Moodle - Tarefas

Moodle - Tarefas

A Atividade Tarefa em Moodle

Athail Rangel Pulino Filho

Sumário 1 Introdução 2

2.1 Texto online2
2.2 Envio de arquivo único2
2.3 Atividade off-line4
2.4 Modalidade avançada de carregamento de arquivos4
2.4.1 Características4
2.4.2 Configuração4
2.5 Avaliando tarefas4

2 Tarefas 2

Resumo

Uma disciplina / curso em Moodle é construída com Blocos (ou boxes), Recursos e Atividades. As Atividades são as ferramentas Moodle que permitem e estimulam a participação e interação entre os estudantes. São, na visão do autor, as principais ferramentas do ambiente para a construção de comunidades de aprendizagem.

1 Introdução

Para inserir uma atividade em um curso, devem ser repetidos os mesmos primeiros passos dados para inserir recursos: clicar no botão Ativar edição e, determinada a semana ou tópico, escolher a Atividade na caixa Acrescentar atividade. Não serão apresentadas todas as atividades disponíveis e nem na ordem em que aparecem na caixa de escolha.

2 Tarefas

Existem quatro tipos de tarefas no ambiente Moodle. Elas serão aqui apresentadas em ordem de complexidade.

2.1 Texto online

O texto online é uma tarefa realizada pelos participantes usando o editor html do ambiente Moodle. Escolhendo inserir um texto online aparece a tela mostrada parcialmente na Figura 1

Figura 1: Inserindo um texto online

A Figura 2 mostra a parte inferior da tela de configuração de uma tarefa texto online. Os campos a serem configurados ou preenchidos são descritos na Tabela 4.1. Clicando em Salvar e voltar ao curso ou em Salvar e mostrar, a tarefa online estará criada.

2.2 Envio de arquivo único

A tarefa Envio de arquivo único é uma atividade com características muito semelhantes à tarefa online. A diferença é que, em lugar de escrever um texto no editor html do Moodle, o aluno escreve um texto em seu computador e o envia ao ambiente. Há limitações para o tamanho do arquivo e é altamente recomendável que o texto seja enviado no formato rtf 1. Esse formato pode ser produzido em qualquer editor de textos e tem a grande vantagem de não ser um portador eventual de vírus.

1Rich Text Format ou Formato Rich Text.

2.2 Envio de arquivo único

Figura 2: Inserindo um texto online (cont.)

Nome da tarefa o nome da tarefa como será visto pelos alunos Descrição o enunciado da tarefa Nota valor máximo da tarefa Disponível a partir de data inicial em que a tarefa pode ser realizada Data de entrega Data final para realização da tarefa Impedir envio atrasado Permitir ou não a realização da tarefa após da data de entrega Permitir novo envio após uma primeira avaliação permitir que o aluno refaça a tarefa Avisar por e-mail enviar mensagem por e-mail a cada tarefa enviada Comentário inserido na frase feedback do professor no meio do texto do aluno Tipo de grupo separação dos alunos em grupos (quando houver) Visível tornar ou não a tarefa visível assim que criada Número ID identificação da tarefa no quadro de notas Categoria de nota classificar a atividade na categoria de nota

Tabela 1: Criando uma tarefa online

2.3 Atividade off-line

Todos os tipos de arquivo podem ser enviados ao ambiente pelos alunos. Fotografias, programas para computador, arquivos comprimidos (zip) ou arquivos proprietários de programas (por exemplo, desenhos em AutoCad).

A configuração de uma tarefa Envio de arquivo único é idêntica àquela do Texto online. A diferença está no lado dos alunos que, em lugar de verem o editor html, verão uma janela para enviar o arquivo produzido em seu computador.

2.3 Atividade off-line

A tarefa do tipo Atividade off-line é usada para atribuir notas a trabalhos produzidos pelos alunos em outra forma que não a digital. Seminários, provas presenciais, textos entregues em papel podem ser avaliados e receber um feedback com o uso desta forma de tarefa. Os alunos receberão, por e-mail, um aviso de que a tarefa foi avaliada e poderão ver sua nota e os comentários feitos pelo professor, monitor ou tutor.

2.4 Modalidade avançada de carregamento de arquivos

Este tipo de tarefa, disponível a partir da versão 1.7 de Moodle, permite que cada aluno envie um ou mais arquivos ao ambiente em qualquer formato.

2.4.1 Características

Esta atividade permite que o professor envie arquivos para os alunos em resposta aos trabalhos por eles enviados.

Exemplo: um típico exemplo de uso desta tarefa é o professor editar um trabalho enviado por um aluno, acrescentar comentários e enviar ao aluno para revisão. Quando o aluno clicar no nome da atividade, os arquivos enviados para ele aparecem como uma lista de arquivos de resposta.

Os arquivos de resposta podem ser enviadosaos alunos antes que eles submetam seus trabalhos. Assim, por exemplo, cada aluno pode ser convidado a trabalhar sobre um texto diferente.

É preciso assegurar que o módulo de Notas (objeto de outro capítulo deste texto) esteja configurado de modo a permitir que as notas e respostas possam ser vistas pelos alunos.

Os alunos podem, também, inserir comentários sobre os textos enviados, sobre o progresso de um trabalho em particular ou qualquer outra informação que desejem.

O envio desse tipo de tarefa deve ser manualmente finalizado pelo aluno. O professor pode ver a situação de um trabalho a qualquer tempo e os trabalhos não completados são marcados como rascunho. Pode, também, alterar a situação de qualquer trabalho enviado para a situação de rascunho.

Escolhendo criar uma Modalidade avançada de carregamento de arquivos, aparecerá a tela mostrada parcialmente na Figura 3.

Os campos mostrados na figura devem ser configurados da mesma forma descrita para os outros tipos de tarefas. As diferenças estão na parte inferior do formulário, mostrada na Figura 4. Os campos a serem configurados são descritos na Tabela 4.2.

2.5 Avaliando tarefas

Para ver os trabalhos enviados pelos alunos em uma tarefa, clica-se no nome da tarefa para acessar a tela mostrada na Figura 5.

No alto, à direita, aparece o número de tarefas enviadas. Clique nessa informação e siga os passos a seguir.

• Antes de prosseguir é importante observar alguns detalhes. Vá até a parte inferior da tela de avaliações e veja as seguintes informações: Envios mostrados por página e Permitir avaliação rápida.

2.5 Avaliando tarefas Figura 3: Modalidade avançada de carregamento de arquivos

Figura 4: Modalidade avançada de carregamento de arquivos (cont.)

2.5 Avaliando tarefas

Tamanho máximo Tamanho máximos dos arquivos que o aluno pode enviar Permitir cancelamento Se habilitado, os participantes podem cancelar arquivos enviados a qualquer momento

Número máximo de arquivos Número máximo de arquivos que o aluno pode enviar Permitir notas Se habilitado, permite que o aluno faça anotações em uma caixa de texto

Esconder descrição Se habilitado, a descrição da tarefa não é visualizada antes da data de abertura

Avisos por e-mail Avisar os profesoresa cada novo envio de documentoou atualização feita pelos alunos

Permitir novo envio Após uma primeira avaliação permitir que o aluno refaça a tarefa Avisar por e-mail Enviar mensagem por e-mail a cada tarefa enviada Habilitar envio para avaliação O botão "Enviar para avaliação"permite que os usuários comuniquem aos professores que eles terminaram uma tarefa. Os professores podem reverter o status do envio para rascunho (caso o trabalho precise ser melhorado, por exemplo)

Tipo de grupo Separação dos alunos em grupos (quando houver) Visível Tornar ou não a tarefa visível assim que criada Número ID Identificação da tarefa no quadro de notas Categoria de nota Classificar a atividade na categoria de nota

Tabela 2: Modalidade avançada de carregamento de arquivos

Figura 5: Avaliando tarefas

2.5 Avaliando tarefas

Pode ser interessante colocar um número de avaliações mostradas por página para evitar a necessidade de navegar por muitas telas para ver todos os trabalhos

Normalmente tem-se que clicar em Nota, à direita do nome de cada aluno, para ver o trabalho enviado, atribuir nota e digitar alguns comentários. Escolhendo Permitir avaliação rápida, é possível fazer isso na mesma linha onde está o nome do aluno.

Feitas as escolhas, clicar em Salvar preferências.

• Na linha com o nome de cada um dos alunos, vê-se o nome do arquivo enviado ou o início do texto escrito na tarefa online. Clicando no nome do arquivo, ele será aberto em uma nova janela.

• Lido o trabalho enviado o professor pode, então, atribuir uma nota (no alto à direita) e colocar comentários em uma janela destinada a tal fim.

• Atribuídas as notas e feitos os comentários para vários alunos, os resultados só serão registrados quando se clicar no botão Gravar feedback que pode ser entrado no topo da tela ou na parte inferior. Feito isto, todos os alunos que tiveram seus trabalhos avaliados receberão uma mensagem por e-mail informando o fato.

• Deve-se ainda observar que, havendo uma lista com muitos alunos, é possível classificar a lista de várias formas. Todos os títulos das colunas da tabela de envio de trabalhos são links para ferramentas de classificação (Por nome, por sobrenome, por data de envio, por feedback dado pelo professor, etc.). Clicando uma vez nesse link a lista é organizada em uma ordem, segundo a coluna usada e, clicando mais uma vez, organizada na ordem inversa.

Vale ainda comentar (veja-se Figura 5) que os arquivos enviados por todos os alunos têm o mesmo nome (tarefa01) e o mesmo formato (rtf).

O motivo para a primeira decisão (todos os arquivos com o mesmo nome) tem como objetivo evitar que alunos com menor inclusão digital enviem arquivos (em especial arquivos produzidos no Microsoft Word) cujo nome é a primeira frase do texto produzido. Arquivos com nomes longos dificultam o trabalho do professor ao manusear a tabela de tarefas enviadas. Pode mesmo ser recomendável instruir os alunos no sentido de informar que, embora os nomes dos trabalhos enviados sejam os mesmos (tarefa01), Moodle atribui a cada aluno o seu arquivo.

A segunda recomendação (formato rtf) tem a motivação descrita a seguir. O editor mais usado é o

Microsoft Word. Arquivos produzidos no formato natural desse editor (.doc) podem ser grandes disseminadores de vírus 2. Para preservar a segurança do computador do professor (ou tutor ou monitor), é prudente não abrir arquivos nesse formato. O formato rtf (que pode ser produzido no editor Microsoft Word) evita a disseminação de vírus.

2Vírus de macro

Referências

Referências

[1] BELENKY, M. F.; CLINCHY, B. M.; Goldberger,N. R.; TARULE, J. M. Women’sWays of Knowing: The Development of Self, Voice, and Mind. New York: Basic Books, Inc., 1986.

[2] BENDER, T. Discussion-Based Online Teaching, Stylus Publishing, LLC, Sterling, VA, USA, 2003.

[3] CHAO, I. N. Moving to Moodle – Reflexions two years later. Educause Quarterly, 3, 2008.

A New Way of Assessing Ways of Knowing: The Attitudes Towards Thinking and Learning Survey (ATTLS). Sex Roles, 40 (9/10), 745-766.

[7] MORE, M.; KEARSLEY, G. Educação a distância, Thomson Learning Ed. Ltda., 2007.

[8] MORGADO, L. O papel do professor em contextos de educação online. Discursos, I Série, n. esp., p. 125-138, 2001.

[9] PETERS, O. Didática do ensino a distância, Ed. Unisinos, RS, 2006.

[10] RICE, W. R. Moodle - E-Learning Course Development, Packt Publishing, Birmingham, UK, 2006.

[1] WILD, I. Moodle Course Conversion, Packt Publishing, Birmingham, UK, 2008.

Índice Remissivo atividade tarefa, 2

Atividade off-line, 4 atividades, 2 avaliando tarefas, 4

Envio de arquivo único, 2

Modalidade avançada de carregamento de arquivos, 4 tarefa, 2 off-line, 4 avaliação, 4 envio de arquivo único, 2 modalidade avançada, 4 texto online, 2

Comentários