Banco de questões

Banco de questões

(Parte 24 de 79)

concentrações:

A partir dessa curva pode-se es-

timar as temperaturas de ebulição

de soluções de outros sais. Uma

solução aquosa 2,0 mol/L de

MgCl 2 apresentará temperatura

de ebulição aproximadamente

igual a:

a) 105,0

b) 103,7

d) 101,2

e) 100,0

c) 102,3

13. U. Alfenas-MG O ácido acetilsalicílico é um analgésico que pode ser encontrado em

comprimidos ou em solução. Um comprimido analgésico tem massa de 500 mg, sendo

cerca de 90% constituído de ácido acetilsalicílico.

Sendo assim, qual o volume de uma solução de ácido acetilsalicílico a 2,5 mol/L que apre-

senta a mesma massa de ácido que esta presente em dois comprimidos de analgésico?

4

a) 4,0 mL b) 8,0 mL c) 2,0 mL d) 1,0 mL

Fórmula molecular do ácido acetilsalicílico: C8O2H7COOH

e) 6,0 mL

Massas molares (g/mol): C = 12; H = 1; O = 16

14. UERJ Um fertilizante de larga utilização é o nitrato de amônio, de fórmula NH 4 NO 3 .

Para uma determinada cultura, o fabricante re-

comenda a aplicação de 1 L de solução de ni-

trato de amônio de concentração 0,5 mol.L–1

por m 2 de plantação.

A figura abaixo indica as dimensões do terre-

no que o agricultor utilizará para o plantio.

A massa de nitrato de amônio, em quilogra-

mas, que o agricultor deverá empregar para fer-

tilizar sua cultura, de acordo com a recomen-

dação do fabricante, é igual a:

a) 120

b) 150

c) 180

d) 200

15. U. Caxias do Sul-RS Em algumas situações do dia-a-dia, pode-se perceber que a solu-

bilidade de uma substância numa massa fixa de solvente depende das condições do meio.

Em função desse fato, é possível construir quadros que relacionam a solubilidade de uma

substância a temperaturas diferentes.

Examine o quadro a seguir:

Após o exame do quadro, con-

Substância

Solubilidade em água (g/L)

sidere as afirmações:

40ºC

60ºC

I. A solução aquosa B, de con-

centração 488 g/L, deixa de

ser saturada quando aqueci-

da a 60ºC.

A

B

C

2.380

488

12

2.870

453

22

II. Nem todas as substâncias

são mais solúveis em água mais quente.

III. A uma dada temperatura, o coeficiente de solubilidade de um soluto é a quantidade

máxima que se dissolve numa quantidade padrão de solvente.

IV. A solubilidade de uma substância em determinado solvente independe da temperatura.

É certo concluir que:

a) apenas a I e a II estão corretas;

b) apenas a I e a III estão corretas;

c) apenas a II e a III estão corretas;

d) apenas a II e a IV estão corretas;

e) apenas a III e a IV estão corretas.

Voltar

QUÍMICA - Soluções

Avançar

GABARITO

IMPRIMIR

16. U. Caxias do Sul-RS Para preparar 400 cm3 de solução M/4, a quantidade necessária de

sulfato de amônio é:

a) 10,0 g

b) 11,2 g

c) 13,2 g

d) 15,3 g

e) 16,0 g

17. U. Católica-DF Com a Revolução Industrial, ocorreu no mundo inteiro um aumento

considerável da produção de CO2 pelas indústrias, automóveis, entre outros. Em função

disso, a concentração deste gás na atmosfera, nos dias de hoje, é muito maior do que há

100 anos. Supondo que a concentração deste gás na atmosfera no ano de 1900 era de

0,022 g por litro e que ocorreu um aumento de 55% da concentração do gás na atmosfera

nos dias de hoje, determine a concentração molar deste gás. Multiplique seu resultado

por 10 5 e considere somente números inteiros na resposta.

Dados: C = 12 O = 16

18. U. Católica-DF Uma solução é uma mistura homogênea constituída por soluto e sol-

vente. A concentração da solução pode ser expressa por várias unidades como: mol/L, g/

L, % (porcentagem) de soluto na solução e etc.

Baseado no texto e no problema a seguir julgue cada afirmativa, conforme Verdadeira

(V) ou Falsa (F).

Se em um recipiente de capacidade de 2 litros foram colocados 20 g de NaOH puro e

água suficiente para 1 (um) litro de solução podemos concluir que:

( ) Se aquecermos a solução acima até eliminarmos 500 mL de água a concentração

da solução aumenta.

( ) Se retirarmos uma alíquota (porção) de 200 mL da solução inicial, a concentração

da solução da alíquota fica reduzida a 1/5 da solução inicial.

( ) Se dobrarmos o volume da solução inicial com água, alteramos o número de mols

do soluto.

( ) Em 100 mL da solução inicial encontramos 2 g de NaOH.

( ) A solução inicial possui uma concentração de 10 gramas por litro.

19. Unifor-CE O gráfico seguinte dá a solu-

bilidade em água do açúcar de cana em fun-

ção da temperatura.

Adicionou-se açúcar a 100 g de água a

50ºC até não mais o açúcar se dissolver.

Filtrou-se a solução. O filtrado foi deixa-

do esfriar até 20ºC. Qual a massa aproxi-

mada de açúcar que precipitou (restou in-

solúvel)?

a) 100 g b) 80 g c) 50 g

d) 30 g

e) 20 g

20. UFBA O limite máximo de poluição do ar por monóxido de carbono, CO, é alcançado

quando a concentração desse gás atinge 4,6 x 10–2 g/m3 de ar. Considere a massa molar

média do ar (N 2 , O 2 ) 28,9 g.

Com base nessas informações e nos conhecimentos sobre soluções, fases da matéria e

constantes moleculares, pode-se afirmar:

01. CO, N 2 e O 2 formam uma solução.

02. CO é responsável pelo fenômeno da chuva ácida.

04. 1,0 x 1023 é o número de moléculas de CO por m3 de ar, no limite máximo de poluição.

08. CO (ponto de ebulição – 191,5 ºC) é separado do oxigênio (ponto de ebulição –

182,95 ºC), após liqüefeitos, por destilação fracionada.

16. A concentração de 2,0 x 10–6 mol/L de CO, no ar, ultrapassa o limite máximo de

poluição.

32. A densidade do CO em relação ao ar é, aproximadamente, igual a 1,0.

64. A concentração aproximada da solução resultante da mistura de 1,0m3 de ar conten-

do 4,6 x 10–2g de CO com 3,0m3 de ar contendo 6,6 x 10–2 g de CO/m3 é de 2,5 x 10–

g de CO/m3 de ar.

Dê, como resposta, a soma das alternativas corretas.

Voltar

QUÍMICA - Soluções

Avançar

IMPRIMIR

GABARITO

5

2

21. UFF-RJ Dissolveu-se 4,6 g de NaCl em 500 g de água “pura”, fervida e isenta de bac-

térias. A solução resultante foi usada como soro fisiológico na assepsia de lentes de

contacto.

Assinale a opção que indica o valor aproximado da percentagem, em peso, de NaCl

existente nesta solução.

a) 0,16 %

b) 0,32 %

c) 0,46 %

d) 0,91 %

e) 2,30 %

22. F.M. Itajubá-MG Num laboratório de análises clínicas A, determinou-se a taxa de gli-

cose sangüínea de uma paciente X, sendo igual a 80 mg/dL de sangue.

Ao paciente X, num laboratório B, foi lhe informado que sua taxa sangüínea de glicose é

de 4,44 mmol/L de sangue.

Concluímos que a taxa de glicose do paciente X é:

a) maior no laboratório A;

b) maior no laboratório B;

d) menor no laboratório B;

e) a mesma nos dois laboratórios.

c) menor no laboratório A;

Saiba que: C6H12O6 180 g

23. UFRS Soluções de uréia, (NH2)2CO, podem ser utilizadas como fertilizantes. Uma so-

lução foi obtida pela mistura de 210 g de uréia e 1.000 g de água. A densidade da solução

final é 1,05 g/mL. A concentração da solução em percentual de massa de uréia e em mol/

L, respectivamente é:

Percentagem

em massa

Concentração

em mol/L

a)

b)

c)

d)

e)

17,4%

17,4%

20,0%

21,0%

21,0%

3,04

3,50

3,33

3,04

3,50

24. UFSC Qual a massa de Na 2SO4, em gramas, necessária para preparar 100mL de uma

solução 3,50 molar? Qual o volume de água, em mL, necessário para diluir 10 mL desta

solução, transformando-a em 1,75 molar?

Some as respostas por você encontradas e arredonde o resultado para o inteiro mais

próximo.

25. UEMS Um laboratorista preparou uma solução de NaOH e outra de HCI ambas de

concentração aproximadamente 0,1 mol.L–1. A solução de NaOH foi padronizada com

um padrão primário e determinou-se que a molaridade real do NaOH era de 0,09 mol.L–

. Sabendo-se que na titulação de 5 mL de HCI, foram gastos 7 mL de NaOH padroniza-

do, a molaridade real do HCI é:

a) 0,064 mol.L –1

b) 0,071 mol.L–1

d) 0,126 mol.L–1

e) 1,26 mol.L–1

c) 0,140 mol.L –1

26. U. Católica-DF Na titulação de 40 ml de uma solução de soda cáustica (NaOH), de

concentração 3 mol/l, foi utilizada uma solução de ácido sulfúrico de concentração 1,5 mol/

l, de acordo com a equação química abaixo:

H2SO4 + 2 NaOH→ Na2SO4 + 2 H2O

Com base nessas informações, é correto afirmar que o volume, em litros, do ácido utili-

zado na titulação da soda cáustica, é:

a) 0,04 litros

b) 0,06 litros

c) 0,12 litros

d) 0,4 litros

e) n.d.a.

Voltar

QUÍMICA - Soluções

Avançar

GABARITO

IMPRIMIR

6

1

27. UEGO Para responder a questão abaixo, utilize (V) verdadeiro ou (F) falso.

( ) Na determinação da acidez de um suco de limão um analista gastou 50 mL de

solução 0,1 M de KOH, para neutralizar 10,0 mL da amostra. A molaridade do

suco de limão encontrado foi 0,5M.

( ) Uma solução de ácido clorídico 3,0 M foi transformada em outra solução mais

diluída por adição de água, conforme as figuras:

A molaridade resultante da solução final é 1 M.

( ) Uma solução de ácido carbônico de concentração igual a 124 g/L tem molaridade

igual a 2 M.

( ) Na preparação de 100 mL de solução aquosa 0,3 M de hidróxido de cálcio foi gasto

0,81 g de hidróxido de cálcio de concentração igual a 80%.

( ) O Ministério da Saúde estabelece que o teor de iodo no sal de cozinha (NaC1) deve

ser em torno de 40 - 60 mg/kg de sal para consumo humano. Se for adicionado 90

g de KIO3 a uma produção de 1000 kg de cloreto de sódio, essa quantidade atende-

rá as exigências do Ministério da Saúde.

28. UFMA O dióxido de enxofre é considerado um dos maiores poluentes industriais, e é

adicionado freqüentemente em sucos de frutas naturais, com a finalidade de eliminar

microorganismos e prevenir oxidações.

Assumindo que uma garrafa comum contém 500 mL de suco com um teor de 2,0 x 10 –3

mol/L de SO 2 , qual a massa de dióxido de enxofre no suco?

Dados: O = 16 u; S = 32 u

a) 64 mg

b) 1,0 g

d) 4,0 g

e) 4,0 mg

c) 1,0 mg

29. UFRN A concentração é uma característica importante das soluções e um dado necessá-

rio para seu uso no laboratório, na indústria e no cotidiano.

Abaixo, estão desenhados recipientes com os respectivos volumes de solução e massas

de hidróxido de sódio (NaOH).

I

II

III

IV

A solução cuja concentração molar é 1,0 mol/L está contida no recipiente:

a) I

b) II

c) III

d) IV

30. UFRJ Diluição é uma operação muito empregada no nosso dia-a-dia, quando, por exem-

plo, preparamos um refresco a partir de um suco concentrado.

Considere 100 mL de determinado suco em que a concentração de soluto seja 0,4 mol.L–1.

O volume de água, em mL, que deverá ser acrescentado para que a concentração do

soluto caia para 0,04 mol.L–1, será de:

(Parte 24 de 79)

Comentários