composicao-quimica da celula 2010

composicao-quimica da celula 2010

  • BASES MACROMOLECULARES DA CONSTITUIÇÃO CELULAR

Biopolímeros - Proteínas

  • Biopolímeros - Proteínas

  • - Polissacarídeos

  • - Ácidos Nucléicos

  • Outros: Lipídios, água, sais minerais, vitaminas

Polímeros formados de monômeros semelhantes = Homopolímeros

  • Polímeros formados de monômeros semelhantes = Homopolímeros

  • Ex. glicogênio

  • Polímeros formados de monômeros diferentes = heteropolímeros

  • Ex. Ácidos Nucléicos

são macromoléculas formadas pela união de muitas unidades menores e semelhantes

  • são macromoléculas formadas pela união de muitas unidades menores e semelhantes

  • Os constituintes químicos das células podem ser divididos em 2 grupos:

  • inorgânicos – água e sais minerais;

  • orgânicos – glicídios, lipídios, proteínas, enzimas, ácidos nucléicos e vitaminas.

Água : cerca de 75 a 85% do peso de qualquer ser vivo, o resto é : proteínas(10 a 15%), lipídios (2 a 3%), glicídios (1%), ácidos nucléicos (1%), além de 1% de sais minerais.

  • Água : cerca de 75 a 85% do peso de qualquer ser vivo, o resto é : proteínas(10 a 15%), lipídios (2 a 3%), glicídios (1%), ácidos nucléicos (1%), além de 1% de sais minerais.

  • animais – 60% de água; 17% de proteínas; 12% de lipídios; 6% de glicídios; 4,5% de sais minerais.

  • vegetais-75% de água; 4%de proteínas; 0,5% de lipídios; 18% de glicídios; 2,5% de sais minerais

Da mesma forma, quanto mais trabalho a célula desenvolver, mais estará ela realizando hidrólise e, conseqüentemente, solicitando água.

  • Da mesma forma, quanto mais trabalho a célula desenvolver, mais estará ela realizando hidrólise e, conseqüentemente, solicitando água.

  • Dipolo

As moléculas de água apresentam dupla polaridade: podem se associar-se a moléculas de carga elétrica positiva quanto a moléculas de carga negativa.

  • As moléculas de água apresentam dupla polaridade: podem se associar-se a moléculas de carga elétrica positiva quanto a moléculas de carga negativa.

  • Sais, oses, proteínas, carboxila, hidroxila, e fosfato e muitas outras substâncias orgânicas apresentam afinidade pela água, dissolvendo-se nela=HIDROFÍLICA.

Gorduras e outras substâncias cujas moléculas não têm cargas elétricas, isto é, são apolares), não se dissolvem em água= HIDROFÓBICA

  • Gorduras e outras substâncias cujas moléculas não têm cargas elétricas, isto é, são apolares), não se dissolvem em água= HIDROFÓBICA

  • EX. Lipídios, parafinas e óleos

Anfipáticas = macromoléculas, alongadas, apresentam região hidrofílica e outra hidrofóbica.

  • Anfipáticas = macromoléculas, alongadas, apresentam região hidrofílica e outra hidrofóbica.

  • A) ligação forte – covalentes

  • B) ligação fraca – não covalente

  • Ex. pontes de hidrogênio

  • Ligações eletrostáticas

  • Interações hidrofóbicas

b- Sódio (Na), Potássio (K), Cloro (Cl) - importante no equilíbrio osmótico, agindo no funcionamento

  • b- Sódio (Na), Potássio (K), Cloro (Cl) - importante no equilíbrio osmótico, agindo no funcionamento

  • da membrana e no impulso nervoso. O Na regula a pressão do sangue. O K é a bateria de energia dentro da célula e na condução nervosa.

  • c- Iodo (I) – importante para o funcionamento da tireóide. Ë encontrado nos peixes e frutas. Estimula a glândula tireóide.

  •  

d- Ferro (Fe) – forma a hemoglobina dos glóbulos vermelhos. Ë encontrado nos feijão, espinafre, ostras, castanhas e carnes em geral.

  • d- Ferro (Fe) – forma a hemoglobina dos glóbulos vermelhos. Ë encontrado nos feijão, espinafre, ostras, castanhas e carnes em geral.

  • e- Flúor (F) – importante na formação dos ossos e do esmalte dos dentes.

  • f- Magnésio ( Mg )- faz parte da molécula de clorofila , ajuda os músculos a trabalhar.

g- Zinco (Zn) – participa da fabricação de insulina e de certas enzimas, estimula o crescimento e a cicatrização da pele. Encontramos nas carnes, frutos do mar, peixes, leite e ovos.

  • g- Zinco (Zn) – participa da fabricação de insulina e de certas enzimas, estimula o crescimento e a cicatrização da pele. Encontramos nas carnes, frutos do mar, peixes, leite e ovos.

  • h- Fósforo (P) – auxilia as células nervosas.

  • I- Cromo (Cr) – estimula a absorção da glicose.Importante para o metabolismo. Encontramos no queijo, aves, pimenta do reino e cereais.

  • j- Fosfato ( Po4) – forma os nucleotídeos.

  • Obtemos os sais minerais normalmente pela ingestão de água e de alimentos.

Principal fonte de energia da célula. São compostos de C,H e O.

  • Principal fonte de energia da célula. São compostos de C,H e O.

  • São polímeros de monossacarídeos ( são glicídios de longas cadeias ( polímeros), constituídos pela união de muitos monossacarídeo (monômeros)

    • São moléculas que desempenham uma ampla variedade de funções, entre elas:
      • Fonte de energia
      • Reserva de energia
      • Estrutural

são carboidratos formados a partir da reunião de 2 a 10 monossacarídeos (ligação glicosídica), nessa união, há perda de uma molécula de água.

  • são carboidratos formados a partir da reunião de 2 a 10 monossacarídeos (ligação glicosídica), nessa união, há perda de uma molécula de água.

  • Os mais importantes ligossacarídeos são os dissacarídeos.

  • Maltose = glicose + glicose; encontrada nos cereais.  

  • Lactose = glicose + galactose; encontrada no leite.  

  • Sacarose = glicose + frutose; encontrada na cana e na beterraba.  

  • Trissacarídeo: glicose + glicose + frutose = (beterraba).

São grandes moléculas de glicídios, formadas pela reunião de vários monossacarídeos.  

  • São grandes moléculas de glicídios, formadas pela reunião de vários monossacarídeos.  

  • Amido - produzido pelos vegetais; é formado por um grande número de moléculas de glicose; principal carboidrato de reserva dos vegetais.  

Glicogênio ( é um polissacarídeo de reserva animal. Armazenado nas células do fígado e dos músculos. Tem o papel energético) 

  • Glicogênio ( é um polissacarídeo de reserva animal. Armazenado nas células do fígado e dos músculos. Tem o papel energético) 

Celulose encontrada somente nos vegetais, fazendo parte da parede celular.

  • Celulose encontrada somente nos vegetais, fazendo parte da parede celular.

  • Quitina- presente na parede celular de fungos e no exoesqueleto de artrópodes.

Polissacarídeos complexos:

  • Polissacarídeos complexos:

  • Glicosaminoglicanos (GAG)

  • Glicoproteínas complexas ( Proteoglicanas)

Triacilgliceróis( triglicerídeos)- reserva de energia para o organismo.

  • Triacilgliceróis( triglicerídeos)- reserva de energia para o organismo.

  • Fosfolípidios –

  • Glicolipídios

  • Esteróides ( colesterol)

As proteínas podem apresentar uma estrutura primária (seqüência linear de a.a.), secundária ( forma de hélice), terciária (estrutura em hélice dobra sobre si mesma) e quaternária (associação de várias cadeias polipeptídicas).

  • As proteínas podem apresentar uma estrutura primária (seqüência linear de a.a.), secundária ( forma de hélice), terciária (estrutura em hélice dobra sobre si mesma) e quaternária (associação de várias cadeias polipeptídicas).

  • “Polímero de aminoácidos” e que tenha peso superior a 6000 Dalton.( 1 dalton é igual à massa de um átomo de hidrogênio.

Aminoácidos essenciais: o organismo consegue fabricar em seu próprio corpo:

  • Aminoácidos essenciais: o organismo consegue fabricar em seu próprio corpo:

  • Leucina, isoleucina, valina, triptofano, metionina, fenilalanina, treonina e lisina

  • (a histidina é um aminoácido essencial na infância, sendo que mais tarde passa a ser sintetizada em nosso organismo).

  • Aminoácidos não-essenciais: (deve ser obtido por meio da alimentação)

  • Alanina, arginina, ácido aspártico, aspargina, ácido glutâmico, cistina, cisteína, glicina, glutamina, hidroxiprolina, prolina, serina e tirosina

Vários aminoácidos unidos por ligações peptídicas formam uma macromolécula denominada polipeptídeo. Uma molécula de proteína pode ser formada por apenas uma cadeia polipeptídica, como é o caso da albumina, presente na clara do ovo,

  • Vários aminoácidos unidos por ligações peptídicas formam uma macromolécula denominada polipeptídeo. Uma molécula de proteína pode ser formada por apenas uma cadeia polipeptídica, como é o caso da albumina, presente na clara do ovo,

Primária : seqüência linear de aminoácidos.É mantida por ligações peptidicas.

  • Primária : seqüência linear de aminoácidos.É mantida por ligações peptidicas.

É a disposição espacial que adquire a espinha dorsal da cadeia polipeptídica.É mantida por pontes de hidrogênio.

  • É a disposição espacial que adquire a espinha dorsal da cadeia polipeptídica.É mantida por pontes de hidrogênio.

Terciária:refere-se ao enovelamento global da cadeia de proteína.A fita protéica dobra-se várias vezes sobre si mesma.Dando à molécula um aspecto globular.

  • Terciária:refere-se ao enovelamento global da cadeia de proteína.A fita protéica dobra-se várias vezes sobre si mesma.Dando à molécula um aspecto globular.

Quando é formado pela associação de duas ou mais segmentos protéicos. É mantida principalmente por ligações iônicas, pontes de hidrogênio e por interações do tipo hidrofóbico.Ex. hemoglobina humana

  • Quando é formado pela associação de duas ou mais segmentos protéicos. É mantida principalmente por ligações iônicas, pontes de hidrogênio e por interações do tipo hidrofóbico.Ex. hemoglobina humana

Existem as moléculas de chaperones que são responsáveis pela estruturação da forma tridimensional das proteínas.

  • Existem as moléculas de chaperones que são responsáveis pela estruturação da forma tridimensional das proteínas.

ácidos desoxirribonucléicos (DNA),

  • ácidos desoxirribonucléicos (DNA),

  • ácidos ribonucléicos. (RNA).

  • Cada nucleotídeo compõe-se:

  • radical fosfato,

  • Pentose

  • base nitrogenada.

  • As bases nitrogenadas são de 2 tipos:

  • .

  • Bases Púricas - compreendem: adenina (A); guanina (G) ambas encontradas tanto no DNA como RNA.

  • Bases Pirimídicas - compreendem: citosina ( C ); timina (T); uracila (U); A citosina existem nos DNA e RNA; Timina (T) existe no DNA e Uracila (U) existe no RNA.

O DNA é formado por duas cadeias de polinucleotídeos enroladas em hélice e ligadas uma à outra por pontes de hidrogênio.

  • O DNA é formado por duas cadeias de polinucleotídeos enroladas em hélice e ligadas uma à outra por pontes de hidrogênio.

  • A pentose no DNA é a desoxirribose.

  • As bases nitrogenadas são: adenina (A), guanina (G), citosina (C) e timina (T).

  • O DNA é capaz de se autoduplicar. Essa duplicação é semiconservativa.

1) Mensageiro

    • 1) Mensageiro
      • transfere a informação contida nos genes para as seqüências de aminoácidos que vão formar as proteínas. São os códons.
    • 2) Transportador
      • Anticódons
      • 70 a 90 nt. Liga-se ao aa
      • cada aa possui um RNAt específico (anticódon) complementar ao RNAm (códon)

3) Ribossômico:

    • 3) Ribossômico:
    • tradução genética
    • responsável pela síntese protéica
    • sintetizado no nucléolo
    • facilita reconhecimento códon e anticódon e auxilia ligação dos ribossomos ao DNA
  • Ribossomos = RNA r + proteínas

Comentários