Preparo e diluição de solução - pratica V

Preparo e diluição de solução - pratica V

COLÉGIO DIRETRIZ

TÉCNICO EM BIOTECNOLOGIA

Laboratório de Química

Relatório

Disciplina: Química / Prática em laboratório

Turma: B Grupo: 2 Turno: noite

Professora: Camila

Data da experiência: 23/04/2010 Data da entrega: 04/05/2010

Experiência: Preparo e Diluição de Solução ( prática V )

Nome dos alunos (as):

Nota:

Aline A. Neves

Marilaine

Francisléa

Keila

1º MODULO/2010

I - INTRODUÇÃO:

A solução diluída é aquela que contém proporções relativamente pequenas de soluto, enquanto a concentrada contem proporções  relativamente maior. Soluções concentradas são somente possíveis quando o soluto é muito solúvel.

Hidróxido de Sódio (NaOH)

Também conhecido como soda caustica, é um hidróxido caustico usado na indústria principalmente como uma base química na fabricação de papel, tecidos, detergente e biodiesel. Apresenta ocasionalmente uso domestico para a desobstrição de encanamentos e sumidouros, pois dissolve gordura e sebo. É altamente corrosivo e pode produzir queimaduras, cicatrizes e cegueira devido à sua elevada reatividade. Reage de forma exotérmica com a água produzindo eletrolise de uma solução aquosa de cloreto de sódio, sendo produzido juntamente com o cloro.

Advertências:

Ingestão – pode causar danos graves e permanentes ao sistema gastrointestinal.

Inalação – irritação com pequenas exposições danoso ou mortal em altas doces

Pele – perigoso. Os sintomas vão desde irritação leves ate ulceras graves.

Olhos – perigoso. Podem causar queimaduras, danos à córnea ou conjuntiva.

O hidróxido e sódio (NaOH) não e uma substância primaria (substancia de concentração conhecida), pois não apresenta as propriedades desta substancias que é pouca higroxópicas e não reagem com o dióxido de carbono. Devido a este fato, é inútil uma pesagem rigorosa de NaOH, pois não se conhece a sua composição exata, nem a quantidade de água, que este contem. Para a realização da experiência de preparação e titulação de hidróxido de sódio e necessário seguinte material: balança analítica, bico de bunsem, copo de titulação, copo de precipitação, bureta de 25mL, conta gotas, frasco de polietileno de 1L, funil de vidro, papel de filtro.

II – OBJETIVO:

Preparar soluções diluídas de hidróxido de sódio e calcular a concentração comum, molar e volume intermediário de hidróxido de Sódio.

III – MATERIAL E METADOS:

  • MATERIAL USADO

    1. Becker: 1 000ml

    2. Pisceta

    3. Balão volumétrico

    4. Pipeta graduada: 10 ml

    5. Pêra

    6. funil

    7. Balança analítica

    8. espátula

    9. Bastão de vidro

  • REAGENTES

    1. Água (H2O): 1 000 ml ou 1L;

    2. Hidróxido de sódio (NaOH)

IV – PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL:

Utilizou-se para retirar 50 ml da solução NaOH a proveta, e para achar a exatidão de 100mL, trasferiu-se para o balão volumétrico. Lavou-se a proveta utilizando a pisceta 2 vezes, usou-se novamente o balão volumétrico 100mL e completou-se o balão volumétrico com a pisceta ate atingir o menisco. Para finalizar o procedimento, tampou-se o balão volumétrico para fazer-se a homogeneização da solução.

Da solução inicial serão obtidas quatro outras soluções, dissolvendo-se a mesma em 2x, 4x, 8x e 10x, utilizando-se do mesmo procedimento a cima para prepara as soluções diluídas.

V – RESULTADO E DISCURSSÃO:

  • Resultados:

  • Cálculos:

M = 2g de NaOH

V = 50 ml = 0,05L

MM = 23+16+1 = 40g/mol

Concentração comum (g/l)

C = m

V

C = 2

0,05

C = 40g/L

__________________________

50mL l__________ 2g

1000mL _______ x

X = 2000

50

X = 40ml

40g/L

Concentração Molar(mol/L):

C = m

MM . V

C = 2g

40g/L . 0,05

C = 2

2

C = 1

___________________________

1 mol _______ 40g

x mol _______ 40g

x = 40

40

x = 1

1mol/L

  • Cálculos de diluição:

Determine a concentração em g/l e mol/L do ácido clorídrico que se pretende diluir, usando a tabela apresentada. Não se esqueça de anotar neta mesma tabela os valores encontrados da concentração comum e a concentração molar de cada solução diluída.

Nº.de diluições

(nº. de vezes)

Concentração comum

(g/L)

Concentração molar

(mol/l)

Volume da solução intermediaria (mL)

Volume do balão (ml)

2

20

0,5

50

100

4

10

0,25

2,5

50

8

5

0,125

1,25

25

10

4

0,1

10

100

Formula: C1 . V1 = C2 . V2

1º) 2x:

40g/L . V1 = 20g/L . 100mL

V1 = 20 . 100

40

V1 = 2000

40

V1 = 50 ml

2º) 4x:

40g/L . V1 = 10g/L . 50mL

V1 = 10 . 10

40

V1 = 100

40

V1 = 2,5 mL

3º) 8x

40g/L . V1 = 5g/L . 10mL

V1= 5. 10

40

V1 = 50

40

V1 = 1,25 ml

4º) 10x

40g/L . V1 = 4g/L . 100mL

V1 = 4 .100

40

V1 = 400

40

V1 = 10 ml

Concentração molar:

1mol/L : 2 = 0,5 mol/L

1mol/L : 4 = 0,25 mol/L

1mol/L :8 = 0,125mol/L

1mol/L : 10 = 0,1 mol/L

  • Discurssão:

O procedimento do prepara da solução e a diluição da mesma não foi realizado pelos alunos e sim ministrado pela professora Camila. Sendo feito apenas o cálculos de concentração comum, molar e os cálculos das soluções diluídas 2x, 4x, 8x e 10x .

VI – CONCLUSÃO:

Ao se diluir um acido diminui a sua acidez (pH).

VIII – REFERENCIAS:

Site:

http://www.infopedia.pt/$solucao-de-naoh - Dia 28/04/10 as 09h30min

http://pt.wikipedia.org/wiki/Hidr%C3%B3xido_de_s%C3%B3dio - Dia 28/04/10 as 09h30min

Comentários