Manual de diluição de medicamentos

Manual de diluição de medicamentos

(Parte 1 de 2)

FLORIANÓPOLIS 2009

FLORIANÓPOLIS 2009

Diretora Geral: Profª. Drª. Marisa Helena César Coral Vice - Diretor: Prof. Dr. Felipe Felício Diretora de Medicina: Dra. Maria Léa Campos Diretora de Apoio Assistencial: Profª. Drª. Maria de Lourdes Rovaris Diretor de Administração: Adm. Nélio Francisco Schmitt Diretora de Enfermagem: Profª. Drª. Francine Lima Gelbcke

Elaboração:

Equipe Técnica: Zuleide Gonzaga da Silva Besen

Farmacêutica do Programa de Farmacovigilância/ NUVISAH/ HU/ UFSC – Contato: zubesen@yahoo.com.br Amanda Gabriela Machado Acadêmica do curso de Farmácia/UFSC - Estagiária do Programa de Farmacovigilância

Colaboração: Simone Vieira Costa Farmacêutica do Serviço de Farmácia/HU/UFSC

Realização: Núcleo de Vigilância Sanitária Hospitalar – NUVISAH

Programa de Farmacovigilância Contato: nuvisahu@hu.ufsc.br Fone: (48) 3721-9151 / 3721-9865

Bibliotecária responsável: Eva M. Seitz – CRB-14/719 - e-mail: biblioterapeuta@gmail.com

Besen, Zuleide Gonzaga da Silva

Manual de preparo e administração de antimicrobianos injetáveis. / Zuleide Gonzaga da Silva Besen; Amanda Gabriela Machado; colaboração de Simone Vieira Costa. – Florianópolis, 2009. 114 f.

1. Antimicrobianos injetáveis. 2. Preparo e administração de antimicrobianos. 3. Hospital Universitário. I. Machado, Amanda Gabriela. I. Costa, Simone Vieira. II. Título. CDD

O Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa

Catarina - HU/UFSC é um hospital integrante da Rede Sentinela, criada pela Anvisa para ampliar e sistematizar a vigilância de produtos utilizados em serviços de saúde, visando garantir melhores produtos no mercado e mais segurança e qualidade para pacientes e profissionais de saúde.

Com base nestas diretrizes, o HU/UFSC por meio do

Núcleo de Vigilância Sanitária Hospitalar (NUVISAH), desde 2003, vem desenvolvendo ações de melhorias nas áreas de Farmacovigilância, Tecnovigilância e Hemovigilância. No âmbito dos medicamentos, o Programa de Farmacovigilância participa desse contexto desenvolvendo um conjunto de atividades que visam minimizar os riscos inerentes ao uso de medicamentos na instituição.

A proposta de elaboração desse manual surgiu das idéias discutidas entre os membros que atuam junto ao NUVISAH, no que diz respeito aos cuidados em relação à segurança dos pacientes durante o processo da medicação e a importância do conhecimento nesse contexto.

Nesse sentido, o objetivo desse trabalho é fornecer aos profissionais de saúde informações claras e confiáveis para auxiliar nas etapas de dispensação, preparo e administração dos antimicrobianos padronizados no hospital, visando proporcionar maior segurança na realização desse processo.

As informações aqui apresentadas são destinadas para pacientes adultos e foram elaboradas com base na literatura científica e nas recomendações dos fabricantes, contidas nas bulas dos respectivos medicamentos.

Esperamos que esse manual possa servir de instrumento prático e útil no dia a dia dos profissionais de saúde que possuem interface com esse processo, proporcionando mais segurança em benefício dos pacientes hospitalizados.

Amp. Ampola DCBDenominação Comum Brasileira Fr. Frasco Fr-amp. frasco-ampola g Grama h Hora IM Intramuscular IV Intravenosa Mg Miligramas min. Minutos mL Mililitros SFSoro fisiológico SGSoro glicosado UI Unidade internacional Vol. Volume _Sem referência nas fontes consultadas

1 ACICLOVIR7
2 AMICACINA9
3 AMOXICILINA + CLAVULANATO DE POTÁSSIO1
4 AMPICILINA SÓDICA14
5 AMPICILINA SÓDICA + SULBACTAM SÓDICO18
6 ANFOTERICINA B2
7 AZITROMICINA24
8 AZTREONAM26
9 BENZILPENICILINA BENZATINA29
10 BENZILPENICILINA POTÁSSICA31
BENZILPENICILINA POTÁSSICA34
12 CEFALOTINA SÓDICA36
13 CEFAZOLINA SÓDICA39
14 CEFEPIMA42
15 CEFOTAXIMA SÓDICA45
16 CEFOXITINA SÓDICA48
17 CEFTAZIDIMA SÓDICA51
18 CEFTRIAXONA SÓDICA54
19 CEFUROXIMA SÓDICA58
20 CIPROFLOXACINO61
23 FLUCONAZOL69
24 GENTAMICINA71
25 LEVOFLOXACINO73
26 MEROPENÉM75
27 METRONIDAZOL79
28 OXACILINA81
30 SULFATO DE POLIMIXINA B86
31 SULFAMETOXAZOL + TRIMETOPRIMA8
32 VANCOMICINA91
REFERÊNCIAS94

1 ACICLOVIR

Nome genérico (DCB)Aciclovir Nome comercial (Fabricante)Genérico (Teuto); Ezopen® (Teuto); Zovirax® (GlaxoSmithKline) Apresentação e concentraçãoPó para solução injetável: Frasco-ampola de 250mg Vias de administraçãoIV

Infusão Lenta

Preparo e administração conforme a(s) via(s)

Reconstituição (diluente/volume) Fr-amp. 250 mg: água para injeção ou

SF0,9% - 10 mL (25 mg/mL)

IV Diluição SoluçãoSolução compatível

Vol. da solução250 a 500mg – 100mL Tempo de administraçãoMaior que 60 min

Aciclovir

Temperatura ambiente (15º C a 30ºC)

Geladeira (4ºC)

Anterior à reconstituição/diluiçãoSim-

EstabilidadeApós a reconstituição em água estéril para injeção ou SF 0,9% 12 h-

Após a diluição em solução compatível 12 h (Aciclovir e Ezopen®)

Soluções compatíveisSolução de Ringer + Lactato de sódio; SF0,9% SG5%: somente para Zovirax®

NÃO MISTURAR (entre si ou na mesma solução)

Medicamentos incompatíveis

EVITAR a administração, no mesmo horário ou simultaneamente na mesma via (em Y), com medicamentos contendo os seguintes princípios ativos: Cloridrato de ondansetrona; Fluidos biológicos; Cloridrato de dopamina; Cloridrato de dobutamina; Piperacilina sódica + Tazobactama sódica; Levofloxacino.

Recomendações complementares - Não refrigerar

2 AMICACINA

Nome genérico (DCB)Sulfato de Amicacina Nome comercial (Fabricante)Amicilon® (Ariston); Amikin® (Cibran);Novamin® (Novafarma).) Apresentação e concentraçãoSolução injetável: Ampola de 100 mg, 250 mg e 500 mg em 2 mL Vias de administraçãoIM/IV

Infusão Intermitente

Preparo e administração conforme a(s) via (s) IV Reconstituição (diluente/volume) -

Diluição Solução Solução compatível

Vol. da solução500 mg em 100 a 200 mL Tempo de administração30 a 60 minutos

Reconstituição - IMTempo de Administração-

Amicacina

Temperatura ambiente (15º C a 30ºC)

Geladeira (4ºC)

Anterior à reconstituição/diluiçãoSim-

EstabilidadeApós a reconstituição --

Após a diluição em solução compatível Até 24 h

Soluções compatíveisSF 0,9%; SG 5%; Solução de Ringer + Lactato de sódio. NÃO MISTURAR (entre si ou na mesma solução)

Medicamentos incompatíveis

EVITAR a administração, no mesmo horário ou simultaneamente na mesma via (em Y), com medicamentos contendo os seguintes princípios ativos: Aminoglicosídeos; Alopurinol; Propofol; Heparina; Penicilinas; Cefotaxima; Ceftriaxona sódica; Ceftazidima.

Recomendações complementares

- Não misturar na mesma ampola ou frasco para infusão com outros medicamentos.

3 AMOXICILINA + CLAVULANATO DE POTÁSSIO

Nome genérico (DCB)Amoxicilina + Clavulanato de potássio Nome comercial (Fabricante)Genérico (Cellofarm); Genérico(Ab Farmo); Doclaxin® (Ariston)

Apresentação e concentraçãoPó para solução injetável: Frasco-ampola de 500 mg + 100 mg (600mg) e 1 g + 200 mg (1,2 g)

Vias de administraçãoIV

Direta

Preparo e administração conforme a(s) via (s)

IVReconstituição (diluente/volume) Fr-amp. 600mg: água estéril para injeção -10 mL

Fr-amp. 1,2 g: água estéril para injeção -20 mL

Diluição Solução-

Vol. da solução- Tempo de administração3 a 4 minutos

Amoxicilina + Clavulanato de potássio Infusão Intermitente

Preparo e administração conforme a(s) via (s)

IVReconstituição (diluente/volume) Fr-amp. 600mg: água estéril para injeção: 10

Fr-amp. 1,2 g: água estéril para injeção: 20 mL

SoluçãoÁgua estéril para injeção ou SF0,9%

DiluiçãoVol. da solução 600 mg diluído em 50 mL

1,2 g diluído em 100 mL

Tempo de Administração30 a 40 minutos

Temperatura ambiente (15º C a 30ºC)

Geladeira (4ºC)

Estabilidade Anterior à reconstituição/diluição Sim -

Após a reconstituição 20 minutos- Após a diluição --

Amoxicilina + Clavulanato de potássio Soluções compatíveisSF 0,9%; Solução de Ringer + Lactato de Sódio; Solução de Ringer.

NÃO MISTURAR (entre si ou na mesma solução)

Medicamentos incompatíveisEVITAR a administração, no mesmo horário ou simultaneamente na mesma via (em Y), com medicamentos contendo os seguintes princípios ativos: SG5%; Bicarbonato de sódio; hemoderivados; emulsões lipídicas.

Recomendações complementares - A solução não deve ser congelada.

4 AMPICILINA SÓDICA

Nome genérico (DCB)Ampicilina sódica Nome comercial (Fabricante)Genérico (Teuto); Amplocilin® (Cellofarm); Amplatil® (Novafarma) Apresentação e concentraçãoPó para solução injetável: Frasco-ampola de 500 mg e 1 g Vias de administraçãoIV/IM

Direta

Preparo e administração conforme a(s) via (s) IV

Reconstituição (diluente/volume)

Fr-amp 500 mg:água estéril para injeção - 5 mL (C=100 mg/mL) Fr-amp 1g :água estéril para injeção - 7,4 mL (C=130 mg/mL) Genérico (TEUTO):

Fr-amp 500 mg:água estéril para injeção - 2mL (C=250 mg/mL)

Fr-amp 1g :água estéril para injeção - 3 mL (C=330 mg/mL)

Diluição Solução - Vol. da solução-

Tempo de administração 3 a 5 min (500 mg) 10 a 15 min (1 g)

Ampicilina sódica Infusão Intermitente

Preparo e administração conforme a(s) via (s) IV

Reconstituição (diluente/volume)

Fr-amp 500 mg: água estéril para injeção - 5 mL (C=100 mg/mL)

Fr-amp 1g: água estéril para injeção - 7,4 mL - (C=130 mg/mL) Genérico (TEUTO):

Fr-amp 500 mg: água estéril para injeção - 2mL (C=250 mg/mL)

Fr-amp 1g: água estéril para injeção - 3 mL - (C=330 mg/mL)

Solução SF 0,9% e água estéril para injeção

Diluição

Vol. da solução

diluir em 250 mL= 2mg /mL

Após reconstituição fr-ampola 500mg:

Após reconstituição fr-ampola 1g: diluir em 500mL = 2mg /mL

A concentração deverá estar entre 2 e 30 mg/ mL

Tempo de administração- 15

Ampicilina sódica Profunda

Preparo e administração conforme a(s) via (s) IM

Reconstituição (diluente/volume)

Fr-amp 500 mg: água estéril para injeção – 2 mL

Fr-amp 1g: água estéril para injeção - 4 mL Somente Genérico (Teuto) – utilizar 3mL

Tempo de administração-

Temperatura ambiente (15º C a 30ºC)

Geladeira (4ºC)

Estabilidade Anterior à reconstituição/diluição Sim -

Após a reconstituição 1h-

Após a diluição somente em SF 0,9% 8h 48h

Soluções compatíveisSF 0,9%; SG 5%; solução de Ringer + Lactato de sódio.

Ampicilina sódica

NÃO MISTURAR (entre si ou na mesma solução)

Medicamentos incompatíveisEVITAR a administração, no mesmo horário ou simultaneamente na mesma via (em Y), com medicamentos contendo os seguintes princípios ativos: Aminoglicosídeos; Fosfato de clindamicina; Gluconato de cálcio; Solução de Ringer; Bicarbonato de sódio.

Recomendações complementares - Diluir preferencialmente em SF 0,9%. Referências1 (p. 1478), 5 (p. 115-117), 6 (p. 141-158), 14, 15, 16 e 17.

5 AMPICILINA SÓDICA + SULBACTAM SÓDICO

Nome genérico (DCB)Ampicilina sódica + Sulbactam sódico

Nome comercial (Fabricante)Genérico (AB Farmo e Eurofarma); Combactan® (Bergamo); Unasyn® (Pfizer)

Apresentação e concentraçãoPó para solução injetável: Frasco-ampola de 1,0 g + 0,5 g e Frasco-ampola de 2,0 g + 1,0 g

Vias de administraçãoIV/IM

Direta

Preparo e administração conforme a(s) via (s)IV

Reconstituição (diluente/volume)

Unasyn®:

Fr-amp. 1,5 g: água estéril para injeção - 4 mL Fr-amp. 3,0 g: água estéril para injeção - 8 mL

Genérico (AB Farmo e Eurofarma) e Combactan®:

Fr-amp. 1,5 g: água estéril para injeção - 3,2 mL

Fr-amp. 3,0 g: água estéril para injeção - 6,4 mL

Ampicilina sódica + Sulbactam sódico

Diluição Solução -

Vol. da solução-

Tempo de administração Unasyn®: 10 a 15 min

Genérico (AB Farmo e Eurofarma) e Combactan®: 3 min

IV Infusão Intermitente

Preparo e administração conforme a(s) via (s)

Reconstituição (diluente/volume)

Unasyn®: - Fr-amp. 1,5 g: água estéril para injeção – 4 mL

- Fr-amp. 3,0 g: água estéril para injeção – 8 mL

Genérico (AB Farmo e Eurofarma) e Combactan®:

- Fr-amp. 1,5 g: água estéril para injeção – 3,2 mL

- Fr-amp. 3,0 g: água estéril para injeção – 6,4 mL Solução Solução compatível

DiluiçãoVol. da solução

100 mL A concentração deve estar entre 3 e 45 mg/mL

Tempo de administração15 a 30 min.

Ampicilina sódica + Sulbactam sódico

Profunda

Preparo e administração conforme a(s) via (s)

IMReconstituição (diluente/volume)

Fr-amp. 1,5 g: água estéril para injeção - 3,2 mL

Fr-amp. 3,0 g: água estéril para injeção - 6,4 mL

Tempo de administração-

Temperatura ambiente (15º C a 30ºC)

Geladeira (4ºC)

Estabilidade Anterior à reconstituição/diluição Sim -

Após a reconstituição 1h-

Após a diluição em água estéril para injeção e SF 0,9%

8h48 h (Unasyn® e Genérico

Eurofarma)

Soluções compatíveisÁgua estéril para injeção; SF 0,9 %; SG5%; Solução de Ringer +Lactato de Sódio.

Ampicilina sódica + Sulbactam sódico

NÃO MISTURAR (entre si ou na mesma solução)

Medicamentos incompatíveisEVITAR a administração, no mesmo horário ou simultaneamente na mesma via (em Y), com medicamentos contendo os seguintes princípios ativos: Aminoglicosídeos.

Recomendações complementares - Caso ocorra dor local pode-se usar uma solução de cloridrato de lidocaína 0,5% (sem epinefrina) em água estéril para injeção na reconstituição do pó.

- A solução não deve ser misturada com hemoderivados.

6 ANFOTERICINA B

Nome genérico (DCB)Anfotericina B Nome comercial (Fabricante)Anforicin B® (Cristália), Fungizon® (Bristol-Myers Squibb) Apresentação e concentraçãoPó para solução injetável: Frasco-ampola de 50 mg Vias de administraçãoIV

Infusão Intermitente

Reconstituição (diluente/volume) Água estéril para injeção – 10 mL (5 mg/mL)

Preparo e administração conforme a(s) via (s) IVSoluçãoSG 5%

Diluição

Vol. da solução

Após a reconstituição fr-ampola 50 mg: diluir em: 490 mL = 0,1mg/mL

A concentração deverá estar em 0,1mg/ mL

Tempo de administraçãoAproximadamente 2 a 6 h

Anfotericina B

Temperatura ambiente (15º C a 30ºC)

Geladeira (4ºC)

Estabilidade Anterior à reconstituição/diluição - -

Após a reconstituição

24 h (protegido da luz) 7 dias

(protegido da luz)

Após a diluição --

Soluções compatíveis - Medicamentos incompatíveis -

Recomendações complementares - Não usar na diluição álcool benzílico, SF 0,9% e outras soluções de eletrólitos.

- Deve ser protegido contra a luz durante a administração. Referências1(p. 1631-1633), 5(p. 110-112), 6 (p. 126), 2 e 23.

7 AZITROMICINA

Nome genérico (DCB)Azitromicina diidratada Nome comercial (Fabricante)Zitromax® (Pfizer) Apresentação e concentraçãoPó para solução injetável: Frasco-ampola de 500 mg Vias de administraçãoIV

Infusão Intermitente

Reconstituição (diluente/volume) Água estéril para injeção – 4,8 mL (100 mg/mL)

Solução Solução compatível

Preparo e administração conforme a(s) via (s)

IVDiluiçãoVol. da solução Diluir em 500 mL = 1 mg/mL

Diluir em 250 mL = 2 mg/Ml

A concentração deve estar entre 1 e 2 mg/mL

Tempo de administraçãoNo mínimo 60 min

Azitromicina

Temperatura ambiente (15º C a 30ºC)

Geladeira (4ºC)

Estabilidade Anterior à reconstituição/diluição Sim -

Após a reconstituição 24 h-

Após a diluição em soluções compatíveis 24 h7 dias

Soluções compatíveisSF 0,9%; SG 5%; Solução de Ringer +Lactato de sódio. Medicamentos incompatíveis -

Recomendações complementares

- Outras substâncias, aditivos ou medicações para administração intravenosa NÃO devem ser adicionados a essa solução, nem administrado simultaneamente por infusão na mesma linha intravenosa.

8 AZTREONAM

Nome genérico (DCB)Aztreonam Nome comercial (Fabricante)Azanem® (Biochimico); Azactam® (Pfizer) Apresentação e concentraçãoPó para solução injetável – Frasco-ampola de 1 g Vias de administraçãoIM/IV

Direta

Reconstituição (diluente/volume) Água estéril para injeção – 6 a 10mL

Diluição Solução -

IVVol. da solução-

Preparo e administração conforme a(s) via (s) Tempo de administração3 a 5 min

Infusão Intermitente

Reconstituição (diluente/volume) Água estéril para injeção –3 mL

Solução Solução compatível

DiluiçãoVol. da solução50 mL Tempo de administração20 a 60 min

Aztreonam Profunda

Preparo e administração conforme a(s) via (s)

(Parte 1 de 2)

Comentários