Escopo de Fornecimento

Escopo de Fornecimento

Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba

Escola de Engenharia de Piracicaba

Curso de Engenharia Mecânica

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA E ESCOPO DE FORNECIMENTO DE ROSCA TRANSPORTADORA HELICOIDAL PARA SODA CÁUSTICA

PROJETO: P01-2007 – UNIDADE DE ENSACAMENTO DE SODA CÁUSTICA

RTH-ETEF-001 – REV. 0

DISCIPLINA:

PROJETO DE MÁQUINAS

Piracicaba - SP

Outubro de 2007

Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba

Escola de Engenharia de Piracicaba

Curso de Engenharia Mecânica

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA E ESCOPO DE FORNECIMENTO PARA ROSCA TRANSPORTADORA HELICOIDAL PARA SODA CÁUSTICA

PROJETO: P01-2007 – UNIDADE DE ENSACAMENTO DE SODA CÁUSTICA

RTH-ETEF-001 – REV. 0

Adriano verdi bortolli RA: 124030161

aRY fERREIRA RA: 124020406

EVERTON JUNIOR BUORO RA: 120030802

MARCELO A. BELOTTI RA: 125030184

MARCELO DE C. MELO RA: 120030171

MICHEL RODAS RA: 120030796

tIAGO jOSE DAS NEVES RA: 120020447

THIAGO N. DA SILVA RA: 120030193

DISCIPLINA:

PROJETO DE MÁQUINAS

PROF. MSC. FLÁVIO

Trabalho apresentado como parte da avaliação da Disciplina de Projeto de Máquinas, do 10º semestre, do Curso de Engenharia Mecânica, da Escola de Engenharia de Piracicaba sob orientação do Prof. Flávio.

Piracicaba – SP

Outubro de 2007

  1. INTRODUÇÃO:

A presente especificação técnica tem por objetivo estabelecer limites de escopo e condições técnicas para projeto e fornecimento de 01 (UMA) ROSCA TRANSPORTADORA HELICOIDAL PARA SODA CÁUSTICA.

  1. DESCRIÇÃO DO EQUIPAMENTO:

O equipamento em questão é uma Rosca Transportadora que será utilizada em uma linha de transporte de Soda Cáustica para o ensacamento.

Essa Rosca é constituída de um Eixo Tubular em aço inoxidável com uma Rosca Helicoidal também em aço inoxidável soldada em seu comprimento. Esse conjunto é denominado Hélice.

A Hélice da rosca será mondada no interior da Calha em aço inoxidável (onde será transportado o material em questão) com os Suportes de Fixação da Rosca Transportadora, Suporte do Conjunto de Acionamento e os Bocais de entrada e de saída.

O Conjunto de Acionamento da Rosca Transportadora será constituído de um Motor elétrico e um Redutor de Velocidades que serão interligados ao eixo da Rosca por acoplamentos, dimensionados para atender o carregamento definido para operação.

  1. CARACTERÍSTICA DO PRODUTO TRANSPORTADO:

Produto / Classificação: Soda Cáustica em Escamas

Características Mistas: Contaminável.

Umidade: sem umidade.

Abrasividade: Alta.

Escoamento: Escoamento Médio.

Temperatura de Trabalho (T): 20o C.

Peso Específico ( 1,69 ton/m³

Coeficiente de Enchimento Adotado (Ψ): 0, 125 (12,5% - Recomendado).

Coeficiente de Velocidade Máxima (A): 30.

Coeficiente de Resistência ao Transporte (ω): 40.

Coeficiente de Correção da Capacidade (C): 0,70 (Para a Inclinação 15°).

  1. CARACTERÍSTICAS GERAIS DA ROSCA TRANSPORTADORA:

Tipo da Rosca: Rosca Transportadora Helicoidal com Velocidade de Alimentação Constante.

Capacidade de Projeto Requerida (Qp): 70,00 ton/h.

Capacidade de Projeto c/ Enchimento Adotado (QΨ): 53,20ton/h.

Capacidade Máxima de Transporte (QΨ1) 425,64ton/h.

Velocidade de Transporte de Projeto do Produto (vp): 30,0 m/min.

Comprimento Útil da Rosca (Lu): 38,64 m.

Comprimento da Rosca na Projeção Horizontal (Lh): 37,32 m.

Altura de Elevação (H): 10,0 m.

Ângulo de Inclinação da Rosca c/ a Horizontal (β): 15,0 º.

Diâmetro Externo da Hélice da Rosca (D): 550 mm.

Diâmetro Externo do Eixo Tubular (d): 219,08 mm.

Passo da Hélice da Rosca (p): 495 mm.

Rotação de Projeto no Eixo da Rosca (np): 60,61 rpm.

Potência Necessária p/ Capacidade de Projeto (Np): 466,27 CV

Potência Necessária p/ Enchimento Adotado (NΨ): 354,39CV

Potência Máxima Necessária (NΨ1): 2835,15CV

Potência do Motor (Nm): 354,39 CV.

  1. CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS BÁSICAS DA ROSCA TRANSPORTADORA:

Características Principais:

    • Denominação: Rosca Transportadora Helicoidal.

    • Item (Tag): RTH-001.

    • Função: Transporte de Soda Cáustica para Ensacamento.

Dimensões Principais:

    • Diâmetro da Hélice: 550 mm.

    • Comprimento da Rosca (Útil): 38.640 mm.

Dados Construtivos (Materiais):

    • Calha de Transporte / Tampas: A-240-316L 4,75 mm.

    • Hélice Helicoidal (Øe 430 mm): A-240-316L esp. 4,75 mm.

    • Eixo Tubular (Øn 8”): A-312-TP-316L SCH 40S.

    • Pontas de Eixo: SAE-1045.

    • Bocal de Entrada / Bocal de Saída de Produto: A-240-316L.

    • Base do Conjunto de Acionamento: A-36.

    • Nervuras do Corpo / Suportes Tipo Pernas: A-36.

    • Rolamentos (2x): SKF (ou similar).

    • Mancais: Henfel (ou similar).

Peso do Equipamento:

    • A ser definido pelo fabricante.

Acabamento Superficial:

    • Partes em Aço Carbono: Limpeza manual + Jateamente Sa 2 ½ + aplicação de 01 demão de zarcão óxido de ferro vermelho (Superfícies externas).

    • Partes em Aço Inoxidável:Decapagem e Apassivação (Superfícies Internas e Externas).

Documentos de Referência:

    • Memorial de Cálculo Mecânico n° (Aguardando)

    • Desenhos de Conjunto e Detalhes (Aguardando).

Forma de Fornecimento:

    • A Rosca Transportadora deverá ser fornecida totalmente montada e testada.

  1. CONJUNTO DE ACIONAMENTO:

Motor Elétrico:

    • Fabricante: WEG (ou similar).

    • Tipo: Assíncrono.

    • Potência: 400CV.

    • Rotação: 1790rpm.

    • Número de Pólos: 4 pólos.

    • Carcaça 355 M/L

    • Freqüência: 60 Hz.

    • Tipo de Proteção: IP55.

    • Classe de Isolamento: F

    • Voltagem: 220 / 380 / 440V (A definir).

Redutor de Velocidades:

    • Fabricante: CESTARI (ou similar).

    • Tipo: “Helicon”.

    • Fator de Serviço: 1.5

    • Rotação de Entrada: 1790 rpm.

    • Rotação de Saída: 56 rpm

    • Redução: 31

    • Modelo: “Helicon” H 17231P110- 2 Estágio

Acoplamentos:

    • Fabricante: VULCAN (ou similar).

    • Tipo: “Vulbraflex”.

    • Modelo (Motor/Redutor):

    • Modelo (Redutor/Rosca):

  1. ITENS COMPLEMENTARES:

    1. Pré-Montagem / Teste de Funcionamento:

    • O Fornecedor deverá realizar a pré-montagem do equipamento na fábrica bem como o teste de funcionamento do conjunto de acionamento; Após os testes, as partes deverão ser preparadas para o transporte ajustadas de maneira que a seqüência e a orientação de montagem possam ser repetidas no campo por terceiros, sem supervisão do Fornecedor e sem necessidade de novos ajustes pelo campo; A montagem mecânica e instalação elétrica do equipamento no campo deverão ser providenciadas pelo cliente final;

    1. Prazo de Entrega:

    • De acordo com o Cronograma de Entrega do cliente final;

    1. Transporte e Seguros / Embalagem para Transporte:

    • O Transporte do equipamento e os Seguros de Transporte deverão ser providenciados pelo Fornecedor; O equipamento deverá ser fornecido convenientemente preparado para transporte e armazenagem no canteiro de obras; Se aplicável, peças avulsas e de pequenas dimensões deverão ser embaladas separadamente, em recipientes adequados e devidamente identificados, de maneira a se evitar extravio e avarias às mesmas;

    1. Data Book”:

    • O “DATA BOOK” é o conjunto de documentos que rastreiam a fabricação, inspeções e a matéria-prima utilizada no processo produtivo dos equipamentos e que certifica a qualidade obtida na fabricação dos mesmos. Este documento deverá ser fornecido pelo fabricante do equipamento.

    1. Placa de Identificação:

    • O equipamento deverá ser fornecido com placa de identificação em aço inoxidável (AISI-304) contendo informações conforme padrão do fornecedor.

    1. Garantia:

    • O Fornecedor deverá garantir o equipamento contra defeitos de materiais e fabricação por 24 meses após a data de entrega ou 18 meses após a entrada do equipamento em operação.

  1. OBSERVAÇÕES FINAIS:

    • Nenhuma alteração de escopo de fornecimento poderá ser realizada sem a prévia autorização por escrito do cliente final. Quando esta alteração envolver a parte comercial, a solicitação de alteração deverá informar também os custos decorrentes desta.

    • Todas as faces de vedação de flanges e bocais deverão ser protegidas por tampões de madeira ou de plástico de modo a evitar avarias durante o transporte, armazenagem e montagem dos mesmos.

    • Conexões normalmente não alinhadas ao processo (instrumentação, drenos, etc.) deverão ser fornecidas equipadas com os respectivos flanges cegos, tampões, bujões, etc.

    • Não será previsto nenhum tipo de dispositivo de acesso ao equipamento (Escadas, Plataformas, Corrimãos, etc.).

  1. ANEXOS:

    • Anexo 01: Memorial de Cálculo Mecânico nº

Comentários