Aula 1 - imunologia

Aula 1 - imunologia

(Parte 1 de 2)

INTRODUÇÃO À IMUNOLOGIA Profa. Luciana Peters –Disciplina IMUNOLOGIA –UMC Villa Lobos-Lapa

Termo: IMUNIDADE

É derivado da palavra latina immunitas, que se refere à proteção contra processos legais que os senadores romanos tinham durante seu mandato.

Historicamente, imunidade significava proteção contra doenças.

As células e moléculas responsáveis pela imunidade formam o sistema imunológico, e a sua resposta coletiva e coordenada à introdução de substâncias estranhas é chamada e resposta imunológica.

A função fisiológica do sistema imune é a defesa contra microrganismos infecciosos. Entretanto, até mesmo substâncias estranhas não-infecciosas podem desencadear uma resposta imunológica.

SANGUE é formado pelo

1) Plasma: líquido de coloração amarelada, composto 95% de água e que contém sais minerais, gás carbônico, excreções celulares, hormônios e proteínas como albumina, fibrinogênio, protrombina, sistema complemento e anticorpos.

2) Elementos figurados: -glóbulos vermelhos ou hemácias ou eritrócitos -glóbulos brancos ou leucócitos

-plaquetas ou trombócitos

-PLAQUETAS: são fragmentos de células chamadas de megacariócitos, que estão presentes na medula óssea. Sua função é atuar na coagulação do sangue. 200 a 300 mil/ml

-LEUCÓCITOS: são células especializadas na defesa do organismo, combatem bactérias, vírus e agentes invasores que penetrem no corpo. São os neutrófilos, basófilos, eosinófilos, linfócitos e monócitos. 4 a 10 mil/ml

-Basófilos:0 a 200/ml; 0 a 2% -Eosinófilos:0 a 450/ml; 1 a 5%

-Linfócitos:1.0 a 4.800/ml; 2 a 40%

-Monócitos:0 a 800/ml; 3 a 10%

-Neutrófilos:1.800 a 7.700/ml; 45 a 75%.

Células do Sistema Imune Granulócitos:

-São células que possuem vários grânulos citoplasmáticos.

-Participam principalmente da resposta imune inata, sendo conhecidas como células inflamatórias (neutrófilos, eosinófilos, basófilos e mastócitos teciduais).

-De uma maneira geral, os neutrófilos são as primeiras células atraídas aos locais de inflamação aguda, ou seja, são os primeiros leucócitos a migrarem do vaso sanguíneo ao tecido injuriado.

-Representam 40 a 70% do total de leucócitos do sangue.

NEUTRÓFILOS FUNÇÃO: realizam fagocitose, portanto, são chamados de fagócitos.

-Fagocitose: envolve a ingestão, morte e digestão de patógenos, por exemplo.

-No local da injúria, realizam a fagocitose de células mortas, microrganismos, partículas, antígenos, que são degradados por substâncias presentes nos grânulos citoplasmáticos (enzimas proteolíticas).

-Podem fagocitar antígenos/microrganismos recobertos por anticorpos.

-A morte de neutrófilos no local da infecção contribui para a formação de pústulas brancas, chamadas de pus.

-Além de granulócitos, também podem ser chamados de leucócitos polimorfonucleares, devido ao seu núcleo multilobado ou segmentado. Os neutrófilos possuem de 3 a 5 lóbulos conectados.

EOSINÓFILOS FUNÇÃO: defesa contra parasitas (helmintos ou “vermes”) e participam de reações alérgicas.

-Possuem um núcleo bilobado, também é considerado um leucócito polimorfonuclear. -Portanto, o eosinófilo é chamado de granulócito polimorfonuclear.

BASÓFILOS E MASTÓCITOS TECIDUAIS FUNÇÃO: são granulócitos relacionados às respostas inflamatórias e alérgicas.

-Os basófilos estão presentes em pequena quantidade no sangue (leucócitos), enquanto os mastócitos estão presentes nos tecidos.

-Possuem um núcleo bilobado, ou seja, com 2 segmentos unidos, portanto também são considerados leucócito polimorfonuclear.

-Seus grânulos contém principalmente histamina, que é considerado um mediador lipídico.

-Os mediadores presentes nos grânulos (histamina, PAF, leucotrienos, prostaglandinas e bradicinina), regulam o tônus vascular e a permeabilidade vascular.

Basófilos Mastócitos teciduais

MACRÓFAGO-FUNÇÃO: fagocitose e destruição intracelular de microrganismos.

-Os monócitos representam cerca de 10% dos leucócitos.

-Os monócitos são células presentes na circulação sanguínea e que migram para os tecidos na resposta inflamatória.

-Nos tecidos são chamados de macrófagos, cuja principal função é a fagocitose de agentes estranhos, células mortas, mas também auxiliam na regeneração tecidual.

-Os monócitos possuem um núcleo em forma de feijão, podendo ser chamados de leucócitos mononucleares.

-Os macrófagos são terminalmente diferenciados, monócitos de longa vida residentes no Sistema Monocítico Fagocitário (baço, linfonodos, timo, submucosa do trato respiratório e gastrointestinal, fígado, pele, ossos, sistema nervoso central).

Monócito Monócito Macrófago

Macrófago

LINFÓCITOS Compreendem as células de origem linfóide geradas na medula óssea, como:

1. Células NK (Natural Killer ou matadoras naturais), 2. Linfócitos T 3. Linfócitos B

FUNÇÃO: são linfócitos que possuem grânulos citoplasmáticos e são capazes de lisar/destruir imediatamente células tumorais e infectadas por vírus

-Não expressam marcadores de superfície como os linfócitos B e T, por isso, são chamadas de células nulas.

-São grandes linfócitos granulares envolvidos na resposta imune inata, pois liberam citocinas como o interferon-gama (IFN-g) que ativa os macrófagos para destruírem microrganismos fagocitados.

LINFÓCITOS B FUNÇÃO: são células produtoras de anticorposespecíficos a diferentes antígenos.

-Os linfócitos B se diferenciam em plasmócitos para secretar anticorpos.

(Parte 1 de 2)

Comentários