relatório (de estágio UnG)

relatório (de estágio UnG)

UNIVERSIDADE DE GAURULHOS

CAMPUS – CENTRO

Relatório de Estágio

Supervisionado - I

Fabiano Teixeira de Oliveira

Guarulhos – SP

Junho / 2010

Folha de Aprovação.

Relatório final de Estágio Supervisionado – I aceito em 10/06/2010 pelo abaixo assinado:

.

.

Antônio de Camargo Neto – Profº. Coordenador de Estágio na UnG

UNIVERSIDADE DE GAURULHOS

CAMPUS – CENTRO

Relatório de Estágio

Supervisionado - I

Aluno: Fabiano Teixeira de Oliveira

Profº. Coord.: Antônio de Camargo Neto

Curso: Química - Licenciatura Plena / Bacharelado

U.E : E.E Profº. José Veiga

Guarulhos – SP

Junho / 2010

UNIVERSIDADE DE GAURULHOS

CAMPUS – CENTRO

Relatório de Estágio

Supervisionado - I

- Objetivo.

Este relatório foi criado no intuito de registrar as atividades pedagógicas da U.E onde foi realizado o estágio, preferencialmente das que se referem à disciplina de química. E está relacionado com as observações de aulas teóricas e/ou práticas, estudadas ao decorrer do 1º semestre letivo de 2010 do ensino médio da escola E.E. Professor José Veiga, para o comprimento da disciplina de estágio supervisionado I com a orientação do Prof. Antonio de Camargo Neto.

Sumário

Introdução.....................................................................06

Aspectos relativos U.E......................................................07

Aspectos relativos ao Professor.........................................08

Aspectos relativos aos Alunos...........................................09

Complementos e impressão pessoais.................................10

Relato de Observações.....................................................11

Relato de Participações....................................................13

Introdução.

No período dedicado à disciplina de estágio supervisionado I, pude acompanhar como é ministrada atualmente as aulas para o ensino de química no ensino médio ( E.M ), na U.E ( E.E Profº José Veiga ), pública situada à Av. América 254, Guanabara / Guararema – SP.

Subsidiado pelo livro do professor fornecido pelo governo do estado a qual a U.E é registrada, as aulas seguem o roteiro sugerido sendo acrescido de informações adicionais de pesquisa feita pelo professor titular da U.E, literaturas disponíveis na biblioteca, e internet. A interação do professor com as salas de E.M é bastante amigável de forma a estimar-se que 95% dos alunos são interessados e participam efetivamente das aulas tanto teórica quanto prática.

Aspectos relativos a U.E

A E.E. Profº José Veiga, é constituída por uma área de aproximadamente 6.300 m2 e aproximadamente 3.350 m2 de área construída, onde no piso térreo estão locados: cozinha, refeitório, sala da direção / secretaria, biblioteca, banheiros privativos aos funcionários, banheiros de uso geral (Alunos), cantina, palco destinado a apresentações (pátio) e no primeiro andar 1 sala de coordenação pedagógica, 1 sala dos professores, 8 salas de aula, 1 sala de informática, 1 sala (depósito). Na parte externa 1 quadra poli – esportiva, 1 galpão para guardar recursos materiais, estacionamento privativo à funcionários, área verde (produção de hortaliças), e para manter essa estrutura em funcionamento adequado conta-se com 12 funcionários (operacional), 7 (administrativo) e 37 professores que atendem cerca de 608 alunos dos três período de funcionamento.

Aspectos relativos ao Professor.

O professor titular desta U.E é o Profº Luis Eduardo botassi, que é graduado em ciências biológicas, e foi indicado provisoriamente para as aulas de química pela DER - Jacareí pois como era recém formado não possuía pontuação adequada para manter-se como titular das aulas de biologia. Decidiu então apostar em um curso de extensão em química (prevendo que para aulas de biologia seria difícil), o qual o lhe dá direito a concorrer por estas aulas e assim ele se tornou titular, primeiro pela falta de professor da área de química e segundo pela conclusão da extensão que fez.

Conforme observado é um profissional da educação que se preocupa em transmitir o conteúdo programático, envolvendo algo a mais pesquisado por ele mesmo, algo mais que o diferencia, não se prendendo somente no caderno fornecido pelo estado. Nota-se também que é um profissional preocupado em transmitir um conteúdo bastante contextualizado, e que tem o costume de freqüentar as mesas dos alunos na intenção de tirar as dúvidas que surgem.

Com a aplicação de atividades e/ou trabalhos em grupos, ele faz questão que os alunos se interajam entre os grupos para alcançar uma convivência social ´´as vezes um aluno não conversa com o outro por não ter tido oportunidade assim eu faço essa ponte entre eles``. Apesar de não ser um profissional de vasta experiência, percebo que está preparado para desenvolver um bom trabalho que permita formar dos alunos em cidadãos preparados para dar continuidade aos estudos.

Aspectos relativos aos Alunos.

A modernidade já está espalhada por todos os cantos do estado, não havendo mais aquelas diferenças entre estudantes de uma cidade metropolitana ou de uma cidade de interior, em Guararema alguns estudantes do ensino médio já não se veste ou faz o mesmo corte de cabelo de sempre, tão pouco estão com partes de seu corpo da mesma forma que nasceu. São tatuagens, pircing, e alargadores nas orelhas que mutilam essas partes até então intactas, celulares e/ou Mp3’s tocando todos os tipos de músicas imagináveis, e assim novas modinhas são lançadas a cada semana. Ainda bem que não é maioria são apenas 5 ou 6% dos alunos que compõem os 3 níveis do ( E.M ) que acompanhei durante este semestre, esta porcentagem é pequena mas é preocupante porque se a cada ciclo formarmos de 5 a 6% de alunos que não estarão prontos para dar continuidade nos estudos esta preocupação se estende a diante, pois estarão com o futuro comprometido, e se já estão influenciado com pequenos absurdos que irão diferencia-los durante sua vida desde já, o resto é conseqüência da oportunidade.

Os demais alunos, demonstram estar preocupados com o que vem pela frente até porque se fazem presente nas aulas resolvendo os exercícios interpretando os textos solicitando ajuda para uma melhor concepção, fui bastante requisitado neste sentido o que me deixou contente e me fez olhar de forma diferente para a possibilidade de lecionar, com o pouco conhecimento que já adquiri poder ajudar alguém e esse alguém dizer ´´agora sim eu entendi`` é uma das melhores sensações que um profissional da educação tem com certeza.

Complementos e impressões pessoais.

Falando um pouco de tudo o que presenciei, é possível assegurar que a U.E tem uma boa infra-estrutura para acomodar seus alunos e profissionais, que nela garantem um bom rendimento das atividades que promovem desde projetos de incentivo relacionados a cultura como os de pesperctivas profissionais trazendo palestras que fala de profissões, ou de saúde e lazer.

Relato de Observações.

Durante o mês de fevereiro.

Alem de conhecer toda a estrutura da U.E acompanhei as aulas teórica dos 3 níveis do E.M, aulas estas ministrada pelo Profº Luis Eduardo Botossi, utilizando-se de recursos como quadro negro, giz, reto projetor, cópias xerocadas de materiais pesquisados que complementam o assunto da apostila ´´caderno do estudante``são aulas bastante contextualizada onde o Profº Luis tenta mostrar a química como algo simples de se entender diferente da idéia que muitos já tem concebida.

Na parte pedagógica o Profº Luis se comporta excelentemente bem, mas deixa a desejar um pouco por não tem conceitos fundamentados em química, de forma que ele me solicitou ajuda algumas vezes para concluir assuntos que estava comentando em aula com o assunto ( transformações química ).

Durante o mês de março.

Continuei a observação das aulas teóricas durante este mês e por trabalhar em uma empresa que comercializa reagente analíticos e matéria-prima em embalagens fracionadas para a indústria, pude junto com o Profº Luis desenvolver aulas práticas de Transformações química e também medição de densidade. Alem de colaborar na elaboração e aplicação de exercícios que envolveram estes assuntos.

Durante o mês de Abril.

Passei a auxiliar o Profº Luis em pesquisas de materiais relacionando o assunto da apostila, para complementar as aulas e também intensificar o atendimento de alunos durante as aulas preparando-os melhor para a prova , proporcionar recursos materiais que a U.E não possuía em seu laboratório para a realização de aulas práticas. As aulas seguem sempre no mesmo rítimo, o Profº Luis inicia a aula com o material paralelo e em seguida entra com a apostila do estado, para que os alunos possam responder o questionário interpretando o texto e este ser vistado conforme manda o regimento escolar.

Durante o mês de maio.

Sempre consciente de que sou um estagiário e que minha obrigação é auxiliar o Profº titular, assumi a responsabilidade de desenvolver um experimento de aula prática, sobre o assunto seguinte no cronograma ´´Condutibilidade elétrica de soluções`` conforme decorria as aulas teóricas no momento oportuno apresentei a idéia ao Profº que aprovou e teve também o aval da direção para execução deste experimento. E assim se concretizou esta idéia a qual tive a honra de apresentar aos alunos do 2º ano do E.M.

Após este experimento somente as observações continuaram com o atendimento dos alunos no desenvolvimento do relatório de aula prática e exercícios dos assuntos seguintes.

Relato de Participações.

As atividades de participação é um momento muito importante para o futuro professor, pois é onde ele percebe o quanto pode ser importante quando seus conhecimentos e sua forma de transmitir a informação, pode ajudar o próximo. Bem como também testar suas habilidades conforme a necessidade da situação.

Pude perceber em cada expressão durante as apresentações e/ou contato com os alunos, a forma que eles recebiam as informações processavam e as entendiam ou não, e como eu deveria melhorar as minhas explanações para que eles chegassem ao resultado esperado de entendimento do que estava sendo transmitido. Um aspecto bastante relevante que deve ser comentado sempre, é que nunca se deve impor autoritário perante os alunos, e sim se aproximar deles como colega de sala onde eles terão mais liberdade para levantar qualquer dúvida que eles não estejam entendendo, e aumentar o número de participação nas aulas.

Relato de Participações Escola da Família.

No programa escola da família, a primeira atividade foi realizada com o plantil de mudas, e conservação da área verde, foram plantadas mudas de Ypê amarelo e branco, revitalização do gramado, poda de Ficusbenjamini e também aproveitado pra darmos continuidade do projeto de coleta seletiva do bairro onde todos que quiserem levar o lixo reciclável a escola recolhe e depois doe para catadores que vendem para aumento de renda. Na segunda atividade aproveitamos para desenvolver uma palestra sobre sustentabilidade onde foi exibido um pequeno vídeo – História das coisas, http/www.youtube.com/historia+dascoisas/htm, e uma breve explanação em slides para concluir o entendimento.

A terceira participação, na escola da família fui convidado para auxiliar e instruir alunos de ensino fundamental no uso de computadores no laboratório de informática. A quarta participação foi de auxiliar e contribuir para o bom andamento do campeonato de futebol, vôlei e basquete ( práticas esportivas).

Relato de Participações Projetos da U.E ( Projeto Petrobras )

O projeto Petrobras trás a U.E a possibilidade de desenvolver o talento que existe em cada aluno na música, esporte, cultura ou aptidão profissional, tive a oportunidade de palestrar sobre a extração do petróleo em águas profunda, para a turma da 3ª série do ensino médio noturno após uma proposta de curso preparatório à candidatos a profissão de petroleiro.

14

Comentários