O Núcleo da Célula

O Núcleo da Célula

O NÚCLEO DA CÉLULA

- Principal característica que distingue uma célula eucariótica

- Funções :

  • contém a informação genética (DNA)

  • controla o metabolismo celular (transcrição e tradução)

  • divisão celular

  • Ciclo Celular :

Interfase + divisão

  • Localização: geralmente no centro, pode ser encontrado na posição basal, ou periférico (células vegetais).

  • Quantidade de núcleos: geralmente um, porém células hepáticas e fibras musculares esqueléticas – dois.

  • Forma: geralmente acompanha a forma da célula

  • Tamanho: varia de acordo com o metabolismo e com o conteúdo DNA

NÚCLEO INTERFÁSICO

Constituição :

- envoltório nuclear (carioteca)

- nucleoplasma (cariolinfa)

- cromatina

- nucléolo

  1. ENVOLTÓRIO NUCLEAR

- Separa o núcleo do citoplasma, permite o acesso ao material genético

- Constituição: 2 unidades de membranas concêntricas – membrana interna (contato com o nucleoplasma) e

membrana externa (possui ribossomos e dá origem ao RER)

-Composição química: lipoprotéica - 30 % lipídios e 70 % PTN

- Apresentam poros (complexos de poros) : regulam o trânsito de macromoléculas entre o núcleo e o citoplasma.

- A quantidade de poros  de acordo com a atividade metabólica

ex.: cel. embrionárias (poros)  eritrócitos nucleados

- Trânsito de moléculas pelos poros se dá por: transporte passivo (mol. menores) ou transporte ativo (proteínas e RNAs- mol grandes

-OBS.: As proteínas próprias do núcleo (DNA e RNA polimerases) são sintetizadas no citoplasma com sinais de localização nuclear (marcadas) – gasta energia (ativo)

* Transporte: citoplasma  núcleo

-os sinais + receptores de importação = IMPORTINA

* Transporte : núcleo  citoplasma

-RNAs + receptores de exportação = EXPORTINA

- Lâmina nuclear = rede protéica (superfície interna) que confere forma e estabilidade ao envoltório nuclear e também é responsável pela ligação das fibras cromatínicas ao envoltório

  1. NUCLEOPLASMA

- Solução aquosa de proteínas (enzimas : DNA e RNA polimerase, helicases) , RNAs, nucleosídeos, nucleotídeos e íons onde estão mergulhados os nucléolos e a cromatina.

  1. CROMATINA (DNA + proteínas)

- Corada (corante básico) e visível ao MO

- organização dinâmica – altera de acordo com a fase do ciclo celular e com o grau de atividade.

- Núcleo interfásico = compactada ou descompactada

-Núcleo em divisão = altamente compactada (cromossomos)

- a disposição da cromatina e seu grau de condensação  em cada tipo de célula. A mesma célula pode apresentar vários graus de condensação, depende do estágio funcional e o estado de diferenciação em que se encontra.

-Constituição : DNA + Proteínas + peq. Quantidade de RNA

 espécie histonas e não-histonas

-Histonas = são proteínas estáveis, baixo peso molecular, forte caráter básico (+). Ligam-se ao DNA e tem função de compactar a cromatina. Tipos : H1, H2A, H2B, H3, H4

- Proteínas Não –Histonas = participam da estrutura dos cromossomos (compactação do DNA), do processo de replicação e reparo do DNA (DNA polimerase, helicase) e da ativação e repressão gênica (reduz a compactação do DNA e ativa a transcrição)

- ESTRUTURA MOLECULAR DA CROMATINA

- unidade estrutural básica = nucleossomo (200pb DNA)

Centro do nucleossomo + segmento do DNA ligação

- Compactação:

1°) fibras cromatínicas = conj. nucleossomos (colar de contas)

2°) fibras de 30 nm = H1 + DNA ligação, associa os nucleossomos em ziguezague.

CROMATINA E EXPRESSÃO DA INFORMAÇÃO GENÉTICA

- Gene= sequência de nucleotídeo DNA que é expresso em um produto funcional.

- Genoma= possui grande quantidade de DNA que não são convertidos em produtos funcionais (não codificadores)

éxons: codificadores / íntrons : não codificadores

ESTADOS FUNCIONAIS DA CROMATINA

Identificada pelos diferentes estados de compactação :

  • Heterocromatina = nível maior de compactação, não é transmitida (inativa). Tipos :

  • heterocromatina constitutiva: sequencias gênicas repetitivas que nunca são transcritas.ex: centômero

  • heterocromatina facultativa: apresentam condensada em algumas células e em outras não. Ex: cromossomo X

  • Eucromatina = existem duas formas:

  • 10% cromatina ativa (menos condensada), o DNA pode ser transcrito (interfase)

  • 90% cromatina inativa

  1. NUCLÉOLO

-Estruturas nucleares esféricas não envolvidas por membranas, facilmente observado ao MO.

-O tamanho está relacionado com a intensidade da síntese protéica. Ex.: cel. secretoras e que reproduzem muito  nucléolo.

-Participam da transcrição dos RNAr e da montagem das subunidades ribossômicas.

Comentários