Cinesiologia

  • Combinação de dois verbos gregos: Kineis: Mover - Logos: Estudar - Anatomia e Fisiologia.

  • O esqueleto humano pode ser considerado uma estrutura de sustentação, composta por ossos articulados (articulações).

  • Os movimentos resultam de contrações musculares.

  • O corpo humano pode ser considerado um sistema de alavancas.

Cinesiologia

  • ESTUDO DAS ALAVANCAS

  • O corpo humano deve ser considerado como uma unidade mecânica em que os ossos atuam como uma barra sólida na qual serão aplicadas forças, as articulações servirão de eixo, sede do movimento e os músculos agirão como potência na produção do movimento.

  • A alavanca é uma barra rígida que gira sobre um ponto fixo denominado eixo ou ponto de apoio. A parte da alavanca que se encontra entre o ponto de apoio (A) e a resistência (R) é chamado braço de resistência (BR); a parte entre o ponto de apoio e a força aplicada denomina-se braço de potência (BP).

Cinesiologia

  • A vantagem mecânica de uma alavanca depende da relação entre o comprimento do BP e o BR. Sua função é obter uma vantagem mecânica pôr meio no qual uma pequena força aplicada sobre uma grande distância, numa das extremidades, produz uma força maior vencendo uma resistência. Ou então aumentar consideravelmente num extremo a velocidade de um movimento.

  • Quando uma alavanca gira sobre o seu eixo, todos os pontos da mesma percorrem um arco de círculo e a distância cursada pôr cada ponto é proporcional a sua distancia do eixo.

Cinesiologia

  • Como estas distancias são percorridas num mesmo tempo, deduz-se que os pontos mais distantes do eixo movem-se mais rápido do que os pontos mais próximos a ele.

  • Desta forma ao se aumentar a distância ganha-se em velocidade.

  • O aumento da vel. requer um aumento de aplicação de força muscular. Pôr outro lado, carrinhos de mão, alicates e pés-de-cabra têm a finalidade de diminuir os BR e aumentar os BF, tornando maior a vantagem mecânica e permitindo uma aplicação de força mais intensa com uma pequena força muscular, mas com perda de velocidade.

Cinesiologia

          • COMPONENTES DE UMA ALAVANCA
  • Potência (P) : Ponto onde se insere o músculo que se contrai para manter o equilíbrio da alavanca.

  • Resistência (R): Peso a ser mantido ou vencido

  • Apoio (A): Articulação onde ocorre o movimento

  • Braço de Potência (BP): Distância entre o apoio e a potência.

  • Braço de Resistência (BR): Distância entre o apoio e a resistência.

      • Uma alavanca se encontra em equilíbrio quando:
          • Resistência X Braço de resistência = Potência X Braço de Potência

Cinesiologia

Cinesiologia

    • TIPOS DE ALAVANCAS:
    • Alavancas de Primeiro Grau – Interfixa - Equilíbrio: O apoio fica entre a resistência e a potência. Alavancas da postura.

Cinesiologia

Cinesiologia

    • Alavancas de Segunda Grau: Inter-resistente - a resistência se encontra entre o ponto de apoio e a potência. São alavancas de força. Ex. Carrinhos de mão.

Cinesiologia

    • Alavancas de Terceiro Grau: Interpotentes - a potência está entre o apoio e a resistência. São as mais comuns no corpo humano. Exemplo: Flexão do antebraço sobre o braço, na flexão da perna sobre a coxa, na flexão da coxa sobre a pelve.

Cinesiologia

    • Alavancas de Terceiro Grau: Interpotentes - a potência está entre o apoio e a resistência. São as mais comuns no corpo humano. Exemplo: Flexão do antebraço sobre o braço, na flexão da perna sobre a coxa, na flexão da coxa sobre a pelve.

Cinesiologia

    • Pôr Exemplo: Supondo que o cotovelo em flexão de 90 graus e a palma da mão esteja sustentando um peso de 4,5 kg. A palma da mão se encontra a 30,5 cm da articulação do cotovelo (ponto de apoio) e o triceps está inserido a 2,5 cm (BP) da articulação do cotovelo. Qual será a força que o Triceps terá que exercer para vencer a resistência, ao levar o antebraço para trás?

Cinesiologia

Cinesiologia

  • Os músculos do corpo são responsáveis para converter a energia química armazenada em trabalho mecânico.

  • Existem três tipos de músculos: Liso, cardíaco e estriado.

  • O sistema muscular humano compõe aproximadamente 434 músculos e constituem 40 a 45% do peso corporal do adulto.

  • Cada músculo recebe seu suprimento de oxigênio e nutrientes do sistema circulatório, por uma ou várias artérias que se dividem em arteríolas e capilares. As paredes dos capilares são extremamente finas que possibilitam a fácil passagem de substâncias.

  • Durante a contração muscular o músculo se contrai, se encurta, deixando momentaneamente de receber sangue mas, no instante seguinte, se alonga e recebe o fluxo de sangue.

Cinesiologia

  • Na contração isométrica ou estática: Músculo permanece contraído, deixando de receber aporte sangüíneo. Os processos metabólicos passam a ocorrer por processo anaeróbico, com produção e acumulo de ácido lático, que irritam as terminações nervosas do músculo ocasionando dor.

  • O esforço é predominantemente dinâmico quando um músculo está executando contração menor que 50% de sua força máxima, e a medida q. se aproxima de 100%, o esforço se torna estático.

  • Assim, deve-se evitar ao máximo a contração estática que causa alto grau de fadiga.

Cinesiologia

  • POSTURA EM PÉ E OUTRAS POSTURAS DE TRABALHO

  • Embora, o homem perdeu estabilidade com relação ao equilíbrio da postura bipede, isto não aconteceu com o gasto calórico.

  • Devido a: O arco e tamanho dos pés; apoio do esqueleto sobre os ligamentos; as curvaturas da coluna as quais compensam a tendência de giro (torque) das diversas articulações, permitindo neutralização das mesmas

  • Baixo gasto calórico nas diferentes posturas: Alavancas estão em estado de equilíbrio.

  • Equilíbrio dinâmico:Potência > resistência = torque positivo. Resistência > que a potência = torque negativo

Cinesiologia

  • O trabalho em pé:

  • Provoca fadiga dos músculos da panturrilha;

  • Aparecimento de varizes;

  • Agravamento de lesões pré-existentes dos membros inferiores.

  • O trabalho em pé é melhor quando:

  • O posto de trabalho não tem espaço para acomodar as pernas do trabalhador;

  • Há necessidade de manusear objetos de peso maior que 3 kg;

  • Há necessidade de se deslocar para pegar componentes/ ferramentas /dispositivos;

  • Qdo as operações são distintas e requerem movtos freqüentes entre as estações de trabalho;

  • Qdo se tem que fazer esforço para baixo.

Cinesiologia

CINESIOLOGIA

  • O Trabalho Sentado

  • Todos os itens de trabalho disponíveis dentro dos limites do espaço de trabalho, sem necessidade de deslocamentos ou movimentação do tronco;

  • Todos os itens: ferramentas, componentes e dispositivos estão na altura máxima de 6 cm do nível de trabalho;

  • Não há necessidade de manusear pessoa excessivos - não mais q. 3 kg;

  • Tarefas q. exijam motricidade fina;

  • Escrita;

  • Uso freqüente de computador.

Cinesiologia

Cinesiologia

Cinesiologia

CINESIOLOGIA

  • A conseqüência primária, chama-se fadiga muscular, quando ocorre dor no seguimento afetado devido ao acumulo de ácido lático. A fadiga pode acarretar também o aparecimento de tremores, que contribuem para a ocorrência dos erros na execução das atividades.

  • Desta forma as pausas freqüentes e o repouso regenerador é de extrema importância na prevenção dos distúrbios osteomusculares.

Comentários