Projeto de pesquisa em odontologia

Projeto de pesquisa em odontologia

Cavalcanti

Elaborando o Projeto de Pesquisa em Odontologia

Prof. Alessandro Leite Cavalcanti

Cavalcanti

O que éum Projeto de Pesquisa?

“Um documento escrito que contém todos os elementos de planejamento de uma pesquisa científica a ser realizada.”

Cavalcanti

Quem Escreve um Projeto de Pesquisa?

ÂEstudantes de Iniciação Científica;

ÂEstudantes de Pós-Graduação; Â Professores;

 Pesquisadores.

Cavalcanti

Estrutura Básica do Projeto de Pesquisa

 Identificação;

 Sumário;

 Introdução;

 Objetivos;

 Justificativa

 Metodologia;

ÂCronograma e Orçamento;

 Referências; ÂApêndices e Anexos.

Cavalcanti

Elementos de Identificação

 Nome da Instituição/Centro/Departamento;

 Título/Subtítulo;

ÂNota Explicativa

ÂAutor (Responsabilidade Intelectual);

 Orientador;

ÂLocal de origem/realização; ÂPeríodo de desenvolvimento.

Cavalcanti

Projeto de Pesquisa Apresentado ao Componente Curricular de Atividades de Pesquisa, Extensão e Seminários

ALUNO: PRISCILLA KELLY MEDEIROS ORIENTADOR: Prof. Dr. Alessandro Leite Cavalcanti

CAMPINA GRANDE 2006

Cavalcanti

ÂÉa listagem numerada das principais divisões e subdivisões do projeto de pesquisa, na mesma ordem em que são apresentadas, acompanhadas do respectivo número de páginas.

Sumário

Cavalcanti

1.INTRODUÇÃO
2.OBJETIVOS
2.1. Obje tivo Ge ral

SUMÁR I O 2.2. Objetivos Específicos 3.J USTIFIC ATIV A 4. MET O DOL OG IA 5.CRONOGRAMA 6.ORÇAME NTO 7. REFERÊN CIAS 8.APÊNDICES E ANEXOS

Cavalcanti

Introdução

ÂHistórico (breve);

ÂEstado atual do conhecimento;

ÂFundamentação teórica: revisão de literatura;

ÂApresentação do problema.

Cavalcanti

Introdução

ÂPrimeiro: situar a área geral em que se enquadra o projeto;

ÂSegundo: revisão sucinta das pesquisas anteriores;

ÂTerceiro: indicar o que falta para ser pesquisado ou desenvolvido;

ÂQuarto: motivação para realizar uma nova pesquisa ou desenvolvimento.

Cavalcanti

1. INTRODUÇÃO

De acordo com Tomita, Bijelae Franco (2000), a maloclusão tem sido abordada como um problema de saúde pública dada àalta incidência verificada em estudos epidemiológicos, uma vez que se constitui no terceiro maior problema

……………..
……………..

odontológico. 3

Cavalcanti

Objetivos

ÂObjetivo Geral:

•Descrever o objetivo geral de pesquisa. Verbo no infinitivo.

 Objetivos Específicos: •Detalhar as especificidades.

• Uni ou bivariada.

Cavalcanti

2. OBJETIVOS

2.1. GERAL •Avaliar a prevalência de maloclusões em crianças de 3 a 5 anos de idade e sua relação com hábitos de sucção não nutritivos e tipo de aleitamento.

2.2. ESPECÍFICOS •Verificar a distribuição das maloclusões quanto ao gênero e a faixa etária; •Analisar o tipo de maloclusão mais freqüente; 7

Cavalcanti

Justificativa

ÂConsiste na apresentação das razões de ordem teórica e prática que justificam o desenvolvimento do estudo;

ÂÉimportante ressaltar o caráter inédito do trabalho, se for o caso;

ÂEnfatizar a importância para o desenvolvimento local, regional ou nacional.

ÂRessaltar a importância para a comunidade.

Cavalcanti

3. JUSTIFICATIVA

Com base no exposto acima e diante do fato de que no município de Campina Grande não existem dados que possibilitem conhecer o perfil da população pré-escolar no tocante à prevalência de maloclusões, torna-se relevante a realização do presente estudo. 8

Cavalcanti

Metodologia

ÂTipo de Estudo/ Método de Abordagem/ Procedimento;

ÂAspectos Éticos;

 Universo/Amostra;

ÂVariáveis Estudadas;

ÂMateriais e/ou Instrumentais;

ÂColeta dos Dados;

 Avaliação;  Análise Estatística.

Cavalcanti

4. METODOLOGIA

Serárealizado um estudo,
utilizando o método

4.1 TIPO DE ESTUDO

Com base na Resolução 196/96 do

CNS, este estudo seráregistrado no SISNEP

4.3 UNIVERSO

regularmente matriculadas nas creches

Constituído por todas as crianças 9

Cavalcanti

Cronograma

ÂAjuste das ações ao tempo disponível para a pesquisa;

ÂTempo disponível: • Planejamento;

• Execução;

• Divulgação (publicação).

Cavalcanti

Cronograma

ÂIdentificar as fases distintas do projeto:

ÂEstudo do assunto;

 Desenvolvimento metodológico;

ÂEstudo piloto ou teste de protótipo;

ÂFase observacional ou experimental;

ÂAnálise dos dados;

ÂRedação do trabalho;

ÂAtribuir a seqüência e duração esperada para cada fase.

Cavalcanti

7. CRONOGRAMA

Levantamento bib lio gráfico

Contato com a secretaria municipal

Estudo piloto

Coleta de dados

Cavalcanti

Orçamento

ÂInclusão dos recursos necessários para o desenvolvimento da pesquisa:

•Recursos materiais (permanente /consumo);

•Recursos humanos;

•Serviços de terceiros.

ÂOrigem dos recursos (própria instituição/ externo).

Cavalcanti

1) Material de consumo •Papel A4

•Cartucho para impressão – modelo 27A

R$ 30,0 R$ 45,0

2) Instrumentais •Espelho bucal

•Sonda OMS

•Luvas de procedimentos

R$ 15,0 R$ 2,0 R$ 18,0

3) Material restaurador •Ionômerode VidroR$ 78,0

TOTALR$ 208,0

8. ORÇAMENTO 10

Cavalcanti

Referências

ÂRelacionar todas as obras da literatura citadas, organizadas por ordem alfabética -Normas da ABNT;

ÂCitar literatura relevante e atual: demonstra entendimento da literatura;

ÂMaior perigo: propor projetos baseados em literatura não relacionada;

ÂEvitar Plágio: indicar a fonte.

Cavalcanti

9. REFERÊNCIAS

ABATE, P. F.Adhesion of a compomerto dental structures. Quintessence Int, Berlin, v. 28, n. 8, p. 509-512, Aug. 1997.

BUONOCORE, M. G. A simple method for increasing the adhesion of acrylic filling materials to enamel surfaces. J Dent Res, Washington, v. 34, n. 6, p. 849-853, Dec. 1955.

BURKE, F.J.T.; COMBE, E.C.; DOUGLAS, W.H. Dentine Bonding Systems: I. Mode de action. DentUpdate, New York, v. 27, n. 2, p. 85-93, Mar. 2000

Cavalcanti

Regras de Apresentação e Formato

ÂOs projetos devem ser elaborados seguindo as normas da ABNT -Utilizar a citação AUTOR/DATA.

ÂOs textos devem ser digitados em processador de texto Windows, fonte ARIAL, tamanho 12.

ÂFormato: Apresentação em papel branco, formato A4

(21cm x 29,7cm), espaçamento Duplo e margem esquerda e superior a 3cm e margem direita e inferior a 2cm.

Cavalcanti

3CM 2CM

Cavalcanti

Por que uma Proposta éRejeitada?

 Procedimentos inapropriados;

ÂDescrição confusa; delineamento pouco detalhado;

ÂPouca consideração ao aspecto estatístico;

ÂFalta de imaginação científica;

ÂControles inadequadamente descritos;

ÂMaterial difícil de obter, equipamento inapropriado.

Comentários