Manual de Entomologia Geral

Manual de Entomologia Geral

(Parte 1 de 3)

Índice

Introdução 4

Filo Arthropoda 7

Categorias taxonômicas 8

Classe Insecta 9

Adaptabilidade 10

Importância das pragas das plantas 11

Coleta, Montagem e Conservação de Insetos 16

Morfologia Externa 22

Cabeça 23

Antenas 24

Dimorfismo sexual nas antenas 25

Tipos de Antenas 26

Peças Bucais 29

Classificação dos Aparelhos Bucais 30

Aparelho Bucal nas fases Imaturas e Adultas 34

Direção das Peças Bucais 35

Tórax 36

Pernas 37

Tarsos 38

Tipos de pernas 40

Asas 44

Estrutura de uma asa 45

Estruturas de acoplamento 46

Tipos de asas 47

Abdome 49

Características dos segmentos abdominais 50

Apêndices abdominais 51

Tipos de abdome 52

Reprodução e Desenvolvimento 53

Reprodução e Desenvolvimento 54

Metamorfose 55

Tipos de larva 57

Chave para identificar larvas 61

Tipos de pupa 62

Morfologia Interna 64

Tegumento 65

Epiderme 67

Membrana Basal 68

Ecdise 70

Aparelho Digestivo 71

Sistema de Excreção 77

Aparelho Circulatório 78

Aparelho Respiratório 80

Senso Tátil 84

Órgão fotogênico 85

Ordem Odonata (odous = dente; gnatha = maxilas) 87

Metamorfose 88

Ordem Blattodea (blatta = achatado) 91

Ordem Mantodea (mantis = profeta) 91

Ordem Phasmatodea (phasma = espectro) 91

Ordem Orthoptera (orthos = reto; ptera = asa) 92

Chave ilustrada de identificação da Ordem Orthoptera 96

Ordem Hemiptera (hemi = metade; ptera = asa) 97

Ordem Coleoptera (coleos = caixinha, ptera = asas 108

Chave ilustrada para identificação da ordem Coleoptera 119

Ordem Diptera (di = dois; ptera = asas) 122

Ordem Lepidoptera (lepidon = escama; ptera = asa) 128

Chave ilustrada para identificação da ordem Lepidoptera 133

Ordem Hymenoptera (himen = membrana; ptera = asas) 137

Literatura sugerida para o curso 141

Introdução

Os artrópodes da classe Insecta ou Hexapoda, considerada a maior e a mais evoluída do filo Arthropoda, são vulgar e genericamente chamados insetos ou hexópodes. Considerada pelos zoólogos e, particularmente pelos entomólogos, como o maior agrupamento animal que se conhece, representa o seu elevado número de espécies mais da metade dos seres vivos, 70% dos animais, 73% dos invertebrados, e 83% dos artrópodes.

O êxito dos insetos como grupo que vem sobrevivendo há cerca de 300 milhões de anos é devido ao fato de possuírem pelo menos seis principais vantagens, na luta incessante pela sobrevivência: capacidade de vôo, adaptabilidade, exoesqueleto, pequeno tamanho, metamorfose e tipo especializado de reprodução.

Dotados de asas, puderam os insetos dispersar através do globo, e quando as condições de um determinado local se tornam desfavoráveis, simplesmente alçam vôo em busca de outro. O vôo lhes conferiu grandes vantagens sobre os animais presos à terra, como a busca ativa de outro sexo para reproduzir-se, a procura de alimentos numa grande área, e a fuga com êxito aos inimigos. A adaptabilidade a condições de vida tão extremas é outra vantagem que nenhuma outra forma animal conseguiu. O seu regime alimentar é um exemplo da sua infinita adaptabilidade, pois nutrem-se de substâncias às mais variadas e extravagantes que se possa imaginar.

O exoesqueleto funciona como uma armadura protetora contra choques, compressão e esmagamento, tem proporcionado aos insetos uma segura proteção e grande resistência, contra a penetração de microrganismos patogênicos, gases deletérios e água, através do seu corpo, e ainda evitando a desidratação.

O seu reduzido tamanho é uma vantagem para a sobrevivência, pois uma migalha de alimento é um banquete, uma gotícula de água mata-lhe a sede, e uma pedrinha no deserto proporciona-lhes sombra. Assim, muitos insetos ocupam minúsculos abrigos, onde conseguem encontrar alimentação e proteção contra os seus inimigos.

As metamorfoses são uma outra forma de garantir a sobrevivência, pois, durante as múltiplas transformações para se tornarem adultos, são capazes de explorar diversas fontes de alimentos, as quais variam do estágio de larva ao de adulto.

Finalmente, os insetos alados são capazes de retardar a fecundação de seus ovos, após a cópula, até encontrarem condições de vida favoráveis à sua prole. Esses seis atributos têm assegurado aos insetos a sua sobrevivência, desde o dia em que, há cerca de 300 milhões de anos, apareceram sobre a superfície da terra.

Zilkar C. Maranhão cita que a Entomologia é ciência relacionada com o estudo dos insetos. Os insetos são, atualmente o grupo dominante de animais na Terra. Ultrapassam de longe, em número, todos os outros animais terrestres e ocorrem praticamente em todos os lugares. Várias centenas de milhares de tipos diferentes foram descritas - três vezes o que há no resto do reino animal - e além de mil espécies podem ocorrer em um quintal de tamanho regular. Suas populações freqüentemente alcançam muitos milhões por hectare.

Filo Arthropoda

Categorias taxonômicas

Classe Insecta

Adaptabilidade

Importância das pragas das plantas

Coleta, Montagem e Conservação de Insetos

Morfologia Externa

Cabeça

Antenas

Dimorfismo sexual nas antenas

Tipos de Antenas

Peças Bucais

Classificação dos Aparelhos Bucais

Aparelho Bucal nas fases Imaturas e Adultas

Direção das Peças Bucais

Tórax

Pernas

Tarsos

Tipos de pernas

(Parte 1 de 3)

Comentários