Química-Estudo da matéria

Química-Estudo da matéria

(Parte 1 de 3)

QUÍMICA GERAL-VOLUME 01 AUTOR: DAVID WILLAMES

CONCEITOS FUNDAMENTAIS:

QUÍMICA

PROPRIEDADES FÍSICAS – CONCEITOS E PROPRIEDADES

Massa (m):A quantidade de matéria que existe em um corpo.

Volume (v):A extensão de espaço ocupado por corpo.

Temperatura (T):Relaciona-se com o estado de

agitação das partículas que formam um corpo e com a capacidade desse corpo de transmitir ou receber calor.

Pressão (P):A relação entre a força exercida na

direção perpendicular sobre uma dada superfície e a área dessa superfície.

Densidade (d):É a relação (razão) entre a massa de um material e o volume por ele ocupado.

MATÉRIA:

Se você observar o ambiente que o rodeia, notará coisas que pode pegar, como uma bola, lápis, caderno, alimentos, outras que pode ver, como a lua, as estrelas, e outras ainda que pode apenas sentir, como o vento, a brisa. Se você colocar algumas destas coisas em uma balança, perceberá que todas elas possuem uma quantidade de massa, medida em relação a um padrão pré-estabelecido. Todas essas coisas que você observou, comparou e cuja quantidade você mediu, têm características comuns: ocupam lugar no espaço e têm massa.

LOGO:

CORPO:

EXEMPLOS:

ESTADOS FISICOS DA MATÉRIA

Estado sólido: As partículas apresentam um estado de agitação muito pequeno, portanto estão muito próximas umas das outras.

O estado sólido apresenta forma e volume próprios, ou seja, em qualquer recipiente que você coloque este material, ele estará ocupando o mesmo volume e manterá seu formato.

Estado líquido: As partículas se apresentam com um estado de agitação grande, ficando mais distantes umas das outras.

O estado líquido apresenta volume próprio, ou seja, se temos 1 L de um líquido, em qualquer recipiente que você o coloque, ele estará ocupando este volume de 1 L, mas não tem forma

própria, o líquido se amolda ao recipiente ficando do seu formato. Ao colocarmos um líquido num recipiente redondo, ele fica redondo, num recipiente quadrado, ele fica quadrado e assim por diante.

Estado gasoso: O que caracteriza o gás,é o estado de agitação muito grande, garantindo assim, um maior distanciamento entre suas partículas.

O gás não tem forma nem volume próprio, devido ao alto estado de agitação, ele ocupa todo volume do recipiente, por isso dizemos que o volume do gás, é o volume do recipiente que ele se encontra.

Resumindo:

Agora já sabemos, o que determina o estado físico é o grau de agitação das partículas que faz elas ficarem mais próximas ou mais afastadas. Portanto, mudar o estado físico é criar condições para aumentar ou diminuir o estado de agitação das partículas. Estas condições são as temperaturas e as pressões. Portanto temos:

.

.

Diagramas de mudanças de estado físico

  • Substância pura : graficamente,é aquela que apresenta temperatura constante entre o início e final da fusão e ebulição.

  • Mistura: graficamente, é aquela que apresenta variação de temperatura entre o início e final da fusão e ebulição.

FENÔMENOS FÍSICOS E QUÍMICOS

Fenômeno é qualquer mudança (transformação) que acontece num sistema.

Fenômenos físicos:

Exemplos:

EX:O derretimento de um cubo de gelo.

Fenômenos químicos:

EX: A queima do papel.

OBS: Fenômeno Químico = Reação química

Moléculas e substâncias:

Toda matéria é constituída de átomos. Os átomos podem se agrupar para formar moléculas. Um exemplo desse agrupamento seriam as moléculas de água num cubo de gelo. O cubo de gelo é constituído por um conjunto de moléculas quimicamente iguais. Esse conjunto recebe o nome de substância.

Substâncias simples

As substâncias simples caracterizam-se por apresentar apenas um elemento, cujos átomos podem estar agrupados em moléculas ou isolados.

Alotropia

É o fenômeno no qual o mesmo elemento químico constitui substâncias simples diferentes, denominadas formas alotrópicas desse elemento Veja alguns casos:

Substâncias compostas

Quando as moléculas de determinada substância são formadas por dois ou mais elementos químicos, ela é classificada como substância pura composta ou, simplesmente, substância composta.

Mistura

É toda porção de matéria que apresenta duas ou mais substâncias, cada uma delas sendo denominada componente.

Na mistura encontramos, portanto, mais de um tipo de molécula. É raro encontrarmos uma substância pura no nosso dia-a-dia.

Tipos de misturas

De acordo com o aspecto visual de uma mistura, podemos classificá-la em função do seu número de fases:

No primeiro caso, olhando a mistura, não conseguimos identificar os componentes; nem

(Parte 1 de 3)

Comentários