Pim III - logistica 2010

Pim III - logistica 2010

UNIVERSIDADE PAULISTA

INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO

CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA

PIM - III

Projeto Integrado Multidisciplinar

Cursos Superiores Tecnológicos

Fevereiro de 2010

PIM

PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR

TEMA:

Identificar, analisar e propor melhorias para gestão da área de Logística, utilizando os conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre atual e levando em consideração os aspectos descritos abaixo.

O grupo deverá escolher uma empresa de qualquer porte ou segmento e, com base no cenário desta empresa, elaborar um plano de negócios com o objetivo de ampliar suas atividades, visando melhores resultados.

O plano de negócios que será elaborado pelo grupo, deve se basear nas seguintes etapas :

  1. Descrever a empresa escolhida:

    1. Porte e tipo de negócio da empresa;

    2. Principais produtos e/ou serviços;

    3. Posicionamento da empresa no mercado nacional e internacional;

    4. Principais concorrentes;

  2. Analisar o cenário da empresa:

    1. Análise dos resultados obtidos e participações no mercado;

    2. Identificar ameaças e oportunidades;

    3. Identificar pontos fortes e pontos fracos;

    4. Identificar possíveis falhas na gestão de estoque e logística na empresa;

  3. Com base nos conhecimentos do cenário analisado no item 2, identificar uma área, produto, serviço ou processo para o plano de negócios:

    1. Descrever a situação atual da área, produto, serviço ou processo escolhido;

    2. Descrever uma proposta para ampliar ou melhorar os resultados da empresa, com base na área, produto, serviço ou processo escolhido.

O plano de negócios elaborado deve apresentar, no mínimo, a seguinte estrutura:

  • Sumário executivo

  • Análise do mercado

  • Estratégia

  • Organização e gerência

  • Planejamento de Marketing (interno ou externo)

  • Planejamento financeiro

ASPECTOS ESPECÍFICOS DO TRABALHO:

O plano de negócios do grupo deve se basear na análise do desempenho logístico da empresa, propondo melhorias nos seguintes pontos:

  1. Gestão de estoque;

  2. TI aplicada à gestão de estoque;

  3. Rastreabilidade do estoque;

  4. Estrutura de estocagem;

  5. Layout de armazenagem;

  6. Processos de armazenagem e picking;

  7. Otimização de cadastro de fornecedores;

  8. Modais de distribuição.

DISCIPLINAS CONTEMPLADAS:

BASE

COMPLEMENTAR

Planej. e operação por cat. de prod.

Plano de negócios

Centro de distrib. – estratégias de local.

Estatística aplicada

Tecnol. para planej. e oper. logísticas

Gestão de rec. patrim. e logísticos

Instruções para o desenvolvimento e apresentação

O grupo deve, obrigatoriamente, observar as instruções que seguem abaixo:

    1. O Projeto PIM será desenvolvido por grupo de 4 a 6 alunos. Os alunos devem ser da mesma sala de aula e devem pertencer à mesma modalidade de curso;

    2. Os componentes do grupo deverão retirar com o prof. Coordenador do Projeto uma ficha conforme Anexo 01, preenchê-la e devolvê-la ao referido professor;

    3. O Projeto PIM terá 100 horas para seu desenvolvimento e apresentação,divididas em :

  • 30 horas para pesquisas e levantamento de dados sobre os objetos do Projeto;

  • 60 horas para análises e relacionamento dos dados levantados para preparação e apresentação do Projeto escrito dentro das normas monográficas da ABNT e das instruções para formatação gráfica constantes no ANEXO 02;

  • 10 horas para preparação e apresentação do trabalho perante uma banca examinadora.

    1. A nota a ser atribuída ao PIM deverá levar em conta o trabalho escrito e a apresentação feita pelos componentes do grupo perante a banca examinadora constituída por um ou dois professores do curso, o prof. Coordenador do PIM e o prof. Coordenador do curso;

    2. A nota do PIM terá peso 2,0 na constituição da média de todas as disciplinas do semestre, enquanto as notas bimestrais terão peso 4,0 cada uma;

    3. Os grupos de projeto PIM deverão marcar seis encontros quinzenais com o coordenador do Projeto para que este aprove pela situação do trabalho, as quantidades de horas utilizadas pelos componentes do grupo (15 horas por encontro);

    4. O Prof. Coordenador do PIM poderá rejeitar total ou parcialmente o trabalho apresentado em um encontro, observando as exigências de trabalhos complementares no campo observações da Ficha de Controle, com o ciente de um dos alunos;

    5. As Fichas de Controle deverão ficar em uma pasta em poder do prof., Coordenador do PIM. No final do Semestre as fichas deverão ir para o prontuário dos alunos.

ANEXO 01

FICHA DE CONTROLE - PROJETO MULTIDISCIPLINAR – PIM

INFORMAÇÕES DO GRUPO:

NÚMERO:

CURSO:

SEMESTRE:

PERÍODO:

COMPONENTES DO GRUPO:

RA

NOME

e-MAIL

VISTO DO ALUNO

PROFESSOR COORDENADOR: ____________________________________________

REGISTROS:

DATA DO ENCONTRO

VISTO DO PROFESSOR

OBSERVAÇÕES

VISTO DO ALUNO

ANEXO 02 – (Elaborado por Sandra Castilho/Projeto PIPA)

INSTRUÇÕES PARA FORMATAÇÃO GRÁFICA

Com o objetivo de obter padronização de forma nas monografias do Projeto Integrado Multidisciplinar – PIM apresentamos a seguir um roteiro para a digitação dos trabalhos. Neste documento estão sugeridos: tipo e tamanho de fonte, posição e formato de títulos e seqüência das partes integrantes do trabalho. Cabe ressaltar que, conforme NBR 14724:2002, “o projeto gráfico é de responsabilidade do autor do trabalho”. Todavia, os elementos que são normatizados deverão ser atendidos.

ASPECTOS GERAIS:

Material e Encadernação:

Capa e contracapa: acetato transparente na frente e na cor preta no fundo

Texto: papel A4 - 210x297mm - branco

Margens:

Superior e Esquerda: 3,0 cm

Inferior e Direita: 2,0 cm

Espaçamento entre linhas e Parágrafos:

O espaçamento entre linhas deve ser de 1,5 linha, correspondendo à cerca de 1,2 cm entre as linhas. NOTA: Embora a padronização do espaçamento pela NBR 14724:2002 seja por espaçamento entre linhas duplo, adotaremos o espaçamento entre linhas em “um e meio”.

É usual que o espaçamento entre parágrafos deve ser o dobro do existente entre as linhas. No caso de utilização de editor de textos (Word), no menu Formatar\Parágrafo\Recuos e Espaçamentos, definir a medida 12 pontos DEPOIS.

O início do texto de cada parágrafo deve ficar 1,5 cm, a partir da margem esquerda. Pode-se optar em definir o recuo especial para a primeira linha, utilizando os recursos do editor de textos.

As citações longas, as notas, as referências e os resumos em vernáculo e em língua estrangeira devem ser digitados em espaço simples.

Escrita:

Recomenda-se utilização de Fonte ARIAL ou TIMES NEW ROMAN tamanho 12 para o corpo do texto e tamanho 10 para citações longas (mais de 3 linhas) e notas de rodapé, bem como alinhamento Justificado.

Paginação:

Todas as folhas do trabalho, a partir da folha de rosto, devem ser contadas seqüencialmente, mas não numeradas. A numeração é colocada, a partir da primeira folha da parte textual - INTRODUÇÃO, em algarismos arábicos, no canto superior direito da folha. Havendo apêndice e anexo, as suas folhas devem ser numeradas de maneira contínua e sua paginação deve dar seguimento à do texto principal.

ESTRUTURA DO TRABALHO:

A estrutura do trabalho acadêmico – dissertação, tese, monografia, trabalho de conclusão de curso e similares – definida na NBR-14724:2002 (com vigência a partir de 29.09.2002), deve contemplar os elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais, conforme indicado na tabela a seguir:

Estrutura

Elemento

Condição

Pré-textuais

Capa

Lombada

Folha de Rosto

Errata

Folha de Aprovação

Dedicatória

Agradecimentos

Epígrafe

Resumo

Resumo em língua estrangeira

Sumário

Lista de Ilustrações

Lista de tabelas

Lista de abreviaturas e siglas

Lista de símbolos

Obrigatório

opcional

obrigatório

opcional

obrigatório

opcional

opcional

opcional

obrigatório

obrigatório

obrigatório

opcional

opcional

opcional

opcional

Textuais

Introdução

Desenvolvimento

Conclusão

Obrigatório

Obrigatório

Obrigatório

Pós-textuais

Referências

Glossário

Apêndice

Anexo

Índice(s)

Obrigatório

Opcional

Opcional

Opcional

Opcional

O significado dos elementos pré-textuais:

Capa Externa (dura): é a proteção externa do trabalho, sobre a qual se imprimem as informações indispensáveis à sua identificação, na seguinte ordem:

  • Nome do autor;

  • Título e subtítulo;

  • LOCAL (cidade) da instituição onde deve ser apresentado;

  • ANO DE DEPÓSITO (da entrega).

Cor da encadernação e da gravação: de acordo com a definição dos programas.

NOTA: Este item deve ser adaptado, de acordo com a característica e destinação do trabalho, podendo admitir-se encadernação do tipo espiral, com capa e contracapa em papel reciclado.

Lombada ou Dorso da Capa Dura:

  • ANO: deverá ser colocado no sentido horizontal

  • TÍTULO DO TRABALHO: deverá ser colocado no sentido vertical

Folha de Rosto (anverso): elemento obrigatório, é a folha que apresenta os elementos essenciais à identificação do trabalho. Deve constar de:

  • Nome do autor: responsável intelectual do trabalho;

  • Título e subtítulo, sendo o primeiro em caixa alta; centralizados;

  • Natureza (tese, dissertação e outros) e objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido e outros); nome da instituição a que é submetido; área de concentração - justificado à direita;

  • Nome do orientador, justificado à direita;

  • Local e ano.

Folha de Rosto (verso): Deve conter a ficha catalográfica, conforme Código de Catalogação Anglo-Americano – CCAA2.

NOTA: Este item deve ser adaptado, de acordo com a característica e destinação do trabalho, podendo admitir-se sua supressão.

Errata: elemento opcional. Trata-se de uma lista com a indicação das folhas e linhas em que ocorreram erros, com as correções necessárias. Geralmente se apresenta em papel avulso ou encartado, acrescido ao trabalho depois de impresso.

Folha de aprovação: elemento obrigatório que contém autor, título por extenso e subtítulo, se houver, local e data de aprovação, nome, assinatura e instituição dos membros componentes da banca examinadora.

NOTA: Este item é indispensável para dissertações e teses; mas, de acordo com a característica e destinação do trabalho, pode admitir-se sua supressão.

Dedicatória: página opcional, onde o autor presta homenagem ou dedica seu trabalho. A dedicatória deve figurar à direita, na parte inferior da folha.

Agradecimentos: páginaopcional, onde são registrados agradecimentos às pessoas e/ou instituições que colaboraram com o autor.

Epígrafe: página opcional, onde o autor inclui uma citação, seguida de indicação de autoria, relacionada com a matéria tratada no corpo do trabalho. A citação deve figurar à direita, na parte inferior da folha.

Resumo: elemento obrigatório, que consiste na apresentação concisa dos pontos relevantes do trabalho. O resumo deve dar uma visão rápida e clara do conteúdo e das conclusões do trabalho; constitui-se de uma seqüência corrente de frases concisas e objetivas e não de uma simples enumeração de tópicos, não ultrapassando 500 palavras, seguido, logo abaixo, das palavras representativas do conteúdo do trabalho, isto é, palavras-chave e/ou descritores, conforme a NBR-6028.

NOTA: Este item deve ser adaptado, de acordo com a característica e destinação do trabalho, podendo admitir-se uma quantidade menor de palavras do que a acima indicada. Assim sendo, caberá ao professor coordenador do programa de PIM I definir com os grupos de alunos a melhor forma.

Abstract ou Resumen ou Résumé: Elemento obrigatório que consiste em uma versão do resumo em idioma de divulgação internacional (inglês ou espanhol ou francês, respectivamente). Deve ser seguido das palavras representativas do conteúdo do trabalho, isto é, palavras-chave e/ou descritores, na língua. A opção da tradução deve ser apenas por uma língua.

NOTA: Este item deve ser adaptado, de acordo com a característica e destinação do trabalho, podendo admitir-se sua supressão nos semestres iniciais do curso.

Sumário: Elemento obrigatório. É a relação das principais seções do trabalho, na ordem em que se sucedem no texto e com indicação da página inicial. As seções do trabalho devem ser numeradas, em algarismos arábicos. Elementos como listas de figuras, tabelas, abreviaturas, símbolos, resumos e apêndices não devem constar do Sumário, mas sim das Listas (próximo item). A apresentação tipográfica das divisões e subdivisões no sumário deve ser idêntica à do texto. Para maiores informações, consultar NBR – 6027.

Listas: São itens opcionais, que relacionam elementos selecionados do texto, na ordem da ocorrência, com a respectiva indicação de páginas. Pode haver uma lista única para todos os tipos de ilustrações ou uma lista para cada tipo. As listas devem apresentar: o número da figura, sua legenda e a página onde se encontra.

O significado dos elementos textuais:

Como regra geral deve-se considerar que o texto poderá ser lido por um leitor não especialista no assunto. Assim, o texto deve ser claro, objetivo e de fácil leitura, cuidando para que o mesmo não seja sucinto em demasia, pois o leitor não domina, necessariamente, os mesmos conhecimentos e informações do autor. Deve-se ainda cuidar do referencial teórico que ofereça a sustentação adequada ao tema discutido.

Introdução: A introdução deve ambientar o leitor ao contexto do trabalho, antecipando-lhe o propósito do mesmo. Devem aparecer de forma clara, embora sucintamente, respostas para as seguintes perguntas:

  • De que assunto trata o trabalho? (tema);

  • Qual ou quais os objetivos do trabalho? (isto é, o que se pretende demonstrar, qual a finalidade do trabalho);

  • Qual ou quais os problemas que envolvem o assunto? (delimitações);

  • Qual a importância – relevância – de se pesquisar o assunto?

  • De que forma foi elaborada a pesquisa? (métodos/instrumentos empregados);

  • Sistematização do que será tratado em cada capítulo.

Também é comum aparecer na introdução citação de autores e trabalhos de significativa importância. Contudo, não se trata de fazer, nesse momento, uma revisão bibliográfica. Geralmente se elabora a versão final deste item após o desenvolvimento do trabalho.

Desenvolvimento dos Capítulos: O desenvolvimento é a parte mais extensa do trabalho; também pode ser denominado de corpo do assunto. O seu principal objetivo é comunicar ao leitor os resultados da pesquisa.

É a apresentação do tema de forma lógica e progressivamente ordenada (capítulos e sub-capítulos) dos pontos principais do trabalho. Sugere-se consultar NBR-6024, de ago/1989, referente à numeração progressiva das seções de um documento.

Consta de revisão da literatura, descrição de métodos e materiais utilizados, apresentação de resultados, bem como a discussão dos resultados que conduzam às principais conclusões.

Deve-se cuidar para que as citações (menção, no texto, de uma informação extraída de outra fonte), as citações diretas (transcrição textual dos conceitos do autor consultado), citações indiretas (transcrição livre do texto do autor consultado) e as citações de citações (transcrição direta ou indireta de um texto que não se teve acesso ao original) estejam de acordo com as normas ABNT – NBR 10520, de agosto/2002.

Conclusão: Embora reúna um conjunto de conclusões, o título deve permanecer no singular – CONCLUSÃO – já que remete à seção e não a número de conclusões formuladas.

As conclusões devem ser apresentadas de maneira lógica, clara e concisa, fundamentadas nos resultados e na discussão abordada ao longo do desenvolvimento do trabalho (capítulos). O autor deve, ainda, retomar as propostas iniciais (apresentadas na Introdução) e reafirmar, de maneira sintética, a idéia principal e os pontos importantes do corpo do trabalho.

O significado dos elementos pós textuais:

Referências: É o conjunto padronizado de elementos descritivos retirados de um documento, que permite sua identificação individual (relação de autores consultados ou citados, em ordem alfabética da palavra de ordem) - vide normas ABNT NBR 6023:2002 – mesmo se mencionados em notas de rodapé.

Glossário: Elemento opcional, que consiste em uma lista em ordem alfabética de palavras ou expressões técnicas de uso restrito ou de sentido obscuro, utilizadas no texto, acompanhadas das respectivas definições.

Apêndice: Elemento opcional, que consiste em um texto ou documento elaborado pelo autor a fim de complementar sua argumentação, sem prejuízo da unidade nuclear do trabalho. Geralmente são questionários, entrevistas, fotos, que auxiliam na fundamentação da pesquisa. A citação do Apêndice, no decorrer dos capítulos, deve ocorrer entre parênteses, com a identificação seqüencial em algarismos romanos ou letras maiúsculas. São identificados por algarismos romanos ou letras maiúsculas consecutivas, travessões e respectivos títulos.

Exemplo: Apêndice A - ....... ou Apêndice I - ........

Apêndice B - ....... ou Apêndice II - .......

Anexo: Elemento opcional, que consiste em um texto ou documento não elaborado pelo autor, que serve de fundamentação, comprovação e ilustração. São geralmente documentos, projetos de leis, decretos, etc., cuja função é complementar o trabalho. Quando apresentados na forma de “fotocópias” recomenda-se cuidado com a nitidez e legibilidade dos mesmos. Lembrar que os Anexos são todos os documentos de autoria de terceiros, só podendo ser utilizados se o conteúdo e referência estiverem compondo o desenvolvimento do trabalho. São identificados por algarismos romanos ou letras maiúsculas consecutivas, travessões e respectivos títulos.

Exemplo: Anexo A - ........ ou Anexo I - ........

Anexo B - ........ ou Anexo II - .......

Índice (s): Elemento opcional, consiste na lista de palavras ou frases, ordenadas de acordo com determinado critério, que localiza e remete para as informações contidas no texto. Para complementação, consultar NBR-6034.

11

Comentários