Introdução Ciência da Computação - Conceitos básicos da linguagem Pascal

Introdução Ciência da Computação - Conceitos básicos da linguagem Pascal

(Parte 1 de 5)

13

Introdução à Ciência da Computação - Notas de Aula 2

Capítulo 2 – Conceitos Básicos da Linguagem Pascal

0. Sumário

1. Características da linguagem Pascal

2. Estrutura de um programa Pascal

3. Variáveis e seus tipos básicos

4. Constantes

5. Operadores, Expressões e Funções

6. Comando de atribuição

7. Comandos de entrada e saída de dados

8. Tipos Escalares

1. Características da linguagem Pascal

A linguagem Pascal foi desenvolvida em 1968 pelo professor suíço Niklaus Wirth. Sua denominação é uma homenagem a Blaise Pascal (1623-1662). É uma linguagem simples, que incentiva a elaboração de programas claros e inteligíveis, favorecendo a utilização de boas técnicas de programação. Por suas características, é uma linguagem altamente recomendável como ferramenta para cursos de iniciação à programação.

A padronização criada por Wirth é o que habitualmente se denomina Pascal padrão. Há muitas implementações comerciais do Pascal, cada qual acrescentando ao padrão algumas facilidades e recursos. É bom lembrar que este não é um curso de Pascal, mas um curso de programação que usa o Pascal como ferramenta. Por isso, não há a preocupação de percorrer exaustivamente todos os recursos da linguagem. Pelo contrário, alguns recursos serão evitados exatamente porque são muito característicos de algumas implementações, e não interessam em um curso de programação. Como exemplo, será proibido neste curso o uso de comandos que provoquem a desestruturação do programa, como o comando “goto”.

2. Estrutura de um programa Pascal

Um programa Pascal tem a seguinte estrutura geral:

Program Nome_do_Progama;

área de declarações de elementos necessários para o programa

begin

conjunto de comandos

end.

Segue abaixo um exemplo de programa Pascal que lê dois números e escreve na tela qual deles é o menor e qual o maior. O aluno não deve preocupar-se com o conteúdo, mas apenas com a forma. Observe o quadro montado com comentários antes do início do programa e alguns comentários no interior do programa.

{-------------------------------------------------------------------------------------------}

{ Programa Maxmin }

{ Programador: Fulano de Tal }

{ Data da elaboração : 15 de julho de 2007 }

{ Descrição : este programa determina o maior e o menor entre 2 números }

{-------------------------------------------------------------------------------------------}

Program Maxmin;

Var

x, y : integer;

begin

writeln (‘entre dois valores’);

readln (x, y);

if x > y { neste caso x e maior que y }

then

begin

writeln (‘o maior e ’, x);

writeln (‘o menor e ’, y);

end

else { neste caso y e maior que x }

begin

writeln (‘o maior e ’, y);

writeln (‘o menor e ’, x);

end;

end.

Observações:

a)as palavras que fazem parte da sintaxe do Pascal são denominadas palavras reservadas (em negrito no exemplo);

b) os comandos são separados por ponto e vírgula;

c) o final do programa é indicado por um ponto;

d) conjuntos de comandos podem formar um bloco, delimitado pelas palavras-chave begin e end;

e) a elaboração do nome do programa segue uma regra que dever ser seguida também para os nomes de outros elementos, como variáveis, constantes, etc. Esses nomes recebem o nome de identificadores, e podem ser formados iniciando por uma letra que pode ser seguida por qualquer combinação de letras, dígitos ou sinais de sublinhar (underscore). Não é permitido que o identificador comece com um número, ou contenha espaços em branco ou símbolos especiais (com exceção do underscore).

Exemplos de identificadores válidos: Meu_programa / nota_aluno / XB432

Exemplos de identificadores inválidos: Meu programa / 3Nota_Aluno / XB(432)

f) não há distinção entre letras minúsculas e maiúsculas

g) o formato é livre, ou seja, os espaços em branco ao longo do programa não são considerados; no entanto, recomenda-se seguir alguns cuidados para facilitar a compreensão do programa por parte das pessoas: não convém deixar vários comandos em uma mesma linha; os comandos dentro de um bloco devem estar alinhados; convém que os blocos estejam adequadamente posicionados na horizontal (endentação), etc.

h) para facilitar o uso de programas por parte das pessoas, é interessante colocar comentários, que são textos que o compilador ignora ; no Pascal os comentários são colocados entre chaves: { }

i) a área de declarações, neste caso, serve para avisar o compilador que, neste programa, são utilizadas duas variáveis inteiras, x e y

3. Variáveis e seus tipos básicos

Uma variável é um elemento através do qual um programa armazena na memória principal um determinado valor. Este valor pode ser alterado durante a execução do programa. No uso de variáveis deve-se ter em conta:

a) o nome da variável é escolhido pelo programador, e segue as mesmas regras já vistas para a escolha de nome do programa;

b) tipo: característica do conteúdo da variável. Os tipos básicos do Pascal são: inteiro, real, caractere, cadeia de caracteres e booleano. São identificados pelas palavras chave: integer, real, char, string e boolean, respectivamente;

c) o espaço que uma variável ocupa na memória depende do tipo. Por exemplo, um inteiro ocupa 2 bytes, um real 6 bytes, etc. O local da memória onde a variável fica armazenada é definido pelo compilador, e o programador não precisa se preocupar com isso;

d) todas as variáveis utilizadas no programa devem ser definidas (nome e tipo) na área de declarações, utilizando a palavra reservada var. Por exemplo:

Var

x, y : integer;

a : real;

palavra : string;

(Parte 1 de 5)

Comentários