BM-015-04Bk HIV TR 190377

BM-015-04Bk HIV TR 190377

(Parte 1 de 2)

FAX: (21) 2561.0277

Tel.: (21) 3882.9393 SAC: 0800.210.310 w.bio.fiocruz.br

Teste Rápido - HIV-1/2

Bio-Manguinhos

TESTE RÁPIDO DE TRIAGEM QUALITATIVA PARA DETECÇÃO DE ANTICORPOS PARA HIV-1/2

Teste Rápido - HIV-1/2 - Bio-Manguinhos

Teste Rápido - HIV-1/2 - Bio-Manguinhos TESTE RÁPIDO DE TRIAGEM QUALITATIVA PARA DETECÇÃO DE ANTICORPOS PARA HIV-1/2 (material fornecido para 20 determinações)

O Teste Rápido HIV-1/2 - Bio-Manguinhos é um teste de triagem de uso único, que usa um coquetel de antígenos para detectar anticorpos para HIV-1/2 em soro, plasma e sangue total, humanos. O teste se baseia nas tecnologias de imunocromatografi a e fl uxo lateral. Resultados reativos são evidências de exposição ao HIV-1/2 e podem ser usados como suporte ao diagnóstico clínico. O Teste Rápido HIV-1/2 – Bio-Manguinhos é indicado para uso por profi ssionais de saúde de acordo com as instruções fornecidas.

O Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) é um retrovírus, identificado em 1983 como agente etiológico da Síndrome de Imunodefi ciência Adquirida (AIDS) [1]. A AIDS é caracterizada por mudanças na população de linfócitos T, que tem um papel chave no sistema imunológico. No indivíduo infectado o vírus causa uma redução da sub-população das células T, chamadas células T “helper”, que deixam estes pacientes suscetíveis a infecções oportunistas e certas malignidades. As principais vias de transmissão são: relação sexual desprotegida, contaminação por sangue ou hemoderivados e a transmissão de mãe para fi lho durante o parto [2-4]. Conforme o relatório anual do Programa Conjuntos das Nações Unidas sobre HIV/aids, existem no mundo aproximadamente 40 milhões de pessoas vivendo com HIV/aids. Esse número inclui os 4,9 milhões estimados de pessoas que adquiriram o HIV durante 2004. O número de pessoas que vivem com o HIV aumentou globalmente em comparação com os dos anos anteriores e os aumentos mais marcados foram em regiões da Ásia Oriental e da Europa

7. Essex, M.; McLane , M.F.; Lee, T.H. et al. (1983) Antibodies to cell membrane antigens associated with human T-cell leukemia virus in patients with AIDS. Science 220:859-862. 8. Gallo, R.C.; Saluahuddin, S.Z.; Popovic, M.; et al. (1984) Frequent detection and isolation of cytopathic retroviruses (HTLV-I) from patients with AIDS and at risk for AIDS. Science 224:500-503. 9. Kenealy, W.; Reed, D.; Cybulsky, R.; et al. (1987) Analysis of human serum antibodies to human immunodefi ciency virus (HIV) usin recombinant ENV and GAG antigens. AIDS Res Human Retrovir 3:95-105. 10. Kovacs, A.; Xu, J.; Rasheed, S.; et al. (1995) Comparison of a rapid non-isotopic polymerase chain reaction assay with four commonly used methods for the early diagnosis of human Immunodefi ciency Virus type 1 infection in neonates and children. Pediatr Infect Dis J 14:948-954. 1. Orlando C. Ferreira Junior, Cristine Ferreira, Maristela Riedel, Marcya Regina Visinoni Widolin, Aristides Barbosa-Júior; et al. (2005) Evaluation of rapid tests for anti-HIV detection in Brazil.

ASSISTÊNCIA AOS USUÁRIOS: Orientações técnicas adicionais a respeito deste produto poderão ser obtidas junto a: Fundação Oswaldo Cruz / Bio-Manguinhos CNPJ 3.781.055/0001-35 Av. Brasil, 4365 - CEP: 21040-900 - Rio de Janeiro - RJ Tel: (21) 3882.9393 - FAX: (21) 2561.0277 SAC: 0800.210.310 w.bio.fi ocruz.br

Edição: fevereiro de 2007 BM_015_04Bk

Teste Rápido - HIV-1/2 - Bio-ManguinhosTeste Rápido - HIV-1/2 - Bio-Manguinhos3

Oriental e da Ásia Central. O crescimento foi de 50% e de 40%, respectivamente (principalmente na China). A África Subsaariana é a região mais afetada, com aproximadamente dois terços do total mundial (25,4 milhões de pessoas com o HIV), desse número três quartos são do sexo feminino. [5]. O HIV é constituído por uma molécula de RNA, protegida por um capsídeo e um envelope. O envelope do HIV é o principal alvo da resposta imune. A presença do vírus faz com que o sistema imune dos pacientes produza anticorpos anti-HIV. A detecção destes anticorpos pode ser usada como uma ferramenta de diagnóstico. O sistema do teste Rápido HIV-1/2 - Bio-Manguinhos utiliza antígenos fi xados para a detecção de anticorpos para o HIV-1/2 em soro, plasma ou sangue total humanos.O Teste Rápido HIV-1/2 - Bio- Manguinhos é um teste imunocromatográfi co rápido de simples execução. Ensaios de ELISA, Imunofl uorescência, Western Blot, técnicas de PCR e diversos outros testes também estão disponíveis para a detecção do HIV-1/2 [6-10].

O Teste Rápido HIV-1/2 - Bio-Manguinhos emprega uma combinação de uma proteína conjugada com partículas de ouro coloidal e antígenos de HIV-1/2 ligados a uma fase sólida (membrana). A AMOSTRA é aplicada ao respectivo poço (S), seguida pela adição de um tampão de corrida. O tampão propicia o fl uxo lateral dos componentes liberados, promovendo a ligação dos anticorpos aos antígenos. Os anticorpos presentes (caso existam) se ligam às proteínas específi cas conjugadas ao ouro coloidal. No caso de uma amostra ser positiva o complexo “imuno-conjugado” migra na membrana de nitrocelulose, sendo capturado pelos antígenos fi xados na área do TESTE (T) e produzindo uma linha roxa/rosa. Na ausência de anticorpos para HIV-1/2, a linha roxa/rosa não aparece na área do teste. Em todos os casos, a amostra continua a migrar na membrana produzindo uma linha roxa/rosa na área de CONTROLE (C), o que demonstra o funcionamento adequado dos reagentes.

- Um resultado não-reagente não exclui a possibilidade de exposição ou infecção por HIV, dado que uma resposta imunológica à exposição recente pode levar alguns meses para atingir níveis detectáveis. - Crianças de idade inferior a 2 anos de idade

Em estudo comparativo entre Ensaio Imunoenzimático (EIE) e os kits Teste Rápido Stat Pak ® realizado pelo Grupo de Avaliação do TR para HIV–1/2 no Brasil, foi evidenciado que kits Stat Pack ® para TR possuem uma resposta na detecção de anticorpos para HIV-1/2 com Especifi cidade Clínica igual a 100% e Sensibilidade Clínica igual a 9,7%.[1]

A simplicidade e rapidez na utilização dos kits Stat Pack ® de TR garantem sua reprodutibilidade, repetitividade e estabilidade, podendo ser utilizado como método seguro e efi caz no diagnóstico rápido da infecção por HIV-1/2[1]

and HTLV-4/HIV/2. Ann N Y Acad Sci 511: 370-375

1. Essex, M. (1999) Human immunodefi ciency viruses in the developing world. Adv Virus Res 53:71-8. 2. Kanki, P.J.; Hopper, J.R. and Essex, M. (1978) The origins of HIV-1 3. Nicoll, A.; Gill, O.N. (1999) The global impact of HIV infection and disease. Commum Dis. Publ Health 2: 85-95. 4. Valdiserri, R.O.; Holtgrave, D.R.; West, G.R. (1999) Promoting early diagnosis and entry into care. AIDS 13: 2317-2330. 5 UNAIDS. 2004 report on the global HIV/AIDS epidemic: 4 global report. 6. Essex,M.; Kanki, P.J.; Marlink, R., et al. (1990) Antigenic characterization of the human immunodefi ciency viruses. J Am Acad Dermatol 2:1206-1210.

Teste Rápido - HIV-1/2 - Bio-ManguinhosTeste Rápido - HIV-1/2 - Bio-Manguinhos4ESQUEMA DO TESTE:13 CONFIRMAÇÃO DE DESEMPENHO DO TESTE:

Ao término do teste, uma linha roxa/rosa aparecerá na área de CONTROLE (C), tanto nas amostras negativas quanto nas positivas. Esta linha serve de controle interno, confi rmando o desempenho adequado do teste.

Comunicado Importante: Resultados falso-negativos podem ser obtidos caso o teste seja utilizado em amostras de pacientes conhecidamente soropositivos, que estejam ou tenham sido submetidos à terapia anti-retroviral. - O kit Teste Rápido para HIV-1/2 Bio-Manguinhos deve ser utilizado segundo as instruções contidas neste manual visando à obtenção de resultados adequados. - O kit Teste Rápido para HIV-1/2 Bio-Manguinhos deve ser utilizado apenas com amostras de sangue total (da ponta do dedo ou venoso), soro ou plasma. Outros tipos de amostra ou amostras de sangue coletadas em tubos contendo anti-coagulantes que não citratos, heparina ou EDTA, podem gerar resultados inadequados. - Faça a leitura do teste em no máximo 10 minutos.

- Somente abra o envelope contendo o suporte de teste no momento de sua utilização. - Não utilize kits ou componentes com a data de validade vencida.

- Um resultado reagente sugere a presença de anticorpos para HIV- 1 e/ou HIV-2 na amostra testada. - No caso de um resultado reagente, a intensidade da linha de teste não está necessariamente relacionada ao título de anticorpos na amostra. - Inicialmente, pressupõe-se um indivíduo que apresenta anticorpos para HIV-1 ou HIV-2 esteja infectado com HIV. Exceto no caso dos voluntários de estudos clínicos com vacinas anti-HIV, que podem ter desenvolvido anticorpos para a vacina, estando ou não infectados com o vírus.

Teste Rápido - HIV-1/2 - Bio-ManguinhosTeste Rápido - HIV-1/2 - Bio-Manguinhos5

Identifi caçãoComponentesApresentação

MATERIAL FORNECIDO: R-01 Suportes contendo antígenos de 20 suportes

R-02 Tampão de Corrida1 Fr. 5 mL
R-04 Lancetas estéreis descartáveis20 lancetas
R-05 Curativo Adesivo Estéril20 adesivos

HIV-1/2 e o conjugado de ouro coloidal adsorvidos em membranas especiais R-03 Alças coletoras descartáveis (5 µL) 20 alças Manual de Instrução de Uso

·Cronômetro e ou relógio ·Micro-pipetador calibrado para 5µL (como alternativa à alça coletora)

·Luvas descartáveis

· Algodão

·Álcool 70%

Obs: em caso de coleta de sangue do dedo, também é necessário: - algodão

- álcool 70%

O kit Teste Rápido HIV-1/2 Bio-Manguinhos deve ser mantido/ armazenado entre 8 e 30C. Recomenda-se a conservação do kit em geladeira somente em locais onde a temperatura ambiente ultrapasse 30C. Não congele o kit ou seus componentes. Os envelopes contendo os suportes de teste devem permanecer lacrados até o momento de sua utilização. O tampão de corrida também deve ser mantido entre 8 e 30C, em seu recipiente original (frasco conta-gotas).

Resultados Inconclusivos ou Inválidos Resultados Reagentes

Uma linha roxa/rosa deve sempre aparecer na área de CONTROLE (C), não importando se a LINHA TESTE (T) aparece ou não na área devida. Caso uma linha roxa/ rosa não seja visível na área de CONTROLE(C), o teste deve ser considerado inconclusivo ou inválido. Um resultado inválido ou inconclusivo de

A detecção de duas linhas roxa/rosa, uma na área de CONTROLE (C) e outra na área de TESTE (T), indica um resultado reagente. A intensidade da linha na área de TESTE (T) varia de claro a muito escura conforme a concentração de anticorpos específi cos. Assim, a linha na área de TESTE (T) pode ter aparência diferente da linha na área de CONTROLE (C). Isto não invalida o teste.

Nota: mesmo uma linha muito clara na área de TESTE (T) deve ser considerada um resultado reagente. Um resultado reagente deve ser confi rmado conforme recomendações do MS (Ministério da Saúde).

teste não pode ser interpretado. Descartar o material e repetir o procedimento com novo suporte de teste e nova amostra. Caso o problema persista, entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) 0800.210.310.

Teste Rápido - HIV-1/2 - Bio-ManguinhosTeste Rápido - HIV-1/2 - Bio-Manguinhos

Somente para uso em diagnósticoIN VITRO Este conjunto diagnóstico contém produtos biológicos e químicos podendo representar uma fonte de risco. Ao manusear este conjunto, observe as precauções de biossegurança necessárias. A qualidade dos resultados obtidos com este conjunto diagnóstico depende do cumprimento das boas práticas de laboratório, tais como: O teste deve ser realizado apenas por profi ssionais de saúde, em conformidade com as Boas Práticas de Laboratório, segundo as instruções contidas neste manual. Não realizar mais de 5 testes por vez. Esta conduta reduz falhas no procedimento do teste, bem como na interpretação dos resultados; - As amostras, assim como outros insumos, devem ser estocadas e manipuladas adequadamente; - As amostras devem ser homogeneizadas antes de usar;

- As amostras de sangue devem ser preferencialmente utilizadas imediatamente após a coleta. Caso estas amostras não sejam testadas imediatamente, estas devem ser refrigeradas logo após a coleta entre 2-8°C, podendo ser usadas em até 3 dias. Não devem ser utilizadas amostras de sangue com mais de 3 dias de armazenagem. - Amostras de soro ou plasma podem ser conservadas entre 2-8°C por 3 dias após a coleta, até que sejam utilizadas no teste. Caso a realização do teste não seja possível dentro deste período, as amostras devem ser congeladas (-20ºC ou abaixo); - Equipamentos de proteção individual (EPI), tais como luvas descartáveis e jaleco, devem ser utilizados em todas as etapas de realização do teste; - Os testes nunca devem ser utilizados após sua data de validade;

- Componentes ou kits de lotes diferentes nunca devem ser misturados;

- A integridade dos componentes do kit sempre deve ser verifi cada. Em especial, assegurar-se de que a embalagem dos suportes esteja intacta e que nenhuma linha seja visível na janela do suporte de teste. Caso algum dos componentes do kit demonstre irregularidade, descartá-lo(s); - Nunca fracionar os kits.

5. Aplicar 3 gotas de tampão no suporte de teste. Manter o frasco na posição vertical para garantir que o volume adequado de tampão seja aplicado ao suporte.

6. Aguardar 10 minutos para a migração dos componentes pela fi ta de teste e ler o resultado. Descartar o teste em seguida. Leituras posteriores a esse período não devem ser consideradas.

LEITURA E INTERPRETAÇÃO: Resultados Não Reagentes

Um resultado não reagente é indicado por uma linha roxa/rosa na área de CONTROLE (C), e nenhuma linha na área de TESTE (T). Um resultado não-reagente em 10 minutos indica a ausência de anticorpos para HIV-1/2 na amostra.

Teste Rápido - HIV-1/2 - Bio-ManguinhosTeste Rápido - HIV-1/2 - Bio-Manguinhos7

- Não pingar sangue diretamente da ponta do dedo no suporte de teste - utilizar sempre a alça coletora fornecida no kit, segundo as orientações abaixo (ver Procedimento do Teste); - Não adicionar volumes de amostra superiores ao preconizado (5µL);

- Cuidado ao adicionar a amostra: a alça deve ser mantida em posição vertical e a amostra deve ser aplicada ao centro do orifício ou poço (S) do suporte de teste; - Cuidado ao adicionar o tampão: o frasco deve ser mantido em posição vertical e apenas três gotas do líquido devem ser dispensadas ao orifício ou poço (S) do suporte de teste onde se encontra a amostra;

(Parte 1 de 2)

Comentários