Sispre-natal Manual

Sispre-natal Manual

(Parte 1 de 3)

Prefeitura Municipal de Porto Alegre Secretaria Municipal de Saúde/SMS

Coordenadoria Geral de Vigilância da Saúde/CGVS Equipe de Vigilância de Eventos Vitais, Agravos e Doenças Não Transmissíveis

Manual de Preenchimento dos Formulários de Cadastro e Consulta, Exames e Vacinas

Prefeitura Municipal de Porto Alegre Secretaria Municipal de Saúde/SMS

Coordenadoria Geral de Vigilância da Saúde/CGVS Equipe de Vigilância de Eventos Vitais, Agravos e Doenças Não Transmissíveis

Março de 2007

Prefeitura Municipal de Porto Alegre Secretaria Municipal de Saúde/SMS

Coordenadoria Geral de Vigilância da Saúde/CGVS Equipe de Vigilância de Eventos Vitais, Agravos e Doenças Não Transmissíveis

Prefeitura Municipal de Porto Alegre

José Fogaça Prefeito

Secretaria Municipal de Saúde/SMS -

Pedro Gus Secretário

Coordenadoria Geral de Vigilância da Saúde / CGVS -

Denise Aerts Coordenação

Equipe de Vigilância de Eventos Vitais, Agravos e Doenças Não Transmissíveis

Juarez Cunha

Rita Jobim Coordenação

SISPRENATAL Porto Alegre

Sirlei Fajardo Coordenação

Prefeitura Municipal de Porto Alegre Secretaria Municipal de Saúde/SMS

Coordenadoria Geral de Vigilância da Saúde/CGVS Equipe de Vigilância de Eventos Vitais, Agravos e Doenças Não Transmissíveis

Manual de Preenchimento dos Formulários de Cadastro e Consulta, Exames e Vacinas

O Programa de Humanização no Pré-natal e Nascimento foi instituído pelo

Ministério da Saúde(MS) por meio da Portaria/GM nº 569, de 1/6/2000, com o objetivo de assegurar melhoria do acesso, da cobertura e da qualidade do acompanhamento prénatal, da assistência ao parto e puerpério às gestantes e ao recém-nascido, na perpectiva dos direitos da cidadania.

O SISPRENATAL é coordenado pela Equipe de Vigilância de Eventos Vitais, Agravos e Doenças Não Transmissíveis.

• Reduzir as altas taxas de morbi-mortalidade materna, peri e neonatal registradas no país.

• Assegurar acesso, cobertura e qualidade do acompanhamento pré-natal, da assistência ao parto, puerpério e neonatal.

• Ampliar as ações do MS na área de atenção à gestante, investimentos nas redes estaduais de assistência à gestação de alto risco, ações como Maternidade Segura; • Implementar projeto de capacitar parteiras tradicionais.

• Destinar recursos para treinamento e capacitação de profissionais ligados a esta área de atenção. • Realizar investimentos em unidades hospitalares.

Prefeitura Municipal de Porto Alegre Secretaria Municipal de Saúde/SMS

Coordenadoria Geral de Vigilância da Saúde/CGVS Equipe de Vigilância de Eventos Vitais, Agravos e Doenças Não Transmissíveis

ATIVIDADES • Realizar a primeira consulta de pré-natal até o 4º mês de gestação.

• Realizar um mínimo de seis consultas de acompanhamento durante a gestação.

Preferencialmente, uma no primeiro trimestre de gestação, duas no segundo e três no terceiro.

Observação: O intervalo válido para o cadastro de consultas no sistema (SISPRENATAL) é de no mínimo 15 dias. Não serão consideradas consultas de pré-natal aquelas por outras intercorrências.

• Realizar uma consulta no puerpério, até quarenta e dois dias após o nascimento.

• Realizar exames laboratoriais segundo a tabela:

Quadro 1 Exames Laboratoriais

Exame 1ª consulta 30º Semana

Urina (EQU/urocultura)

Glicemia de jejum

Hb/Ht Anti-HIV HbsAg

IgG e IgM para Toxoplamose Somente se 1º IgG for negativo Anti-HCV (para pacientes de risco)

• Realizar vacinação antitetânica

Quadro 2 - Vacina Antitetânica preconizada para gestantes

Imunizada Vacinada em um intervalo menor de 5 anos Reforço A cada 5 anos no caso de nova gravidez Imunizar Se esquema vacinal não estiver completo

Prefeitura Municipal de Porto Alegre Secretaria Municipal de Saúde/SMS

Coordenadoria Geral de Vigilância da Saúde/CGVS Equipe de Vigilância de Eventos Vitais, Agravos e Doenças Não Transmissíveis

• Realizar atividades educativas. • Avaliar o risco gestacional em todas as consultas.

• Garantir às gestantes de alto risco, acesso à unidade de referência para atendimento ambulatorial e/ou hospitalar.

(Parte 1 de 3)

Comentários