Todos os tipos de sensores

Todos os tipos de sensores

(Parte 3 de 3)

As aplicações mais comuns para esses sensores são a detecção de movimento de partes mecânicas, tacômetros, controle de motores, etc.

Na figura 5 trazemos uma aplicação em que um sensor Hall é empregado para medir a velocidade de uma peça rotativa e fazer o controle de sua velocidade.

Figura 5 Exemplo dado de aplicação pela B Automação.

Os sensores Hall também são encontrados em magnetômetros, que são instrumentos que medem a intensidade de um campo magnético.

As configurações dos sensores normalmente são de tal maneira que eles formam uma ponte de Wheatstone. Na presença do campo magnético, essa ponte é desequilibrada, aparecendo assim uma tensão de saída.

Conclusão

O que vimos até aqui é apenas uma pequena parcela dos tipos de sensores que existem. Conforme explicamos na introdução, a quantidade de sensores com que pode contar o projetista de dispositivos que exijam esses sensores é muito grande.

Não incluímos sensores especiais como os de raios X, radiação nuclear, sensores para uso médico e hospitalar, eletrônica aeroespacial e muitos outros.

Como um pequeno tutorial, acreditamos que este artigo tenha sido de utilidade para os que desejam saber um pouco mais sobre os tipos mais comuns de sensores.

(Parte 3 de 3)

Comentários