Relatorio espectrofotometria

Relatorio espectrofotometria

ANÁLISE PELO ESPECTROFOTÔMETRO E CURVA PADRÃO DA SOLUÇÃO DE CrCl3.

MAYARA MENEZES CARDOSO

Aluna do quarto período do curso de Farmácia da UFMA.

  1. INTRODUCÃO

  2. A espectrofotometria é uma técnica analítica que avalia a capacidade dos solutos de absorver luz em comprimentos de onda específicos. É o método de análises óptico mais usado nas investigações biológicas e fisico-químicas. O espectrofotômetro é um instrumento que permite comparar a radiação absorvida ou transmitida por uma solução que contém uma quantidade desconhecida de soluto, e uma quantidade conhecida da mesma substância.

  3. A medida da luz absorvida permite inferir sobre a concentração do soluto em determinada solução.

  4. Compostos desconhecidos podem ser identificados por seus espectros característicos ao ultravioleta, visível ou infravermelho.

  5. Quando uma radiação eletromagnética, por exemplo, a luz visível, incide em uma solução, se os fótons da radiação têm energia adequada, a energia associada a essa radiação pode sofrer três diferentes tipos de variações:

  6. - ser refletida nas interfaces entre o ar e a parede do frasco contendo a solução (cubeta);

  7. - ser dispersa por partículas presentes na solução;

  8. - ser absorvida pela solução.

  9. Nas aplicações espectrofotométricas, quando se usa energia monocromática em um simples comprimento de onda (λ), a fração de radiação absorvida pela solução, ignorando perdas por reflexão, será função da concentração da solução e da espessura da solução. Portanto, a quantidade de energia transmitida diminui exponencialmente com o aumento da espessura atravessada – Lei de Lambert – e o aumento da concentração ou da intensidade de cor da solução – Lei de Beer. A relação entre energia emergente (I) e energia incidente (I0) indica a transmitância (T) da solução. Em espectrofotometria, utiliza-se a absorbância (A) como a intensidade de radiação absorvida pela solução, seguindo as leis de Lambert-Beer.

  10. A determinação de concentração de um soluto em uma solução-problema por espectrofotometria envolve a comparação da absorbância da solução-problema com uma solução de referência, na qual já se conhece a concentração do soluto. Em geral, é utilizada uma solução-padrão com diferentes concentrações (pontos), que tem sua absorbância determinada. Esses pontos são preparados diluindo-se a solução-padrão na proporção necessária para a obtenção das concentrações desejadas.

  11. Com os valores de absorbância e de concentração conhecidos, pode-se traçar um gráfico cujo perfil é conhecido como “curva-padrão”. Nesse gráfico, a reta, indica a proporcionalidade entre o aumento da concentração e da absorbância e a porção linear correspondente ao limite de sensibilidade do método espectrofotométrico para o soluto em questão.

  1. 2. PARTE EXPERIMENTAL

  2. 2.1. Preparo de Soluções

  3. Preparou-se a partir da solução de CrCl3 1,0 mol/L(solução estoque) , em tubos de ensaio, seis soluções diluídas por métodos de diluição. As soluções preparadas foram às seguintes:

  4. 1º tubo: 2,5 mL H2O + 2,5 mL de solução 1M CrCl3 ( 0,5 mol/L)

  5. 2ª tubo: 3 mL H2O + 2 mL de solução 0,5M CrCl3 ( 0,2 mol/L)

  6. 3º tubo: 2,5 mL H2O + 2,5 mL de solução 0,2M CrCl3 ( 0,1 mol/L)

  7. 4º tubo: 2,5 mL H2O + 2,5 mL de solução 0,1M CrCl3 ( 0,05 mol/L)

  8. 5º tubo: 4 mL H2O + 1 mL de solução 0,05M CrCl3 ( 0,01 mol/L)

  9. 6º tubo: 4,5 mL H2O + 0,5 mL de solução 0,01M CrCl3 ( 0,001 mol/L)

  10. 2.2. Instrumentação

  11. -Sete tubos de ensaio;

  12. -Pipetas;

  13. -Espectrofotômetro;

  14. -Solução de CrCl3 1,0 mol/L;

  15. -Água destilada;

  16. -Béquer.

  1. 2.3. Análise Espectrofotométrica

  2. Tomou-se como um ponto intermediário da curva analítica a solução de concentração intermediária 0,025mol/L(2,5mL 0,05M CrCl3 + 2,5mL H2O) e levantou-se o espectro de absorção de CrCl3 em uma faixa de comprimento de onda de 520 a 580 nm e, determinou-se o comprimento máximo. Fixou-se o espectrofotômetro no comprimento determinado e mediu-se as absorbâncias de cada solução de CrCl3 . Após, fez-se uma regressão linear da curva analítica e encontrou-se a equação de reta e o valor de R2.

  3. Mediu-se a absorbância de uma solução CrCl3 desconhecida(solução problema) e determinou-se sua concentração exata através da equação de reta da curva analítica.

  1. 3. RESULTADOS E DISCUSSÃO

    1. λ (nm)

    1. Absorbância

    1. 520

    1. 0

    1. 530

    1. 0

    1. 531

    1. 0,387

    1. 532

    1. 0,382

    1. 534

    1. 0,368

    1. 536

    1. 0,344

    1. 538

    1. 0,323

    1. 540

    1. 0,304

    1. 550

    1. 0,256

    1. 560

    1. 0,264

    1. 570

    1. 0,201

    1. 580

    1. 0,212

  1. Tabela 1: Absorbância versus comprimento de onda.

  2. Gráfico 1: Espectro de absorção do CrCl3( λ x Absorbância )

    1. Concentração

    1. Absorbância a 531 nm

    1. 0

    1. 0

    1. 0,001

    1. 0,006

    1. 0,01

    1. 0,071

    1. 0,025

    1. 0,174

    1. 0,05

    1. 0,344

    1. 0,1

    1. 0,664

    1. 0,2

    1. 1,342

  3. Tabela 2 : Concentração versus absorbância a 531 nm.

  4. Gráfico 2: Curva padrão da solução de CrCl3 em diferentes concentrações.

  5. O valor da absorbância encontrado para a solução problema de CrCl3 foi igual a 0,136 então para encontrar sua concentração:

  6. y = 6,7085.x

  7. 0,136= 6,7085.x

  8. x = 0,136/6,7085

  9. x = 0,02 mol/L

  1. De acordo com os dados acima e os resultados da tabela é possível observar que o valor assumido pela absorbância cresce com a concentração das soluções, como descreve a lei de Lambert-Beer, uma vez que o aumento da concentração resulta no aumento do número de partículas que interagem com a radiação. De acordo com esse mesmo princípio, observou-se graficamente a relação linear entre a absorbância, A, e a concentração C. Portanto, mantendo-se o caminho óptico constante, pode-se determinar a concentração de CrCl3 (em solução), através da medida de absorbância.

  1. 4. CONCLUSÃO

  1. Comprovou-se experimentalmente que à medida que aumenta a concentração de uma solução aumenta sua absorbância, como descrito na lei de Lambert-Beer e que através de processos físicos, realizados pelo aparelho de espectrofotometria, podemos analisar as propriedades das soluções, por exemplo, a concentração. E com a utilização de cálculos juntamente com os resultados obtidos pela aparelhagem, é possível definir a concentração de soluções de concentração desconhecida.

  1. 6. BIBLIOGRAFIA CONSULTADA

  2. http://pt.wikipedia.org/wiki/Espectrofotometria _______[ capturado em 29/03/2010]

  3. http://www.scribd.com/doc/19825031/Analise-pelo-espectrofotometro-e-curva-padrao__________[capturado em 03/04/2010]

  4. http://www.ebah.com.br/analise-sulfato-de-cobre-pentahidratado-por-medidas-de-espectrofotometria____[capturado em 03/04/2010]

  5. http://www.farmabio.k6.com.br_____________[capturado em 04/04/2010]

Comentários