Preparo e padronização de NaOH

Preparo e padronização de NaOH

Prática de laboratorio

Relatório

Preparo e padronização de NaOH

Alunos: FABIANO B.CAMELO

MAIARA V.FARIA

ROMERITO C.CARVALHO

[16/03/2010]

Preparo e Padronização de NaOH 0,1N

Introdução

Neste experimento procedemos o preparo e padronização de uma solução de hidróxido de sódio (NaOH) 0,1 N. A padronização foi feita por titulação* com uma solução padrão de biftalato de potássio (C8H5KO4)** utilizando como indicador a fenolftaleína.

*Titulação é o processo de adição de quantidades discretas de um dos reagentes, geralmente com o auxílio de uma bureta, no meio reacional para quantificar alguma propriedade. Quando se pretende encontrar uma concentração, a titulação é um procedimento analítico e, geralmente, são feitas medidas de volume, caracterizando as titulações volumétricas; mas, em alguns casos, pode-se monitorar a variação gradual de uma outra grandeza, como a massa, caso das titulações gravimétricas, ou a absorção da luz, como nas titulações espectrofotométricas.

** Padrão primário é um composto com pureza suficiente para permitir a preparação de uma solução padrão mediante a pesagem direta da quantidade da substância, seguida pela diluição até um volume definido de solução. A solução que se obtém é uma solução padrão primário.

Metodologia

Preparo de NaOH 0,1 N

1 - Em um béquer de 50 mL pesamos 2g de NaOH para cada 500mL de solução preparada.

Padronização da solução de NaOH 0,1 N

1 – Pesamos em um béquer 0,5g de biftalato de potássio,seco por 2h em estufa à 110°C,em balança

Com sensibilidade de 0,1mg.

2-.Transferimos o material pesado para um erlenmeyer de 250 mL.

3 - Com auxílio de bastão de vidro agitamos a solução.

4 – Dissolvemos cerca de 25 mL de água destilada e adicionamos 5 gotas de solução de fenolftaleína

a 1%(indicador).

5 - Repetimos o procedimento 2 vezes.

6- Homogeneizamos a solução.

7- Titulamos com solução de NaOH previamente preparada, até que a solução se torne rósea.

8- Anotamos o volume de NaOH gasto.

9-Calculamos a normalidade real e o fator de correção da solução preparada.

Resultados e Discussão

KHC8H4O4 + NaOH  KNaClH4O4

MM KHC8H4O4 = 204,32g

V1=25,8 mL de NaOH, V2=25,3 mL de NaOH, Vbi=25 mL

V1=volume de NaOH gasto no 1° procedimento e V2 no segundo

m-biftalato=0,5g, m-NaOH=2g

R:N1xV1=N2xV2

->[N1]=nbi/Vbi -> [N1]=mbi/mol-bixVbi=0,5/204,32x0,025

=0,5/5,108 =0,0979 mol/L

->N1xV1=N2xV2->0,097x0,025=N2x0,0258

->N2=0,0939 mol/L de NaOH para o primeiro procedimento.

N1xV1=N2xV2->0,097x0,025=N2x0,0253

->N2=0,0958 mol/L de NaOH para o segundo procedimento.

Conclusões

A concentração obtida da solução está entre o tolerado pela faixa de erro no preparo das soluções. Portanto, esta solução está apta para ser utilizada como solução padrão para a titulação. A concentração encontrada foi 0,0939 e 0,0958 mol/L NaOH.

Referências Bibliográficas

SKOOG. Fundamentos de Química Analítica. 8ª edição, Editora Thomson, São Paulo-SP, 2006.

HARRIS. Analise Química Quantitativa. 7ª edição, LTC-Livros Técnicos e Científicos Editora S.A., Rio de Janeiro-RJ, 2005.

BACCAN. Química Analítica Quantitativa Elementar. 3ª edição, Editora Edgard Blucher Ttda, São Paulo, 2001.

Comentários