. D)Com a mistura,houve transformação química que produziu rapidamente gases tóxicos. E)Com a mistura,houve transformação química,evidenciada pela dissolução de um sólido.

Resolução:

Uma das características de ocorrência de reação química é a liberação de gases,que se evidencia através da “fervura”.Os gases liberados são tóxicos e causam os efeitos mencionados no texto.

Entre os procedimentos recomendados para reduzir acidentes com produtos de limpeza,aquele quedeixou de ser cumprido,na situação discutida na questão anterior,foi:

A)Não armazene produtos em embalagens de natureza e finalidade diferentes das originais. B)Leia atentamente os rótulos e evite fazer misturas cujos resultados sejam desconhecidos.

24ENEM/2003 ANGLO VESTIBULARES

C)Não armazene produtos de limpeza e substâncias químicas em locais próximos a alimentos. D)Verifique,nos rótulos das embalagens originais,todas as instruções para os primeiros socorros. E)Mantenha os produtos de limpeza em locais absolutamente seguros,fora do alcance de crianças.

Resolução:

Se os componentes não entrarem em contato,não ocorrerá reação.De fato,os rótulos devem ser lidos atentamente e não convém efetuar misturas sem saber quais os produtos delas resultantes.

Para o registro de processos naturais e sociais devem ser utilizadas diferentes escalas de tempo.Por exemplo,para a datação do sistema solar é necessária uma escala de bilhões de anos,enquanto que,para a história do Brasil,basta uma escala de centenas de anos. Assim,para os estudos relativos ao surgimento da vida no Planeta e para os estudos relativos ao surgimento da escrita,seria adequado utilizar,respectivamente,escalas de

Vida no PlanetaEscrita

A)Milhares de anosCentenas de anos B)Milhões de anosCentenas de anos C)Milhões de anosMilhares de anos D)Bilhões de anosMilhões de anos E)Bilhões de anosMilhares de anos

Resolução:

A origem da Terra e a da vida ainda são temas de discussões entre os cientistas.De modo geral,estima-se que o Planeta tenha surgido por volta de 5 bilhões de anos atrás,e a vida,há cerca de 4 bilhões de anos. Segundo os arqueólogos,a escrita surgiu por volta de 4000 a.C.,sendo ela,portanto,contemporânea das primeiras civilizações (Egito e Mesopotâmia).

Considerando os dois documentos,podemos afirmar que a natureza do pensamento que permite a datação da Terra é de natureza

Avalia-se em cerca de quatro e meio bilhões de anos a idade da Terra,pela comparação entre a abundância relativa de diferentes isótopos de urânio com suas diferentes meias-vidas radiativas.

25ENEM/2003 ANGLO VESTIBULARES

Resolução:

O documento I fundamenta a datação da Terra na Bíblia,sendo,portanto,religioso. O documento I fundamenta a datação da Terra no processo de medida do decaimento de isótopos,sendo,portanto,científico.

Observe as duas afirmações de Montesquieu (1689-1755),a respeito da escravidão:

A escravidão não é boa por natureza;não é útil nem ao senhor,nem ao escravo:a este porque nada pode fazer por virtude; àquele,porque contrai com seus escravos toda sorte de maus hábitos e se acostuma insensivelmente a faltar contra todas as virtudes morais:torna-se orgulhoso, brusco, duro, colérico, voluptuoso, cruel.

Se eu tivesse que defender o direito que tivemos de tornar escravos os negros,eis o que eu diria:tendo os povos da Europa exterminado os da América,tiveram que escravizar os da África para utilizá-los para abrir tantas terras.O açúcar seria muito caro se não fizéssemos que escravos cultivassem a planta que o produz. (Montesquieu.O espírito das leis.)

Com base nos textos,podemos afirmar que,para Montesquieu,

A)o preconceito racial foi contido pela moral religiosa. B)a política econômica e a moral justificaram a escravidão. C)a escravidão era indefensável de um ponto de vista econômico. D)o convívio com os europeus foi benéfico para os escravos africanos. E)o fundamento moral do direito pode submeter-se às razões econômicas.

Resolução:

Montesquieu,no primeiro trecho,faz objeções à escravidão,criticando seus efeitos tanto nas virtudes do senhor como nas do escravo.No segundo trecho,ele formula um argumento hipotético,de ordem econômica,que justificaria a escravidão: após o extermínio dos índios na América,a utilização do escravo africano teria sido um recurso para baratear sobretudo a produção do açúcar.

O mapa abaixo apresenta parte do contorno da América do Sul destacando a bacia amazônica.Os pontos assinalados representam fortificações militares instaladas no século XVIII pelos portugueses.A linha indica o Tratado de Tordesilhas revogado pelo Tratado de Madri,apenas em 1750.

Adaptado de Carlos de Meira Mattos.Geopolítica e teoria de fronteiras.

Pode-se afirmar que a construção dos fortes pelos portugueses visava,principalmente,dominar A)militarmente a bacia hidrográfica do Amazonas.D)o escoamento da produção agrícola. B)economicamente as grandes rotas comerciais.E)o potencial de pesca da região. C)as fronteiras entre nações indígenas.

Resolução:

A construção de fortalezas na Amazônia pelos portugueses,no século XVIII,visava garantir pontos estratégicos ao longo dos rios da região para posterior ocupação e colonização com fins lucrativos.A presença dos bandeirantes paulistas,desde o século XVII,e a expansão militar (oficial) é que garantiram a Portugal a posse definitiva da atual região Norte,com o Tratado de Madri.

26ENEM/2003 ANGLO VESTIBULARES

A seguir são apresentadas declarações de duas personalidades da História do Brasil a respeito da localização da capital do país,respectivamente um século e uma década antes da proposta de construção de Brasília como novo Distrito Federal.

Declaração I:José Bonifácio

(Parte 9 de 12)

Comentários