550 questoes de Biologia

550 questoes de Biologia

(Parte 5 de 17)

4.Cefet-PREm uma floresta nativa há uma espécie de aranha que se alimenta de dípteros.

Estes sugam seiva das plantas. Aranhas e dípteros constituem alimentos de um sapo verde que lá vive, e este por sua vez é eventualmente predado por cobras.

Assinale a alternativa incorreta. a)A cobra ocupa dois níveis tróficos na cadeia proposta. b)O sapo ocupa mais de uma ordem como consumidor. c)A aranha é consumidora terciária. d)O díptero está no segundo nível trófico. e)A planta está no primeiro nível trófico.

45.Unifor-CEConsidere a teia alimentar abaixo.

Nessa teia, o organismo que ocupa maior número de níveis tróficos é: a)o sapod) o sabiá b)o gaviãoe) a aranha c)a cobra

46.UFRSConsidere as afirmações abaixo sobre os grupos das algas e do líquens.

I.As algas planctônicas marinhas constituem a principal fonte alimentar para a maioria dos animais que habitam as águas profundas.

I.O fitoplâncton é responsável por grande parte do oxigênio produzido pelos vegetais.

I.As algas e os líquens podem ser excelentes bioindicadores, respectivamente, da qualidade das águas e da qualidade do ar.

Quais estão corretas? a)apenas I;d) apenas I e I; b)apenas I;e) apenas I e I. c)apenas I;

BIOLOGIA - Energia no ecossistemaIMPRIMIR

VoltarGABARITO Avançar

47.UFRSUma cachorra que se alimenta de carne bovina está parasitada por vermes intestinais e pulgas. Esta cachorra amamenta seus filhotes recém-nascidos, os quais estão parasitados externamente por carrapatos.

Considerando apenas as relações tróficas descritas, podemos afirmar que: a)nenhum dos organismos citados ocupa um mesmo nível trófico; b)os vermes intestinais e os carrapatos ocupam o mesmo nível trófico; c)as pulgas e os carrapatos ocupam o mesmo nível trófico; d)a cachorra e os filhotes ocupam o mesmo nível trófico; e)os filhotes, os vermes intestinais e as pulgasocupam o mesmo nível trófico.

48.UFR-RJDurante muito tempo foi dito à comunidade brasileira que a Amazônia deveria ser preservada pois era o “Pulmão do Mundo”. Hoje sabe-se que essa afirmativa tinha mais cunho político do que embasamento ecológico, já que os organismos que poderiam ser denominados de “Pulmão do Mundo”, são as pequenas algas do fitoplâncton.

Justifique, segundo critérios fisiológicos, o porquê de a Amazônia não poder ser considerada o “Pulmão do Mundo”.

49.Unifor-CEAs figuras seguintes são três tipos de pirâmides ecológicas.

I I II A pirâmide de números e a pirâmide de energia que representam a cadeia alimentar capim → bois → carrapatos são semelhantes, respectivamente, a: a)I e Id) I e II b)I e Ie) I e I c)I e I

50.U.F. Pelotas-RS

“Fóssil de animal pré-histórico é encontrado no município de Santa Maria por equipe de paleontólogos alemães”.

Essa frase possivelmente apareceu nos maiores jornais do Estado, ao final dos anos vinte, com as primeiras descobertas paleontológicas de répteis no Estado. Ao analisarmos a quantidade de répteis fósseis no período Triássico do Rio Grande do Sul (180 milhões de anos), é possível notar que a maior parte deles é composta por dicinodontes e rincossauros, ambos herbívoros. São raríssimos os exemplares encontrados de tecodontes carnívoros.

A partir dessas informações, você poderia concluir que, nesse ecossistema pré-histórico:

a)o número de presas era menor que o de predadores, fato comum até mesmo nas cadeias alimentares atuais; b)o número de presas era maior que o de predadores, fato observado nas cadeias alimentares atuais; c)os dicinodontes e os rincossauros eram mais numerosos porque predavam os tecodontes; d)os tecodontes eram menos numerosos porque concorriam pelo mesmo alimento com os dicinodontes e os rincossauros; e)os rincossauros predavam os dicinodontes, concorrendo, assim, diretamente com os tecodontes, promovendo o declínio de sua população.

BIOLOGIA - Energia no ecossistemaIMPRIMIR

VoltarGABARITO Avançar

51.CesgranrioEm determinados mamíferos, como ariranhas e lontras, a contaminação de seus pêlos com o petróleo inviabiliza o controle térmico de seus corpos e impede-os de boiar. Também sofrem indiretamente por se alimentarem de outros animais contaminados. A constatação de presença destes mamíferos aquáticos em bom estado de saúde é um indicador de recuperação de ambientes onde ocorreram desastres ecológicos como aquele do texto acima.

Considere as afirmativas a seguir, a respeito das lontras e das ariranhas.

I.São produtores e, portanto, a sua presença permite a sobrevivência do restante da cadeia alimentar.

I.Servem de indicador de recuperação do ecossistema porque dependem do restante da cadeia alimentar.

I.Estão no topo da cadeia alimentar, e sua presença indica a recuperação de todo o ecossistema.

Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s): a)I, apenas;d) I e I, apenas; b)I, apenas;e) I e I, apenas. c)I e I, apenas;

52.PUC-RJO álcool e a gasolina são combustíveis que, em última análise, promovem a transformação da energia solar porque:

a)no refino de ambos, há a necessidade da energia do sol para transformação da energia química contida nas moléculas orgânicas; b)para a fabricação do álcool, é necessária a energia solar para fermentação da glicose, e o refino do petróleo é constituído de organismo vegetais fossilizados; c)o álcool provém de um vegetal fotossintético, e o petróleo é um combustível mineral; d)o álcool provém de um vegetal fotossintético, e o petróleo, de florestas fossilizadas; e)o álcool provém de um vegetal fotossintético, e o processo de fossilização do petróleo se dá em função de sua oxidação pela energia do Sol.

53.Unifor-CEConsidere a pirâmide de massa abaixo.

Com base nas informações que ela apresenta, pode-se afirmar que:

a)é necessária maior quantidade de massa no 1º nível trófico da cadeia alimentar para sustentar os outros níveis; b)ao longo da cadeia alimentar, acumula-se energia; c)corujas gastam mais energia no vôo do que ratos e texugos para se movimentarem em terra; d)na cadeia alimentar a massa dos ratos é igual à dos texugos que se alimentam deles; e)a massa de consumidores secundários é maior do que a de consumidores primários.

BIOLOGIA - Energia no ecossistemaIMPRIMIR

VoltarGABARITO Avançar

54.UFRS As matas ciliares, apesar de protegidas por lei, continuam sendo derrubadas para implantação de lavouras em áreas férteis, num procedimento que provoca inúmeras modificações ambientais.

Assinale a alternativa que apresenta corretamente algumas dessas modificações.

a)Aumento do número de espécies de angiospermas e da oferta alimentar para a ictiofauna.

b)Diminuição de processos erosivos e aumento da diversidade de nichos para a avifauna.

c)Diminuição do risco de agrotóxicos e adubos atingirem os cursos d’água e aumento do número de espécies de angiospermas.

d)Aumento da oferta alimentar para a ictiofauna e diminuição da exposição do solo aos processos erosivos.

e)Diminuição da diversidade de nichos para a avifauna e aumento do assoreamento dos cursos d’água.

5. Univali-SC

João cria, junto à loja, alguns porquinhos, para o consumo próprio. As instalações são construídas sobre água. As fezes dos suínos caem na lagoa, aumentando o plâncton. Preocupando com a limpeza da pocilga, João aplica, diariamente, creolina. Desinfetante, comumente utilizado em instalações animais, a creolina traz em sua composição uma substância tóxica, o creosol. Por ser lipossolúvel, o creosol se acumula nos organismos.

Organismos

Algas unicelulares Caramujo Traíra Carpa Chinesa João

Quantidade de creosol (mg/L)

(Parte 5 de 17)

Comentários