Aterro Sanitário

O aterro sanitário desempenha um papel de fundamental importância para a vida humana, pois é nele que são depositados todos os resíduos sólidos vindo de diversos locais. Assim passando por processos até ser finalizado.

  • O aterro sanitário desempenha um papel de fundamental importância para a vida humana, pois é nele que são depositados todos os resíduos sólidos vindo de diversos locais. Assim passando por processos até ser finalizado.

  • Contribuindo para a redução de lixo e proporcionando uma melhor qualidade de vida. A matéria orgânica contida nos resíduos urbanos sofre decomposição anaeróbica, gerando o biogás bruto. Para utilização desta fonte de energia, cuja combustão libera produtos tóxicos e poluentes.

Nele são dispostos resíduos domésticos, comerciais, de serviços de saúde, da indústria de construção, ou dejetos sólidos retirados do esgoto. São construídos, na maioria das vezes, em locais distantes das cidades. Isto ocorre em função do mau cheiro e da possibilidade de contaminação do solo e de águas subterrâneas.

  • Nele são dispostos resíduos domésticos, comerciais, de serviços de saúde, da indústria de construção, ou dejetos sólidos retirados do esgoto. São construídos, na maioria das vezes, em locais distantes das cidades. Isto ocorre em função do mau cheiro e da possibilidade de contaminação do solo e de águas subterrâneas.

  • Porém, existem, atualmente, normas rígidas que regulam a implantação de aterros sanitários. Estes devem possuir um controle da quantidade e tipo de lixo, sistemas de proteção ao meio ambiente e monitoramento ambiental.

É de fundamental importância, pois solucionam parte dos problemas causados pelo excesso de lixo gerado nas grandes cidades.

  • É de fundamental importância, pois solucionam parte dos problemas causados pelo excesso de lixo gerado nas grandes cidades.

  • Existem critérios de distância mínima de um aterro sanitário e um curso de água, uma região populosa e assim por diante. No Brasil, recomenda-se que a distância mínima de um aterro sanitário para um curso de água deve ser de 400M.

Dependendo do lugar, há alguns tipos específicos de aterro sanitário, tais como:

  • Dependendo do lugar, há alguns tipos específicos de aterro sanitário, tais como:

Aterros de resíduos sólidos urbanos Lixão Aterro controlado Aterro sanitário Bioreator Centrais de compostagem aterros de resíduos de construção.

  • ATERROS SANITARIOS INDUSTRIAIS

ATERROS NÃO CONTROLADOS

  • “Lixão”

  • Sem controle de acesso;

  • Sem controle de constituição de resíduo;

  • Sem controle de lançamento, compactação;

  • Sem sistemas de: Impermeabilização de base, Cobertura, Drenagem de gases;

ATERROS SANITÁRIOS

  • Acesso restrito

  • Controle da composição dos resíduos

  • Controle de lançamento e deposição

  • Sistemas de:Impermeabilização de base

  • Cobertura diária e final

Classificação dos resíduos destinados ao aterro sanitário:

  • Doméstico: gerado basicamente em residências;

  • Comercial: gerado pelo setor comercial e de serviços;

  • Industrial: gerado por indústrias;

  • Hospitalares: gerado por hospitais, farmácias, clínicas, etc.

  • Especial: podas de jardins, entulhos de construções e animais mortos.

E assim as principais técnicas de aterro sanitário compreendem:

  • Controle de deslocamentos verticais e horizontais;

  • Controle do nível e da pressão nos Líquidos e pressão de biogás no maciço do aterro;

  • Controle da descarga de líquidos percolados/lixiviador através de drenos;

  • Inspeções periódicas, buscando-se Indícios de erosão, trincas entre outros;

  • Controle tecnológico dos materiais de Construção empregados nas obras civis.

  • Vídeo

  • Maquete

  • PROJETO:

  • “A ENERGIA QUE VEM DO LIXO”

  • ENERGIA RENOVÁVEL

  • GÁS METANO

  • Objetivos

Objetivo Geral

  • Demonstrar quais são os benefícios e economias que uma energia renovável favorece para a empresa, para o meio ambiente e para a sociedade em geral. Geração de energia elétrica a partir do gás de aterros sanitários, pelo seu relativamente baixo custo de instalação e de operação, ainda mais que o retorno é elevado, baseado na eletricidade produzida, além dos efeitos ambientais.

Objetivos Específicos

  • Apresentar noções básicas de reaproveitamento de energia;

  • Demonstrar aspectos de energia renovável como o gás metano;

  • Efeitos de preservação ambiental;

  • Analisar a contribuição do uso do gás metano para energia elétrica e os benefícios ao meio ambiente e a sociedade num todo.

Justificativa

  • Onde não há certa conscientização acerca dos impactos ambientais que englobam a ação antrópica com relação ao lixo, este mesmo é depositado deliberadamente em um aterro sanitário, próprio para tal aproveitamento. Com isso, há liberação de gás metano (gás oriundo da decomposição de matérias orgânicas, extremamente poluente e tóxico).

  • Um dos aspectos negativos do gás metano é que ele participa da formação do efeito estufa, colaborando, desta forma, para o aquecimento global, e uma das maneiras de produzi-lo é a através decomposição do lixo orgânico.

O gás metano (CH4) é um dos principais agentes do efeito estufa. A queima desse gás para produção de energia impede a sua liberação na atmosfera, diminuindo assim a poluição do meio-ambiente e o aquecimento global, uma vez que este gás é considerado 21 vezes mais poluente que o gás carbônico.

  • O gás metano (CH4) é um dos principais agentes do efeito estufa. A queima desse gás para produção de energia impede a sua liberação na atmosfera, diminuindo assim a poluição do meio-ambiente e o aquecimento global, uma vez que este gás é considerado 21 vezes mais poluente que o gás carbônico.

METODOLOGIA

  • A partir do volume de resíduos sólidos acumulado, ou da taxa de carregamento anual do aterro sanitário, como podemos perceber no Aterro Sanitário Sul da Empresa Serrana LTDA, determina-se através de emissões gasosas do aterro, a quantidade de metano disponível. Com a quantidade de metano disponível, é possível calcular a quantidade de hidrogênio transformado e a conseqüente geração de energia elétrica.

O gás metano é extraído do aterro através de uma série de tubos perfurados no vácuo do sistema. Este sistema direciona os gases recolhidos para um ponto central onde podem ser processados e tratados, até a transformação do gás metano em energia mecânica a partir deste ponto, o gás pode ser queimado, usado para gerar eletricidade, substituir os combustíveis fósseis em processos industriais e operações de fabricação, ou adaptadas para gasoduto de qualidade onde o gás pode ser utilizado diretamente ou transformado em um veículo de combustível alternativo no caso a energia elétrica que nada mais é que a sua utilização final do gás.

  • O gás metano é extraído do aterro através de uma série de tubos perfurados no vácuo do sistema. Este sistema direciona os gases recolhidos para um ponto central onde podem ser processados e tratados, até a transformação do gás metano em energia mecânica a partir deste ponto, o gás pode ser queimado, usado para gerar eletricidade, substituir os combustíveis fósseis em processos industriais e operações de fabricação, ou adaptadas para gasoduto de qualidade onde o gás pode ser utilizado diretamente ou transformado em um veículo de combustível alternativo no caso a energia elétrica que nada mais é que a sua utilização final do gás.

Desenvolvimento

  • Projetos de energia de biogás gerar receitas provenientes da venda do gás. Neste caso o gás será de uso da empresa e de estabelecimentos próximos da produção, que farão o uso do biogás onde podem também criar postos de trabalho ligados à concepção, construção e operação de sistemas de recuperação de energia. Projeto de energia do biogás envolve engenheiros, construtoras, fornecedores de equipamentos e serviços públicos ou usuários finais da energia produzida. Grande parte desse custo é gasto localmente para perfuração, tubos, construção e pessoal operacional, ajudando as comunidades a perceber os benefícios econômicos de emprego.

Comentários