Enfermagem - Biossegurança no Centro Cirúrgico

Enfermagem - Biossegurança no Centro Cirúrgico

Exposição Ocupacional

  • Para os profissionais de saúde o maior fator de risco para adquirir o HIV e a Hepatite B e C é o contato com sangue no ambiente ocupacional

Reencapamento – este procedimento incorreto ainda é um dos principais (até 20% dos casos) responsáveis por exposições ocupacionais a material biológico no Brasil

  • Reencapamento – este procedimento incorreto ainda é um dos principais (até 20% dos casos) responsáveis por exposições ocupacionais a material biológico no Brasil

Procedimento de risco de acidente gravecolocação de tampa em tubo de vidro de coleta a vácuo (pode estourar).

  • Procedimento de risco de acidente gravecolocação de tampa em tubo de vidro de coleta a vácuo (pode estourar).

Fluxograma A

Inicio da quimioprofilaxia: até 48 horas após o acidente

  • Inicio da quimioprofilaxia: até 48 horas após o acidente

  • Medicamentos indicados: AZT, IND, 3TC

  • Tempo de administração: 4 semanas

Efeitos colaterais:

  • Efeitos colaterais:

    • AZT: anemia, leucopenia, dispepsia, cefaléia
    • 3TC: cefaléia, dispepsia, pancreatite, neuropatia periférica. IND: dispepsia, hiperbilirrubinemia, cefaléia, urolitíase, hematúria

Cuidados com o Acidentado

  • Evitar doações de sangue ou órgãos durante 6 meses após o acidente

  • Utilização de preservativos durante 6 meses após o acidente

  • Gravidez planejada, preferencialmente após 6 meses do acidente

Agentes Ambientais

  • São agentes presentes no ambiente de trabalho capazes de prejudicar a saúde e a integridade física dos funcionários

  • A gravidade é determinada pelo tempo de exposição, concentração e susceptibilidade individual

Agentes Químicos

  • Podem afetar o trabalhador através das vias: cutânea, digestiva e respiratória

  • Conseqüências:

  • Dermatites, irritações digestivas, deficiência respiratória, irritação das mucosas, etc.

Agentes Ergonômicos

  • São ligados à execução do trabalho

  • Conseqüências:

  • Lombalgia, desconforto, DORT, irritação, etc.

Agentes Físicos

  • São aqueles originados por fenômenos físicos e que afetam os trabalhadores através de vários agentes, tais como: ruídos, vibrações, temperaturas anormais, radiações, etc.

  • Conseqüência:

  • surdez, irritabilidade, queimaduras, artroses, etc.

Agentes de Acidentes

  • São diversificados e podem estar presentes em ferramentas defeituosas, máquinas, equipamentos, instalações ou parte destas.

  • Conseqüências:

  • lesões em geral

Agentes Biológicos

  • São microorganismos e animais que podem afetar os trabalhadores pelas vias: cutânea, digestiva e respiratória.

  • Conseqüências:

  • tuberculose, hepatite, febre amarela, AIDS, etc.

Recomendação Para Utilização de EPI

RADIOPROTEÇÃO

INTRODUÇÃO

  • Este treinamento visa orientar os enfermeiros que atuam no Centro Cirúrgico quanto à proteção radiológica. Não se pode trabalhar com radiação sem uma exposição parcial, ou sem permitir que alguma radioatividade seja liberada em sua vizinhança.

Sabe-se, entretanto, que existe uma determinada quantidade de radiação que pode ser tolerada, sem que sejam esperados danos físicos que superem os benefícios que sua utilização trará. Cabe, portanto, à ciência denominada radioproteção, proteger as pessoas, propriedades e o meio ambiente de doses de radiação consideradas prejudiciais, isto é intoleráveis.

  • Sabe-se, entretanto, que existe uma determinada quantidade de radiação que pode ser tolerada, sem que sejam esperados danos físicos que superem os benefícios que sua utilização trará. Cabe, portanto, à ciência denominada radioproteção, proteger as pessoas, propriedades e o meio ambiente de doses de radiação consideradas prejudiciais, isto é intoleráveis.

Átomo

  • Átomo

  • Configuração esquemática – sistema solar em miniatura

  • Núcleo – sol

  • Prótons – carga elétrica positiva e massa

  • Neutrons – carga elétrica neutra e massa

  • Elétrons - planetas – carga elétrica negativa e quase sem massa

  • . e-

Diâmetro do átomo 10 -8 cm

  • Diâmetro do átomo 10 -8 cm

  • Diâmetro do núcleo 10 -12 cm

  • Se ampliarmos o átomo até atingir o tamanho do mineirão, seu núcleo se apresentaria como uma bolinha de ping pong

Radiações

  • Radiações

  • São formas de energia que se transmitem pelo espaço como ondas eletromagnéticas ou, em alguns casos, de forma corpuscular.

Radiações

  • Radiações

  • Fazem parte do mundo em que vivemos. Sempre estivemos expostos a radiações visíveis e invisíveis provenientes dos corpos do universo.

  • Luz - visível

  • Calor - sensível

  • Raios ultravioleta e Raios X - não são visíveis nem sensíveis instantaneamente

PERIGO - NÃO PERCEPTÍVEL

  • O perigo de ocorrerem exposições despercebidas a radiações ionizantes reside no fato de que o organismo humano não possui mecanismo sensorial que permita detectá-las. Portanto, se não há percepção das radiações por parte dos trabalhadores, este não pode, naturalmente, evitá-las

Efeitos principais da absorção das radiações pelo organismo

  • Efeitos principais da absorção das radiações pelo organismo

  • Excitação

  • Ionização

Excitação

  • Excitação

  • R E . e-

Ionização

  • Ionização

  • +

  • . e-

  • R

Classificação das Radiações

  • Classificação das Radiações

  • Não Ionizantes - Excitação - aquecimento

  • Ionizantes - Ionização - Par iônico

Formas de proteção

  • Distância (1/d²) ;

  • Blindagem;

  • Tempo de exposição (<);

CNEN - Dose Anual

  • Trabalhador (controlado): 5 Rem / ano

  • Público: 0,1 Rem / ano

EFEITOS DA RADIAÇÃO

  • EFEITOS SOMÁTICOS

  • Produzem lesões nas células do indivíduo que foi irradiado, entretanto, estas lesões não são transmitidas hereditariamente.

  • CRÔNICO - baixas doses por longo tempo- Ex.Câncer de pele, anemia, leucemia, etc.

  • AGUDO - altas doses curto espaço de tempo. Ex. Náuseas, vômitos, diarréia, febre, sangramento, morte

EFEITOS DA RADIAÇÃO

  • EFEITO ESTOCÁSTICO

  • Aumenta o risco com o aumento da dose de exposição Ex: câncer

  • NÃO ESTOCÁSTICO

  • Se atingir a dose já ocorre o efeito - Ex: esterilidade 200 REM – homem e 100 REM - mulher

Monitoração individual de radiação através de dosímetro - No caso de utilização de avental plumbífero, o dosímetro deve ser colocado sobre o avental e o resultado da medição é dividido por 10 - Portaria 453/98 ANVISA, Ministério da Saúde

  • Monitoração individual de radiação através de dosímetro - No caso de utilização de avental plumbífero, o dosímetro deve ser colocado sobre o avental e o resultado da medição é dividido por 10 - Portaria 453/98 ANVISA, Ministério da Saúde

  • Exames periódicos semestrais

  • Rodízio

Comentários