Aula Desenvolvimento humano, Desenv. Sustentavel, Desenv. humano e sustentavel

Aula Desenvolvimento humano, Desenv. Sustentavel, Desenv. humano e sustentavel

(Parte 1 de 3)

Desenvolvimento Econômico

Crescimento Econômico

Desenvolvimento Humano

Crescimento Econômico

É o aumento da capacidade de um país em fornecer bens e serviços às pessoas.

Conseguir esse aumento requer crescimento populacional (mais produtores e consumidores), maior produção e consumo por pessoa ou ambos. Medido normalmente pelo PIB.

Desenvolvimento Econômico

É a melhoria dos padrões de vida dos seres humanos proporcionada pelo crescimento econômico.

A ONU classifica o grau de desenvolvimento com base principalmente no grau de industrialização e no PIBper capita.

Desenvolvimento econômico

Crescimento da economia

+ melhoria do padrão de vida da população

Crescimento econômico: “Aumento da capacidade produtiva da economia, definida de forma per capita pela medição do PIB".

O termo Desenvolvimento surge no cenário mundial no período da primeira Revolução Industrial, no século

XVIII, associado à idéia de “progresso”, entendido como avanço técnico-científico e acúmulo de bens materiais.

Modelo de desenvolvimento é globalizado, centrado na variável econômica e baseado no uso intensivo da tecnologia, responsável por graves problemas ambientais e a ampliação das desigualdades sociais.

Como quantificar o desenvolvimento econômico

•Os modelos tradicionais de medição econômica–

Produto Interno Bruto(PIB), mede a receita total de uma determinada região. Leva em conta apenas os aspectos monetários. Não consegue abranger outros aspectos como a divisão igualitária dessa riqueza na sociedade e os impactos negativos no meio ambiente.

Produto interno bruto (PIB) –representa a soma em valores monetários de todos os bens e serviços de uma região (países, estados, cidades) durante um período determinado (mês, trimestre, ano, etc). Exclui produtos, serviços e danos à natureza; PIB percapita–valor médio do PIB, por habitante.

Desenvolvimento Humano

Desenvolvimento econômico –elevação progressiva da riqueza.

Desenvolvimento humano –elevação progressiva e participação das pessoas na riqueza.

Desenvolvimento Humano

•Construído no âmbito do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), no início dos anos 90. Compreende todas as potencialidades humanas em todas as sociedades e abrange o indivíduo em todas suas etapas de desenvolvimento.

•Expande o diálogo sobre o desenvolvimento, pois questiona as finalidades do crescimento econômico mais além do que os seus meios (crescimento do PIB). Interessa os ingressos econômicos, sua distribuição, e a satisfação das necessidades básicas como o total das aspirações humanas dos países.

Na estrutura de desenvolvimento humano, o desenvolvimento abrange o bem estar das pessoas e a expansão de suas capacitações e funcionamentos. A expansão da produção material é tratada como um meio e não como um fim.

O conceito de desenvolvimento se inspira nas metas de longo prazo de uma sociedade -desenvolvimento em torno das pessoas e não das pessoas em torno do desenvolvimento.

Combina os diferentes indicadores à esperança de vida, à educação, e à renda. O IDH representa na atualidade uma medida útil para enfocar os problemas do desenvolvimento de uma perspectiva mais humana, social e sustentável.

Não abrange todos os aspectos de desenvolvimento e não é uma representação da "felicidade" das pessoas, nem indica "o melhor lugar no mundo para se viver".

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) - Parte do pressuposto de que para aferir o avanço de uma população não se deve considerar apenas a dimensão econômica, mas também outras características sociais, culturais e políticas que influenciam a qualidade da vida humana.

Como quantificar o desenvolvimento humano

Critérios de avaliação Critérios de avaliação

Índice de educação

Para avaliar a dimensão da educação o cálculo do IDH considera dois indicadores. é a taxa de alfabetização de pessoas com 15 anos ou mais de idade —na maioria dos países, uma criança já concluiu o primeiro ciclo de estudos (no Brasil, o Ensino Fundamental) antes dessa idade. Por isso a medição do analfabetismo se dá, tradicionalmente a partir dos 15 anos. é a taxa de escolarização-somatório das pessoas, independentemente da idade, matriculadas em algum curso, seja ele fundamental, médio ou superior, dividido pelo total de pessoas entre 7 e 2 anos da localidade. Também entram na contagem os alunos supletivo, de classes de aceleração e de pósgraduação universitária, nesta área também está incluído o sistema de equivalências, apenas classes especiais de alfabetização são descartadas para efeito do cálculo.

Longevidade

O item longevidade é avaliado considerando a esperança de vida ao nascer.

Esse indicador mostra a quantidade de anos que uma pessoa nascida em uma localidade, em um ano de referência, deve viver. Ocultamente, há uma sintetização das condições de saúde e de salubridade no local, já que a expectativa de vida é fortemente influenciada pelo número de mortes precoces.

Renda

A renda é calculada tendo como base o PIB per capita(por pessoa) do país. Como existem diferenças entre o custo de vida de um país para o outro, a renda medida pelo IDH é em dólar PPC

(Paridade do Poder de Compra), que elimina essas diferenças.

Componentes do IDH

O IDH leva em conta três dimensões básicas da existência humana:

•uma vida longa e saudável

•o acesso ao conhecimento

•um padrão de vida digno

Estas três dimensões são mensuradas no IDH pelos seguintes indicadores:

esperança de vida ao nascer taxas de alfabetização e de matrícula

PIB per capita

██abaixo de 0,350

(Parte 1 de 3)

Comentários