Crescimento e desenvolvimento infantil

Crescimento e desenvolvimento infantil

CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO INFANTIL

O que é crescimento?

O que é Desenvolvimento

Crescimento

  • O crescimento do ser humano é um processo dinâmico que ocorre a partir da concepção e continua até o final da vida.

  • É considerado como um dos melhores indicadores da saúde da criança.

Está relacionado à:

Fatores que influenciam o crescimento

  • Fatores Intrínsecos X Fatores Extrínsecos

Importante

  • Na criança menor de 5 anos, a influência dos fatores ambientais é mais importante do que a dos fatores genéticos.

Crescimento intra-útero e peso ao nascer

Crescimento intra-útero e peso ao nascer

  • O crescimento intra-útero representa o período de maior velocidade de crescimento: ao implantar-se no útero, o ovo já possui 150 células, sendo que na 8ª semana de gestação, já apresenta a forma humana com braços, pernas, coração, SNC.

O Peso ao nascer

  • É o indicador que melhor retrata a fase fetal. Peso ao nascer menor que 2.500g pode ser decorrente de prematuridade e/ou déficit de crescimento intra-uterino.

Fatores que interferem no peso ao nascer

Classificação de acordo com a idade gestacional

O crescimento pós-neonatal

  • É elevado até os dois anos de idade com declínio gradativo até os cinco anos.

Ganho de peso ponderal nos 2 primeiros anos de vida

  • Até 3 meses

  • De 3 a 6 meses

  • De 6 meses a 1 ano

  • De 1 a 2 anos

Ganho Ponderal Anual

  • De 2 a 3 anos

  • De 3 a 4 anos

  • De 4 a 5 anos

Calendário Mínimo de Consultas

O Cartão da Criança

O cartão da criança

  • É a forma mais adequada de acompanhamento do CD;

  • È recomendável que a criança tenha apenas um cartão;

  • É entregue nas maternidades e nas UBS;

  • Deve ser criteriosamente preenchido pelo profissional de saúde;

  • Possui informações importantes sobre a saúde da criança

A Curva de Peso

  • O gráfico Peso X Idade possui um eixo vertical ( peso ) e um eixo horizontal ( meses de vida);

  • As linhas que permeiam o gráfico são denominadas Percentil;

  • Para avaliação é necessário registro regular do peso/idade o qual deverá ser conferido mensalmente ou no mínimo de acordo com o calendário mínimo de consultas;

  • O peso deve ser registrado e os pontos ligados por um traço, formando assim a curva de peso.

A Curva de Peso

  • Quando o intervalo entre uma pesagem e outra for superior a 2 meses, os pontos devem ser interligados com uma linha tracejada;

  • Na primeira medição deve-se observar a posição do peso em relação aos Percentis.

  • O sentido da curva deve ser observado: ascendente, horizontal ou descendente.

Interpretação dos Percentis

  • Acima do 97

  • Entre 97 e 10

  • Entre 10 e 3

  • Entre 3 e 0,1

  • Abaixo do 0,1

Indicadores antropométricos complementares

  • Estatura/Idade: Indica déficit de estatura, sendo que a causa mais provável é a associação entre dieta deficiente e ocorrência de infecções pregressas (reflete o passado da criança);

  • Peso/Estatura: É importante para detectar deficiências recentes de peso ( desnutrição aguda e sobrepeso).

Indicadores antropométricos complementares

  • Perímetro Cefálico: Avalia o crescimento da cabeça nos dois primeiros anos de vida. A faixa de normalidade situa-se entre os Percentis 10 e 90. Índices fora da faixa de normalidade podem indicar microcefalia e macrocefalia.

O Desenvolvimento Infantil

  • É uma transformação complexa, contínua, dinâmica e progressiva, que inclui, além do crescimento, a maturação, aprendizagem e os aspectos psíquicos e sociais ( WINNICOTT, 1997);

  • É avaliado em estágios, ou seja, a maioria das crianças, em determinados períodos, desempenham tarefas específicas.

O Desenvolvimento Infantil

  • Uma tarefa de desenvolvimento é um grupo de habilidades e competências peculiares a cada estágio de desenvolvimento que as crianças devem realizar ou dominar para lidar efetivamente com seus ambientes.

Fatores de Risco

  • Fatores pré, peri, pos-natais;

  • Erros Inatos do Metabolismo;

  • Mal formações congênitas e síndromes;

  • Condições precárias de saúde;

  • Falta de recursos sociais e educacionais;

  • Falta de escolaridade dos pais / cuidador;

  • Estresses intra-familiares;

Padrões

  • O desenvolvimento segue padrões , mas é importante que cada indivíduo os realize de maneiras diferentes e em períodos diferentes;

  • Tendências direcionais do desenvolvimento: Em 1º lugar segue padrão céfalo-podálico, em 2º lugar segue tendência próximo-distal;

Padrões

  • Em 3º lugar segue tendência da diferenciação, ou seja, de operações simples para as mais complexas.

Períodos de Desenvolvimento por idade

  • Período da Infância: Do nascimento aos 12 meses

  • Consiste em um rápido desenvolvimento motor, cognitivo e social. A criança estabelece uma confiança básica no mundo , e é caracterizado por período de grandes ajustes físicos e à adaptação psicológica aos pais.

Períodos de Desenvolvimento por idade

  • Primeira Infância: De 1 a 6 anos ( Toddler de 1 a 3 anos e pré-escolar de 3 a 6 anos).

  • Do momento em que a criança fica em pé até entrar na escola é marcado por intensas atividades e descobertas. Crianças nessa idade adquirem linguagem e ampliam os relacionamentos sociais, ganham auto-controle e domínio.

Períodos de Desenvolvimento por idade

  • Meio da Infância: de 6 a 12 anos, também denominado como idade escolar.

  • É o período em que a criança é direcionada para longe do grupo familiar e centrada ao redor do mundo mais amplo dos relacionamentos com seus pares. Essa é uma fase crítica para o desenvolvimento do autoconceito.

Períodos de Desenvolvimento por idade

  • Fim da Infância: de 12 a 19 anos;

  • É um período turbulento de amadurecimento e mudanças rápidas, considerado um período de transição entre o fim da infância e a entrada no mundo adulto.

Comentários