(Parte 1 de 7)

Instituto Denver - Caixa Postal 37.791 Cep 2.642-970 Rio de Janeiro RJ Home page: w.institutodenver.com.br - E-mail: idenver@institutodenver.com.br

Curso de Ms-DOS - Volume 2 - PG. 1

Instituto Denver - Caixa Postal 37.791 - CEP 2.642-970 Rio de Janeiro – RJ w.institutodenver.com.br idenver@institutodenver.com.br

VOLUME 2

Instituto Denver - Caixa Postal 37.791 Cep 2.642-970 Rio de Janeiro RJ Home page: w.institutodenver.com.br - E-mail: idenver@institutodenver.com.br

Curso de Ms-DOS - Volume 2 - PG. 2

Instituto Denver - Caixa Postal 37.791 Cep 2.642-970 Rio de Janeiro RJ Home page: w.institutodenver.com.br - E-mail: idenver@institutodenver.com.br

Curso de Ms-DOS - Volume 2 - PG. 3

UNIDADE 3 - COMANDOS QUE OPERAM COM ARQUIVOS

Comando DIR

Referências genéricas - Máscaras

O comando TYPE O comando COPY

Comando DELETE ou ERASE

Comando RENAME

Comando Backup Comando RESTORE

Exibe os arquivos que estão em um diretório. SINTAXE: DIR d:<Arq> /p /w d: É o drive

<Arq> É o arquivo a ser procurado no diretório.

/p

Exibe uma página de cada vez (cada vez que a tela enche). Pede para digitar uma tecla para continuar.

/w Exibe apenas os nomes de arquivo em até cinco colunas.

EXEMPLO 1: Visualisar o conteúdo do disco que está no drive A: Solução A:\> DIR A:

TEST1BAS 5 1-01-80 2:38a
TEST2EXE 1 1-01-80 2:39a

Instituto Denver - Caixa Postal 37.791 Cep 2.642-970 Rio de Janeiro RJ Home page: w.institutodenver.com.br - E-mail: idenver@institutodenver.com.br

Curso de Ms-DOS - Volume 2 - PG. 4

TEST4BAS 3 1-01-80 2:39a
TEST5BAK 1 1-01-80 2:40a
TEST5BAS 1 1-01-80 2:40a
TESTEASM 1 1-01-80 2:41a
TESTEBAS 1 1-01-80 2:41a
TESTEBAK 1 1-01-80 2:45a
TESTEPAS 5 1-01-80 2:46a
10 File(s)349184 bytes free

Cada linha acima representa um arquivo. As primeiras duas colunas são os duas partes do nome do arquivo; a terceira coluna mostra o tamanho do arquivo em bytes. As duas últimas colunas mostram a data e a hora em que o arquivo foi criado ou alterado pela última vez. O cabeçalho contém o nome do volume. O dir exibe, também, o espaço livre do disco.

EXEMPLO 2 Verificar a existência do arquivo CONFIG.XYZ no drive A? Solução DIR A:CONFIG.XYZ Lembre-se que poderia ser abreviado apenas para DIR CONFIG.XYZ, já que A: é o drive corrente.

EXEMPLO 3

Verifique a existência do arquivo VENDAS.DOC no drive A Solução DIR A:VENDAS.DOC ou simplesmente DIR VENDAS.DOC

Volume in drive A is EMPRESA
Volume Serial Number is 1451-17F4

EXEMPLO 4 Listar o diretório horizontalmente, permitindo mostrar maior número de arquivos na tela. Solução DIR A:/W Directory of A:\

Instituto Denver - Caixa Postal 37.791 Cep 2.642-970 Rio de Janeiro RJ Home page: w.institutodenver.com.br - E-mail: idenver@institutodenver.com.br

Curso de Ms-DOS - Volume 2 - PG. 5

COMMAND.COMDISKCOPY.COM EDIT.COM EDIT.HLP
LABEL.EXEMODE.COM SYS.COM
7 file(s)171185 bytes
114688 bytes free

EXEMPLO 5 Apresentar o diretório uma tela de cada vez. Solução Dir C: /P

Cada linha é um arquivo. A extensão do arquivo identifica o tipo do arquivo. Se a extensão do arquivo é <DIR> isto significa que é um nome de diretório.

Volume in drive C is CME
Volume Serial Number is 18CE-9905
Directory of C:\CORRESP
<DIR> 07-21-92 10:57p
<DIR> 07-21-92 10:57p
CORBACK BAT102 07-21-92 1:02p
CORREST BAT40 07-21-92 1:02p
TRCLDOC 1024 06-18-92 8:54p
TRCLPLAN DOC11776 07-25-92 5:04p
TRIDDOC 66560 06-20-92 1:25a
TRIM08 DOC32256 07-25-92 5:31p
TRIM02 RES19968 07-25-92 5:39p
TRIM03 DOC25088 07-19-92 1:15p
TRIM04 DOC31744 07-19-92 6:04p

EXEMPLO 6 Exibir um diretório Solução dir Observe acima duas linhas especiais: Uma que inicia com "." e que indica o diretório-alvo do comando dir. Uma que inicia com ".." e que indica o diretório pai.

Instituto Denver - Caixa Postal 37.791 Cep 2.642-970 Rio de Janeiro RJ Home page: w.institutodenver.com.br - E-mail: idenver@institutodenver.com.br

Curso de Ms-DOS - Volume 2 - PG. 6

Espaço ocupado pelos arquivos

O MS-DOS aloca espaço á medida que você precise gravar mais informações em um arquivo. Assim a grande preocupação com o tamanho dos arquivos está relacionado com espaço livre no disco pois quando acaba o espaço em disco os programas não terminam adequadamente. O comando Dir exibe o espaço em disco.

Volume in drive A is BACKUP 001
Volume Serial Number is 1451-17F4
Directory of A:\
BACKUP 001200531 09-20-92 1:47a
CONTROL 001243 09-20-92 1:47a
2 file(s)200774 bytes
160768 bytes free

Observe na 3a. coluna o tamanho de cada arquivo. Na última linha, o número de arquivos e o espaço livre.

Esse problema se agrava porque muitos aplicativos usam arquivos de trabalho e geram arquivos de reserva. No caso de processadores de textos, se um arquivo ocupar 50 kbytes, o aplicativo usará, para rodar, 150 kbytes de área em disco. Ou seja: para operar sobre cada arquivo ele precisará do dobro da área que o mesmo ocupa. Usará uma parte para arquivo de trabalho e a outra para reserva (back-up), ao final.

Referências genéricas máscaras

as operações com grupos de arquivos. São as chamadas máscaras

O MS-DOS oferece facilidades que ajudam a consultar, renomear, apagar, enfim, fazer todas

Existem dois tipos de Máscaras : * e ?.

Máscara Asterisco ( * )

Substitui um conjunto de letras (qualquer quantidade) que aparece no local em que foi declarado. É geralmente usado para selecionar grupos de arquivos que tenham parte do nome iguais (extensão ou primeiro nome) e diferente número de caracteres. O asterisco é sinônimo de "TODOS".

Instituto Denver - Caixa Postal 37.791 Cep 2.642-970 Rio de Janeiro RJ Home page: w.institutodenver.com.br - E-mail: idenver@institutodenver.com.br

Curso de Ms-DOS - Volume 2 - PG. 7

EXEMPLO 1 Exibir todos os arquivos que têm como iniciais AUT

Solução dir AUT*.* EXEMPLO 2.

Em um disquete existem os arquivos AUTOEXEC.BAT e AUTRON.COB. Exibir todos arquivos com iniciais AUT e extensão BAT :

Solução Dir AUT*.BAT

(Parte 1 de 7)

Comentários