Circuitos eletricos pratica

Circuitos eletricos pratica

EletrônicaEletrônica básica - Prática Circuitos elétricos

Circuitos elétricos

SENAI-SP - INTRANET2

Circuitos elétricos © SENAI-SP, 2003

Trabalho editorado pela Gerência de Educação da Diretoria Técnica do SENAI-SP, a partir dos conteúdos extraídos da apostila homônima, Circuitos elétricos - prática, SENAI - DN RJ, 1984

CapaGilvan Lima da Silva DigitalizaçãoUNICOM - Terceirização de Serviços Ltda

SENAIServiço Nacional de Aprendizagem Industrial

Departamento Regional de São Paulo - SP Av. Paulista, 1313 – Cerqueira Cesar São Paulo – SP CEP 01311-923

Telefone Telefax SENAI on-line

E-mail

Home page

Senai@sp.senai.br http://www.sp.senai.br

Circuitos elétricos

SENAI-SP - INTRANET3

Sumário

Prática 5 Identificação de circuito elétrico9 Resumo 1 Referências bibliográficas 15

Circuitos elétricos SENAI-SP - INTRANET4

Circuitos elétricos

SENAI-SP - INTRANET5

Prática

Exercício 1

1. Qual é a condição fundamental para que um material seja bom condutor de eletricidade?

2. Por que os metais são bons condutores de corrente elétrica?

3. Qual é a condição fundamental para que um material seja isolante elétrico?

4. O que acontece na estrutura química de um isolante quando ocorre a ruptura dielétrica?

Circuitos elétricos

SENAI-SP - INTRANET6

5. Descreva rapidamente o significado dos gráficos abaixo:

Exercício 2 1. O que é circuito elétrico?

2. Quais os componentes essenciais de um circuito elétrico?

3. Qual é a finalidade de um consumidor de energia elétrica?

4. Como se denomina a parte da lâmpada que quando é incandescida gera luz?

5. O que acontece quando se introduz uma chave em um circuito elétrico (na posição desligada)?

Circuitos elétricos

SENAI-SP - INTRANET7

6. Dê os símbolos da pilha, condutor, lâmpada e chave (ou interruptor).

7. Por que não circula corrente elétrica em um circuito que tem um interruptor desligado?

8. O que estabelece o “sentido convencional” da corrente elétrica?

Circuitos elétricos SENAI-SP - INTRANET8

Circuitos elétricos

SENAI-SP - INTRANET9

Identificação de circuito elétrico

Objetivos • Exercitar a interpretação de circuito elétrico.

• Identificar os elementos de um circuito elétrico.

Lista de materiais • 1 prancheta didática

Interpretação de circuito elétrico

1. Faça o levantamento esquemático do circuito montado na prancheta e represente no espaço abaixo.

Identificação de elementos e funcionamento

1. Identifique os elementos do circuito elétrico representado acima colocando o número correspondente a cada um deles.

Fonte geradora (1) Carga ou consumidor (2) Condutores (3) Interruptores (4)

Circuitos elétricos

SENAI-SP - INTRANET10

2. Feche o interruptor o observe a lâmpada. O que acontece com a lâmpada quando o interruptor é fechado? Por quê?

Neste circuito está ocorrendo a transformação de energia elétrica em energia e térmica.

3. Represente no espaço abaixo o circuito elétrico com o interruptor fechado e indique o sentido da corrente elétrica.

Qual o nome dado ao sentido de corrente em que as cargas elétricas se movimentam do pólo positivo para o negativo?

Circuitos elétricos

SENAI-SP - INTRANET11

Resumo

Materiais condutores e isolantes

Materiais condutores

Os materiais condutores se caracterizam por permitir a existência de corrente elétrica toda a vez que se aplica uma ddp entre seus extremos.

Os bons condutores possuem um grande número de elétrons livres.

Quando mais elétrons livres existirem em um material, melhor condutor de corrente elétrica ele será.

Os melhores condutores (chamados de bons condutores) são os que apresentam menor resistência elétrica.

Eliminando a prata, que é um metal precioso, o cobre é o melhor condutor elétrico sendo muito utilizado para fabricação de condutores para instalações elétricas.

Materiais isolantes

Os materiais classificados de isolantes são os que apresentam grande oposição a circulação de corrente elétrica no interior da sua estrutura.

Os materiais isolantes tem poucos elétrons livres.

Ruptura dielétrica e o nome dado ao fenômeno pelo qual uma grande quantidade de energia transforma um material normalmente isolante em condutor.

Circuitos elétricos

SENAI-SP - INTRANET12

Gráficos energéticos dos materiais

O gráfico da figura abaixo mostra, que com uma pequena quantidade de energia aplicada a um material condutor os elétrons se liberam da banda de valência passando para a banda de condução onde se movimentam livremente.

Os elétrons se movimentam livremente nos metais quando estão na banda de condução.

O gráfico da figura abaixo mostra, através da banda proibida a grande quantidade de energia necessária para que um elétron passe da banda de valência para a de condução, rompendo, desta forma, a capacidade de isolação do material.

Circuitos elétricos

SENAI-SP - INTRANET13

Circuito elétrico

Circuito elétrico é o caminho fechado por onde circula a corrente.

Componentes de um circuito elétrico O circuito elétrico mais simples que se pode montar se constitui de três componentes: • Fonte geradora

• Carga

• Condutores

Nos circuitos elétricos, normalmente é adicionado um componente denominado de interruptor ou chave que exerce a função de comandar o seu funcionamento.

Simbologia dos componentes de um circuito

Designação Figura Símbolo Condutor

Cruzamento sem conexão

Cruzamento com conexão

Fonte, gerador ou bateria Lâmpada

Interruptor

Circuitos elétricos

SENAI-SP - INTRANET14

O sentido da corrente em um circuito elétrico

Sentido convencional • As cargas se movimentam do pólo positivo para o pólo negativo .

Sentido eletrônico • As cargas elétricas se movimentam do pólo negativo para o positivo.

Circuitos elétricos

SENAI-SP - INTRANET15

Referências bibliográficas

SENAI/DN. Circuitos elétricos, prática. Rio de Janeiro, Divisão de Ensino e Treinamento, 1984. (Série Eletrônica Básica).

Circuitos elétricos SENAI-SP - INTRANET16

Eletrônica básica

1. Tensão elétrica41. Diodo semi condutor 2. Corrente e resistência elétrica42. Retificação de meia onda 3. Circuitos elétricos43. Retificação de onda completa 4. Resistores44. Filtros em fontes de alimentação 5. Associação de resistores45. Comparação entre circuitos retificadores 6. Fonte de CC46. Diodo emissor de luz 7. Lei de Ohm47. Circuito impresso - Processo manual 8. Potência elétrica em C48. Instrução para montagem da fonte de C 9. Lei de Kirchhoff49. Multímetro digital 10. Transferência de potência50. Diodo zener 1. Divisor de tensão51. O diodo zener como regulador de tensão 12. Resistores ajustáveis e potenciômetros52. Transistor bipolar - Estrutura básica e testes 13. Circuitos ponte balanceada53. Transistor bipolar - Princípio de funcionamento

14. Análise de defeitos em malhas resistivas54. Relação entre os parâmetros IB, IC e VCE 15. Tensão elétrica alternada55. Dissipação de potência e correntes de fuga no transistor

16. Medida de corrente em CA56. Transistor bipolar - Ponto de operação 17. Introdução ao osciloscópio57. Polarização de base por corrente constante 18. Medida de tensão C com osciloscópio58. Polarização de base por divisor de tensão 19. Medida de tensão CA com osciloscópio59. Regulador de tensão a transistor 20. Erros de medição60. O transistor como comparador 21. Gerador de funções61. Fonte regulada com comparador 2. Medida de freqüência com osciloscópio62. Montagem da fonte de C 23. Capacitores63. Amplificador em emissor comum 24. Representação vetorial de parâmetros elétricos CA64. Amplificador em base comum 25. Capacitores em CA65. Amplificador em coletor comum 26. Medida de ângulo de fase com osciloscópio66. Amplificadores em cascata 27. Circuito RC série em CA67. Transistor de efeito de campo 28. Circuito RC paralelo em CA68. Amplificação com FET 29. Introdução ao magnetismo e eletromagnetismo69. Amplificador operacional 30. Indutores70. Circuito lineares com amplificador operacional 31. Circuito RL série em CA71. Constante de tempo RC 32. Circuito RL paralelo em CA72. Circuito integrador e diferenciador 3. Ponte balanceada em CA73. Multivibrador biestável 34. Circuito RLC série em CA74. Multivibrador monoestável 35. Circuito RLC paralelo em CA75. Multivibrador astável 36. Comparação entre circuitos RLC série e paralelo em CA76. Disparador Schmitt 37. Malhas RLC como seletoras de freqüências77. Sensores 38. Soldagem e dessoldagem de dispositivos elétricos 39. Montagem de filtro para caixa de som 40. Transformadores

Todos os títulos são encontrados nas duas formas: Teoria e Prática

Comentários