Lista de Exercícios Resolvido Programação C Nível 1

Lista de Exercícios Resolvido Programação C Nível 1

Universidade Estadual Vale do Acarau - UVA

Curso de Ciências da Computação

Laboratório de Programação

Prof.: Cláudio Carvalho

Parte I – Comandos de Entrada/Saída e Expressões

  1. Ler o termo inicial, a razão e um índice de um termo de uma PA, em seguida apresentar o valor do termo.

    Ex.: A1 = 2; R = 3; N = 5;

    Lembre-se: An = A1 + (N-1) R  An = 14

    A saída deverá ser: O 5o. termo de uma P.A com termo inicial 2 e a razão 3 é 14.

  1. Ler duas medidas de alturas expressas em pés e polegadas (1 pé = 12 polegadas), calcular e exibir a diferença entre as mesmas:

Ex.: Medição 1: 5’ 8’’

Medição 2: 7’ 3’’

Diferença: 1’ 7’’

  1. O salário de um determinado empregado numa empresa é calculado da seguinte forma:

    Salário = Horas trabalhadas * Valor da Hora – Desconto (percentual).

    Elabore um programa que solicite as informações necessárias para se calcular o salário de um empregado, e em seguida apresente o salário a ser pago. Apresentar o valor da hora e o do salário com apenas duas casas decimais.

Parte II – Estruturas de Seleção

  1. Ler três valores distintos e exibir o valor intermediário e apresentar a média aritmética dos extremos. Se os valores não forem distintos, apresentar um aviso na tela.

Ex.: Valores: 5 , 1 , 7 Intermediário= 5, Média = 4.

  1. Ler três valores distintos e verificar se os mesmos foram uma Progressão Aritmética.

Ex.: Valores: 1 , 5 , 9  Formam uma P.A.

Valores: 1, 6, 9  Não formam uma P.A.

  1. O valor a ser pago pelo aluguel de mercadorias numa locadora de vídeo é feito conforme tabela abaixo

Tipo de Fita

Valor da Diária

Desconto (%)

A

3,00

Acima de 10 diárias

5

B

2,50

Acima de 5 diárias

7

C

2,00

Acima de 3 diárias

10

Construa um programa em pascal que leia o tipo da fita (A, B ou C), a quantidade de fitas e de diárias; em seguida, calcule e exiba o valor total (sem desconto), o valor do desconto e o valor a ser pago.

  1. O Índice de Massa Corpórea (IMC) é utilizado para identificar o grau de obesidade das pessoas. Esse índice é calculado da seguinte forma: IMC = Peso (Kg) / Altura2. A categoria é identificada de acordo com a tabela abaixo:

    Índice de Massa Corpórea (IMC)

    Categoria

    Abaixo de 20

    Abaixo do Peso

    Entre 20 e menos que 25

    Saudável

    Entre 25 e menos que 30

    Sobrepeso

    Entre 30 e menos que 40

    Obeso

    A partir de 40

    Muito Obeso

    Construir um algoritmo para receber o peso e altura de um indivíduo e exibir a categoria de acordo com a tabela acima.

  1. Sabendo-se que num triângulo qualquer um dos lados não pode ser maior que a soma, nem menor que o módulo da diferença dos outros dois, construa um algoritmo para ler três números inteiros e identificar se eles formam um triângulo. Além disso, especificar também qual o tipo do triângulo e qual a área do mesmo, conforme abaixo:

Eqüilátero: três lados iguais

Isósceles: dois lados iguais

Escaleno: três lados diferentes

    Área = , onde p = (a + b + c) / 2

Parte III – Estruturas de Repetição

  1. Ler um número inteiro positivo e verificar se o mesmo é ou não primo.

  1. Apresentar os N primeiros termos da seqüência de Fibonacci, onde os termos são determinados da seguinte forma: o primeiro e o segundo têm valor 1; a partir do terceiro, o valor do termo é a soma dos dois imediatamente anteriores a ele (Termo N = Termo N-1 + Termo N-2  1 1 2 3 5 8 13 21 ...).

  1. Ler o termo inicial, a razão e a quantidade de termos de uma progressão aritmética, e apresentá-la.

  1. Um número pode ser classificado quanto à soma dos seus divisores naturais menores que ele em:

- Perfeito: Se ele é igual à soma dos seus divisores.

- Abundante: Se ele é maior que a soma dos seus divisores.

- Deficiente: Se ele é menor que a soma dos seus divisores.

Fazer um programa em C que leia um número inteiro positivo; apresente: a lista dos seus divisores; a soma dos mesmos; e a sua devida classificação de acordo com esta soma.

  1. Um programa deve ler o sexo (‘m’, ‘f’) e a idade de várias pessoas até que o usuário digite o caractere ‘x’ para o sexo. Ao final, deverá ser apresentada quantidade de pessoas, a média das idades, a mais nova e a mais velha, para cada sexo.

  1. Ler um número inteiro positivo n e apresentar a raiz quadrada do mesmo. O processo consiste em sair subtraindo um número ímpar de cada vez do número desejado, enquanto o próximo ímpar for maior do que o número restante. Caso se obtenha um valor 0 ao final, a raiz quadrada do número lido é o número de subtrações realizadas. Caso contrário, o número não é um quadrado perfeito.

Ex.: 9 9 – 1 = 8 13 13 – 1 = 12

8 – 3 = 5 12 – 3 = 9

5 – 5 = 0 9 – 5 = 4 (próx. ímpar é 7, 7 > 4)

Nos exemplos acima, 9 é um quadrado perfeito (raiz = 3); e 13 não é quadrado perfeito.

  1. Ler dois números inteiros positivos e apresentar o m.d.c. (máximo divisor comum) deles. Para encontrar o m.d.c. é só retirar o menor número do maior enquanto os números forem diferentes. No momento que os números ficam iguais, o valor de qualquer um deles será o m.d.c.

  1. Ler um número inteiro e positivo a; em seguida, gerar outro número inteiro e positivo b correspondente ao primeiro com os dígitos na ordem inversa.

Ex.: a = 1 b = 1

a = 12345 b = 54321

  1. Ler um número natural (inteiro não negativo) n e informar o fatorial deste.

  1. Reescrever o programa do item anterior sem usar estruturas de repetição.

Comentários