sistematização da ass. de enf

sistematização da ass. de enf

(Parte 1 de 7)

Enfª Fabiana Claudia de V. França

Sistematização do Sistematização do Sistematização do Sistematização do

Cuidado de Cuidado de Cuidado de Cuidado de

Enfermagem no Enfermagem no Enfermagem no Enfermagem no

A SAE é uma metodologia centrada no cliente;

É um instrumento concreto para combater o modelo caótico de assistência o modelo caótico de assistência institucional, associado a desvalorização do cuidado do ser humano. É necessário uma mudança de mentalidade.

A SAE é o melhor modelo assistencial que os enfermeiros possuem para o desempenho de suas atividades desempenho de suas atividades profissionais.

Fatores que Interferem na Fatores que Interferem na Aplicação da SAEAplicação da SAE

Organização das instituições;Organização das instituições;

Cotidiano dos profissionais;Cotidiano dos profissionais; Cotidiano dos profissionais;Cotidiano dos profissionais;

Modelos de assistência de enfermagem;Modelos de assistência de enfermagem;

Modelos conceituais gerais;Modelos conceituais gerais;

Escolha e aplicação do modelo;Escolha e aplicação do modelo; Modelo não adequado;Modelo não adequado;

Fatores que Interferem na Fatores que Interferem na Aplicação da SAEAplicação da SAE

Falta de preparo sobre o tema;Falta de preparo sobre o tema;

Resistências e dificuldades;Resistências e dificuldades; Resistências e dificuldades;Resistências e dificuldades;

A atividade é considerada burocrática;A atividade é considerada burocrática;

Número de recursos humanos;Número de recursos humanos;

Falta de tempo e envolvimento dos Falta de tempo e envolvimento dos profissionais.profissionais.

Requisitos necessários para a Requisitos necessários para a Implantação da SAE:Implantação da SAE:

Sensibilização e treinamento da equipe;Sensibilização e treinamento da equipe;

Abertura e flexibilidade da instituição;Abertura e flexibilidade da instituição;

Escolha de modelo teórico e conceitual;Escolha de modelo teórico e conceitual;••Escolha de modelo teórico e conceitual;Escolha de modelo teórico e conceitual; ••Profissionalismo e criatividade da equipe;Profissionalismo e criatividade da equipe;

••Competência para avaliar, observar e utilizar Competência para avaliar, observar e utilizar o raciocínio clínico;o raciocínio clínico;

Requisitos necessários para a Requisitos necessários para a Implantação da SAE:Implantação da SAE:

••Padronização de normas e rotinas;Padronização de normas e rotinas; ••Treinamento da equipe;Treinamento da equipe;••Treinamento da equipe;Treinamento da equipe;

••Foco de atenção na pessoa;Foco de atenção na pessoa;

••Adaptação de instrumentos de coleta Adaptação de instrumentos de coleta de dados.de dados.

Histórico de EnfermagemHistórico de Enfermagem

Diagnóstico de EnfermagemDiagnóstico de Enfermagem

Planejamento de EnfermagemPlanejamento de EnfermagemPlanejamento de EnfermagemPlanejamento de Enfermagem

Prescrição de EnfermagemPrescrição de Enfermagem Avaliação de EnfermagemAvaliação de Enfermagem

Programa de Modernização

Tecnológica das Unidades

Assistenciais de Saúde (PMTUAS) da Assistenciais de Saúde (PMTUAS) da

Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal

Grupo de Trabalho SAE-PMTUAS

Enfermeira Cláudia Dutra Andrino –DISAT

Enfermeira Cláudia de Barros –CSEnfermeira Cláudia de Barros –CS

Enfermeira Fabiana Cláudia –SAMU

Enfermeiro Rinaldo de Souza Neves –HAB

Enfermeira Sandra M. Pinto -GE Enfermeiro Walderley Santanna -HBDF

O grupo foi criado em 2006, atendendo ao objetivo de implantação das normas e rotinas da SAE na construção do rotinas da SAE na construção do prontuário eletrônico no PMTUAS da SES\DF.

Sistematização do Cuidado de Enfermagem no P MTUAS

Sistematização do Cuidado de Enfermagem no PMTUAS -Objetivos

Instrumentalizar e treinar supervisores de enfermagem, gerentes de enfermagem, enfermeiros (as) e técnicos de enfermagem na utilização das etapas da SAE;

Subsidiar os técnicos para a informatização da SAE nas diversas unidades de saúde;

Criar instrumentos que possam facilitar a implantação e Criar instrumentos que possam facilitar a implantação e implementação da SAE;

Buscar referencial teórico-prático que possa subsidiar a implantação e implementação da SAE;

Discutir com os (as) enfermeiros (as) a implantação e implementação da SAE e de instrumentos adequados e direcionados para as Unidades de Saúde da SES-DF;

(Parte 1 de 7)

Comentários