Apostila de desenho arquitetonico

Apostila de desenho arquitetonico

(Parte 1 de 4)

CURSO DE ENGENHARIA

DISCIPLINA DESENHO TÉCNICO II

APOSTILA DE DESENHO TÉCNICO

http://www.fag.edu.br/professores/marta/Engenharia%20-%20Segundo%20Periodo/Desenho%20Tecnico.doc

PROFESSORA ENGa. CIVIL MARTA M. K. DE SIQUEIRA

CAPÍTULO 2

1. NORMAS DE DESENHOS TÉCNICOS

As normas procuram unificar os diversos elementos do desenho técnico de modo a facilitar a execução ( uso ) , a consulta ( leitura ) e a classificação .

A Norma Brasileira de Desenho Técnico é a NB 8 R , que trata de assuntos que serão estudadas adiante como : Legendas , convenções de traços , sistema de representação , cotas , escalas .

I . LINHA - ESPESSURA

Linha grossa

Linha média

( metade da anterior )

Linha fina

( metade da anterior )

TIPOS DE LINHA

A- Linhas gerais

B- Linhas principais

C- Linhas auxiliares ( cota , ladrilhos , etc. )

D- Partes invisíveis _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _

E- Eixos de simetria

F- Seções

G- Interrupções

  1. FORMATO

É a dimensão do papel . Os formatos de papel para execução de desenhos técnicos são padronizados . A série mais usada de formatos é originária da Alemanha e conhecida como : série DIN - A ( Deutsch Industrien Normen - A ) , cuja base é o formato Ao ( A zero ) , constituído por um retângulo de 841 mm x 1189 mm = 1 m2 , aproximadamente .

Mediante uma sucessão de cortes , dividindo em duas partes iguais os formatos , a partir do Ao, obtém-se os tamanhos menores da série .

Veja pelas figuras abaixo , que a maior dimensão de um formato obtido corresponde à menor do formato anterior .

O espaço de utilização do papel fica compreendido por margens , que variam de dimensões , dependendo do formato usado . A margem esquerda , entretanto , é sempre 25 mm a fim de facilitar o arquivamento em pastas próprias .

------------------------------------------------------------------------------------------

FORMATOS DIMENSÕES MARGENS

------------------------------------------------------------------------------------------

4Ao 1682 x 2378 20

------------------------------------------------------------------------------------------

2Ao 1182 x 1682 15

------------------------------------------------------------------------------------------

Ao 841 x 1189 10

------------------------------------------------------------------------------------------

A1 594 x 841 10

------------------------------------------------------------------------------------------

A2 420 x 594 10

------------------------------------------------------------------------------------------

A3 297 x 420 10

------------------------------------------------------------------------------------------

A4 210 x 297 5

------------------------------------------------------------------------------------------

A5 148 x 210 5

------------------------------------------------------------------------------------------

A6 105 x 148 5

------------------------------------------------------------------------------------------

3. LEGENDAS

A legenda ou identificação na gíria profissional chama-se Carimbo , que tem a finalidade de uniformizar as informações que devem acompanhar os desenhos . Os tamanhos e formatos dos carimbos obedecem à tabela dos formatos A . Recomenda-se que o carimbo seja usado junto à margem , no canto inferior direito. Esta colocação é necessária para que haja boa visibilidade quando os desenhos são arquivados . O carimbo deve possuir as seguintes informações principais , ficando , no entanto , a critério do escritório, o acréscimo ou a supressão de outros dados

a- Nome do escritório , Companhia etc. ;

b- Título do projeto ;

c- Nome do arquiteto ou engenheiro ;

d- Nome do desenhista e data ;

e- Escalas ;

f- Número de folhas e número da folha ;

g- Assinatura do responsável técnico pelo projeto e execução da obra ;

h- Nome e assinatura do cliente ;

i- Local para nomenclatura necessária ao arquivamento do desenho .

j- Conteúdo da prancha

4. REPRESENTAÇÃO EM CORES - CONVENÇÃO

Na representação de uma reforma é indispensável diferenciar muito bem o que existe e o que será demolido ou acrescentado . Estas indicações podem ser feitas usando as seguintes convenções:

obs. Essa pintura deve ser feita , na cópia heliográfica , contínua e em tom suave; ou diretamente no desenho feito com o AUTOCAD .

5. ETAPAS DE UM PROJETO

5.1. Estudo Preliminar

(Parte 1 de 4)

Comentários