NBR 05733 - 1991 - Cimento Portland com Alta Resistencia Inicial - EB2

NBR 05733 - 1991 - Cimento Portland com Alta Resistencia Inicial - EB2

(Parte 1 de 2)

Copyright © 1990, ABNT–Associação Brasileira de Normas Técnicas Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados

Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 - 28º andar CEP 20003 - Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro - RJ Tel.: PABX (021) 210-3122 Telex: (021) 34333 ABNT - BR Endereço Telegráfico: NORMATÉCNICA

ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas

CDU: 6.942JUL./1991

Cimento Portland de alta resistência inicial

EB-2

Palavra-chave: Cimento Portland5 páginas

Origem: Projeto EB-2/91 CB-18 - Comitê Brasileiro de Cimento, Concreto e Agregados CE-18:101.01 - Comissão de Estudo de Especificações de Cimentos EB-2 - High early strength Portland cement - Specification Esta Norma substitui a EB-2/74

Especificação

Registrada no INMETRO como NBR 5733 NBR 3 - Norma Brasileira Registrada

SUMÁRIO 1 Objetivo

2 Documentos complementares 3 Definições 4 Condições gerais 5 Condições específicas 6 Inspeção 7 Aceitação e rejeição ANEXO - Critério de conformidade

1 Objetivo

Esta Norma fixa as condições exigíveis no recebimento do cimento Portland de alta resistência inicial (CP V - ARI).

2 Documentos complementares Na aplicação desta Norma é necessário consultar:

MB-1 - Cimento Portland - Determinação da resistência à compressão - Método de ensaio

MB-348 - Cimento Portland e outros materiais em pó - Determinação da área específica - Método de ensaio

MB-508 - Cimento Portland - Extração e preparação de amostras - Método de ensaio

MB-509 - Análise química de cimento Portland - Processos de arbitragem para determinação de dióxido de silício, óxido férrico, óxido de alumínio, óxido de cálcio e óxido de magnésio - Método de ensaio

MB-510 - Cimento Portland - Determinação de perda ao fogo - Método de ensaio

MB-511 - Cimento Portland - Determinação de resíduo insolúvel - Método de ensaio

MB-512 - Cimento Portland - Determinação de anidrido sulfúrico - Método de ensaio

MB-2295 - Cimento Portland comum e clínquer - Análise química por complexometria - Método de ensaio

MB-37 - Cimento Portland e matérias-primas - De- terminação de anidrido carbônico (CO2) por gasometria - Método de ensaio

MB-3432 - Cimento Portland - Determinação da finura por meio da peneira 75µm (nº 200) - Método de ensaio

MB-3433 - Cimento Portland - Determinação da água da pasta de consistência normal - Método de ensaio

MB-3434 - Cimento Portland - Determinação dos tempos de pega - Método de ensaio

MB-3435 - Cimento Portland - Determinação da expansibilidade de Le Chatelier - Método de ensaio

3 Definições

Para os efeitos desta Norma são adotadas as definições de 3.1 a 3.3.

2 EB-2/1991

3.1 Cimento Portland de alta resistência inicial

Aglomerante hidráulico que atende às exigências de alta resistência inicial, obtido pela moagem de clínquer Portland, constituído em sua maior parte de silicatos de cálcio hidráulicos, ao qual se adiciona, durante a operação, a quantidade necessária de uma ou mais formas de sulfato de cálcio. Durante a moagem é permitido adicionar a esta mistura materiais carbonáticos, no teor especificado em 4.2.

3.2 Clínquer Portland

Produto constituído em sua maior parte de silicatos de cálcio com propriedades hidráulicas.

3.3 Materiais carbonáticos

Materiais finamente divididos constituídos em sua maior parte de carbonato de cálcio

4 Condições gerais 4.1 Designação

O cimento Portland de alta resistência inicial é designado pela sigla CP V-ARI.

Nota: A designação ARI representa o mínimo de resistência à compressão aos 7 dias de idade, ou seja, 34,0 MPa.

4.2 Composição

A composição do cimento deve estar compreendida entre os limites fixados na Tabela 1.

Tabela 1 - Teores dos componentes do cimento Portland de alta resistência inicial

SiglaComponentes (% em massa)

Clínquer + sulfatosMaterial carbonático de cálcio

CP V-ARI100 - 950 - 5

4.3 Embalagem, marcação e entrega

4.3.1 O cimento pode ser entregue em sacos, contêiner ou a granel.

4.3.2 Quando o cimento é entregue em sacos, estes devem ter impressos de forma bem visível, em cada extremidade, a sigla CP V-ARI, com 60 m de altura no mínimo e, no centro, a denominação normalizada - nome e marca do fornecedor.

4.3.3 Os sacos devem conter 50 kg líquidos de cimento e devem estar íntegros na ocasião da inspeção e rece- bimento.

(Parte 1 de 2)

Comentários