Atlas de Micologia

Atlas de Micologia

(Parte 1 de 3)

Atlas de micologia

Gilson Tavares de lima

Atlas de micologia Página 2

O diagnóstico de uma infecção fúngica é feito com a relação entre dados clínicos e laboratoriais. A análise inclui: visualização do fungo na amostra examinada por microscopia e cultura, detecção de anticorpos específicos e detecção de antígenos e metabólitos liberados pelo fungo nos líquidos corpóreos ou tecidos.

MICOLOGIA Página 3

Superficiais: Malassezia furfur Phacoannellomyces werneckii Trichosporon beigelli Piedraia hortae

Cutâneas: Trichophyton mentagrofhytes Trichophyton rubrum Trichophyton tonsurans Trichophyton schoenleinii Microsporum canis Microsporum gypseum Epidermophyton floccosum

Subcutâneas: Sporotrix schenkii Phialophora verrucosa Fonsecaea predosoi Fonsecaea compacta Cladosporium carrionii Rhinocladiella aquaspersa

Sistêmicas: Paracoccidioides brasiliensis Histoplasma capsulatum Blastomyces dermatididis

Oportunistas: Cândida sp Cryptococcus neorformans Aspergilus fumigatus Aspergillus niger Aspergillus flavus Aspergillus terreus Penicilluim, sp Rhizopus, sp Mucor, sp Absidia, sp

Atlas de micologia Página 4

Micoses superficiais

Micoses que desenvolvem alterações apenas na camada mais superficial do estrato córneo e não induz, na maioria das vezes, qualquer resposta inflamatória no hospedeiro.

Atlas de micologia Página 5

Mallassezia furfur Hifas flexuosas hialinas curtas e grossas com esporos arredondados, ovalados e agrupados em cachos. Sugestivo de Malassezia furfur.

Phacoannellomyces werneckii

Presença de hifas flexuosas septdas, ramificadas e fragmentadas (artroconídeos) de coloração acastanhada.Sugestivo de Phaeonnellomyces wernecki.

Forma microscópica Cultura Forma clínica

Forma microscópica Cultura Forma clínica

Atlas de micologia Página 6

Trichosporon beigelli

Laudo: Presença de pseudohifas, hifas septadas hialinas que e transformam em artroconídeos ovais ou retangulares.

Piedraia hortae

Laudo: Presença de hifas septadas com células de parede grossa com muito clamidoconídios intercalados. Sugestivo de Piedraia hortae

Forma microscópica Cultura

Cultura Forma clínica

Atlas de micologia Página 7

Micoses cutâneas

doençaA queratina, substância encontrada na

As micoses superficiais da pele, são infecções causadas por fungos que atingem a pele, as unhas e os cabelos. Os fungos estão em toda parte podendo ser encontrados no solo e em animais. Até mesmo na nossa pele existem fungos, sem causar superfície cutânea, unhas e cabelos, é necessária para estes fungos. Quando encontram condições favoráveis ao seu crescimento, como: calor, umidade, baixa de imunidade ou uso de antibióticos sistêmicos por longo prazo, estes fungos se reproduzem e passam então a causar doença. Existem várias formas de manifestação das micoses cutâneas superficiais, dependendo do local afetado e também do tipo de fungo causador da micose.

Atlas de micologia Página 8

Trichophyton mentagrofhytes Presença de hifas septadas hialinas, microconídeas agrupados em cachos, macroconídeos em forma de charuto, e hifas em espiral. Sugestivo de Trichophyton

Trichophyton rubrum

Presença de hifas septadas hialinas, microconídios em forma de lagrima em tirse, poucos macroconídeos multicelulares de paredes lisas em forma de lápis. Sugestivo de Trichophyton

Forma microscópica Cultura Forma clínica

Forma microscópica Cultura Forma clínica

Atlas de micologia Página 9

Trichophyton tonsurans

Presença de hifas hialinas septadas, microconídeos de diversos formas e tamanhos, principalmente claviformes ou em forma de balão, formando ângulo reto com as hifas. Macroconídios de parede grossa, clamidósporos intercalares ou terminais e hifas em raquete. Sugestivo de Trichophyton tonsurans.

Trichophyton schoenleinii

Laudo: Ausência de macroconídios e microconídios. Hifas terminam em candelabros fávicos. Sugestivo de Trichophyton schoenleinii.

Forma microscópica Cultura Forma clínica

Forma microscópica Cultura Forma clínica

Atlas de micologia Página 10

Microsporum canis Presença de hifas hialinas septadas, macroconídios fusiformes de parede rugosa, multicelulares (mais de 6 septos), com extremo distal muitas vezes curvo, poucos ou nenhuma microconídia. Sugestivo de Microsporum canis.

Microsporum gypseum Presença de macroconídios abundantes, simétricos, elipsoidais, de superfície rugosa, de parede relativamente delgada, com 4 a 6 septos, microconídios em forma de clava em pequena quantidade.

Forma microscópica Cultura Forma clínica

Forma microscópica Cultura Forma clínica

Atlas de micologia Página 1

Epidermophyton floccosum Presença de hifas hialinas septadas, ausência de microconídias, macroconídias septadas com 2 a 5 septos de paredes lisa, pirifomes em cachos ou dedo de luva. Sugestivo

Forma microscópica Cultura Forma clínica

(Parte 1 de 3)

Comentários