Ácido Acético em Vinagre e vinho

Ácido Acético em Vinagre e vinho

Licenciatura Química

Práticas De Química Quantitativa

DETERMINAÇÃO DE ACIDO ACETICO EM VINAGRE E
ACIDEZ TOTAL EM VINHO BRANCO

Data da realização do experimento: 14/08/2010

Prof. Responsável:Julieta Ferreira

Aluno: Ana Letycia Petenon RA:60316

Aluno: Eduardo José Belloni RA:59428

Aluno: Rosemeire Godinho RA:60328

Aluno: Rodrigo Ap. Silva RA: 58796

Aluno: Willian Parreira RA:

Araras, SP

2010

Resumo

Nesse experimento procurou-se encontrar o teor de ácido acético encontrado em uma amostra de vinagre comum, adquirido em supermercado, vale ressaltar que a escala de medida no final será expressa em porcentagem.

Será possível também acompanhar o processo de quantificação da acidez de um vinho branco, também adquirido em um determinado estabelecimento comercial.

Alguns conhecimentos serão abordados a fim de estabelecermos uma ponte ao resultado final, tais como, concentração molar e estequiometria das reações envolvidas.

INTRODUÇÃO

Existem muitas definições diferentes para “análise química”. Talvez seja mais favorável defini-la como a aplicação de um processo ou de uma série de processo para identificar ou quantificar uma substância, ou os componentes de uma solução ou mistura ou, ainda, para determinar a estrutura de compostos químicos.

Quando o analista recebe uma amostra completamente desconhecida, a primeira coisa que deve fazer é estabelecer que substâncias estejam presentes. Essa questão pertence ao domínio da análise qualitativa.

Uma vez conhecidas as substâncias presentes na amostra, o analista deve, freqüentemente, determinar quanto de cada componente, ou de determinado componente, está presente. Essas determinações pertencem ao domínio da análise quantitativa, e uma grande variedade de técnicas está à disposição do analista para esse fim.

O ácido acético (CH3OOH) é um acido fraco, tendo um Ka de 1,8 x 10-5. Ele é amplamente usado em química industrial na forma de ácido acético glacial 99,8% (m/m) (densidade de 1,051) ou em soluções de diferentes concentrações. Na indústria alimentícia é consumido com vinagre, que é uma solução diluída do acido acético glacial (3,5 a 8% m/v).

Os vinagres são geralmente coloridos, mas após as diluições a cor não é suficientemente intensa que possa prejudicar a valorizações do ponto final da titulação. Também, as pequenas quantidades de outros ácidos presentes são simultaneamente tituladas com o ácido acético e a acidez total é expressa em termo do ácido acético.

A acidez volátil corresponde ao teor de ácido acético que é o componente mais importante do vinagre. Ele provém da oxidação do álcool do vinho no processo de acetificação

O vinho foi descoberto pelas civilizações fluviais do Próximo Oriente e constitui uma bebida alcoólica obtida por fermentação do mosto da uva. É constituído fundamentalmente por água (componente maioritário), álcool etílico, e por cerca de 200 componentes, dos quais se destacam os ácidos orgânicos: málico, tartárico, cítrico, acético, propanóico, carbônico entre outros. Alguns ácidos, como o tartárico, o málico e o cítrico não são arrastados pelo vapor de água e constituem a acidez fixa. Outros, como o acético, propanóico e butanóico são voláteis e são responsáveis pela acidez volátil.Os ácidos voláteis são produzidos pelas reações químicas que ocorrem durante a maturação do vinho. A acidez volátil é um indicador da qualidade do vinho.A acidez total de um vinho é a acidez titulável com solução padrão de hidróxido de sódio ou potássio e inclui tanto os ácidos fixos como os voláteis.A determinação da acidez total do vinho pode ser feita por titulação com uma solução padrão de hidróxido de sódio ou potássio, usando como indicador a fenolftaleína ou o azul de bromotimol. Esta acidez apresenta um valor relativamente elevado de pH entre 3 e 4.

OBJETIVO

Este experimento tem como objetivo, determinar através da técnica de volumetria, usando como instrumento a titulação, o teor de acido acético em porcentagem, de uma determinada amostra de vinagre adquirida em um estabelecimento de venda.

Será determinada também, por meio da titulação, a acidez total de uma determinada amostra de vinho branco.

MATERIAL E MÉTODOS

Utilizaram-se, nesses experimentos, os seguintes reagentes.

- NaOH comercial

- Vinagre Comercial

- Vinho Branco Comercial

- Fenolftaleína a 1% em etanol

- Água Destilada

E as seguintes vidrarias:

- Bureta de 50 mL

- Pipetas Volumétricas de 1 e 25 mL

- Béqueres

- Balão Volumétrico de 100 ml

- Suporte Universal

- Erlenmeyer de 125 ou 200mL

- Garras

  • Determinação de acido acético em vinagre

- Para proceder à titulação foi utilizada a solução 0,1M de NaOH, padronizada, como titulante.

Pipetou-se 10 mL de vinagre e foi transferido para um balão volumétrico de 100 mL. - Em seguida adicionou-se 25 mL desta solução num erlenmeyer com 3 a 5 gotas de fenolftaleina. O ponto final da titulação ocorreu quando foram gastos 18,93 mL de base.

- Após a titulação, foi anotado o valor de NaOH consumido no processo com o objetivo de calcular, posteriormente, a quantidade de ácido acético presente no vinagre comercial.

- O procedimento foi feito em triplicata.

  • Determinação da acidez total encontrada em uma amostra de vinho branco

- Ao ser transferido 25 mL de vinho e diluído adicionando-se 100 mL de água destilada, procedeu-se na titulação em que a solução de NaOH padronizada foi o titulante, o vinho diluído foi o titulado e fenolftaleina como indicador. O ponto final da titulação foi verificado quando foram gastos 19,03 mL de solução de NaOH.

- Após a titulação, foi anotado o valor de NaOH consumido no processo com o objetivo de calcular, posteriormente, a quantidade de ácido acético presente no vinagre comercial.

- O procedimento foi feito em triplicata.

RESULTADOS

1- Determinação de acido acético encontrada na amostra de vinagre

O procedimento utilizado para quantificar o acido acético na amostra de vinagre foi o da titulação, desta forma, uma alíquota de 10 ml de vinagre foi diluída em 100ml de água destilada,após esse processo foi colhida uma alíquota de 25ml e iniciou-se a titulação utilizando o NaOH padronizado no experimento anterior.

Conforme a reação, podemos observar que a relação estequiométrica será de 1:1, sendo assim o número de mols do acido acético, será igual ao numero de mols do hidróxido de sódio.Segue a reação abaixo:

A partir da observação do ponto final da titulação, foi anotado o volume gasto de solução de NaOH, para efeito de otimização de resultados, o procedimento foi executado em triplicata para se retirar posteriormente a media dos volumes gastos, para a realização dos cálculos.Seguem abaixo os valores gastos em cada titulação.

1º Titulação foram gastos 19,1ML de NaOH

2º Titulação foram gastos 18,9ML de NaOH

3º Titulação foram gastos 18,8ML de NaOH

Efetuando o calculo da média iremos adotar o valor de 18,93ML de NaOH gastos na titulação até o ponto de viragem do acido acético.

N(Titulante) xV (Titulante) = N(titulado)xV(titulado)

MxFxV (NaOH) = MxFxV (HAc)

M(HAc) = MxFxV (NaOH) / FxV(HAc)

M(HAc) = 0,0961 x 1 x 18,93 / 1 x 25

M(HAc) = 0,0727 mol/L

A concentração calculada acima é a concentração da solução diluída (100mL). Portanto, para calcular a verdadeira concentração de ácido acético no vinagre utilizaremos o seguinte:

Ci x Vi = Cf x Vf Massa Molar (AC) = 60 g/mol 750ml(solução) ----- 43,62

Ci = Cf x Vf / Vi 1 mol HAC ----------- 60g 1 ml --------------- x(g)

Ci = 0,0738 x 100 / 10 0,727 mol ------------ x(g) x = 0,05816 g HAc/ml

Ci = 0,727 mol / L x = 43,62 g (Solução)

Desta forma a porcentagem de acido acético encontrado no vasilhame de vinagre será, a seguinte forma:

750 ml (Solução ) -------------- 43,62 g

100 ml ( Solução ) ------------- x(g)

X = 5,8 % (m/v)

2- Determinação total da acidez do vinho branco

Para se determinar a acidez total do vinho branco também foi utilizado o processo de titulação, utilizando a solução de NaOH padronizada anteriormente,abaixo seguem os volumes no qual foi observado o ponto de equivalência da titulação.

1º Titulação foram gastos 19,5ML de NaOH

2º Titulação foram gastos 18,7ML de NaOH

3º Titulação foram gastos 18,9ML de NaOH

Efetuando o calculo da média iremos adotar o volume de 19,03ML de NaOH gastos na titulação até o ponto de viragem do vinho branco.

Sabendo que a acidez do vinho é normalmente expresso em acido tartarico iremos utilizar a formula abaixo para a expressão em porcentagem, lembrando que a massa molar do acido tartarico é de 150,09mol.

Mediante aos cálculos efetuados acima podemos observar que em uma amostra de vinho existe cerca de 0, 7254% de acido tartarico.

C ONSIDERAÇÕES FINAIS

O objetivo deste relatório consistia em determinar a concentração existente numa solução por meio de uma titulação. Tal objetivo foi alcançado uma vez que várias titulações foram realizadas com tal finalidade.

Nesta pratica ficou explícito os principais erros que podem ocorrer numa análise química. Isto nos fez adquirir uma maior cautela e cuidados quando fazemos uma titulação. Além disso, o conceito de padrão primário e padronização de soluções ficaram bem mais evidentes, uma vez que sua aplicabilidade foi bem definida.

Outro aspecto importante foi na determinação de ácido acético no vinagre e determinação da acidez do vinho. Tais procedimentos foram importantes no que diz respeito a uma indústria alimentícia, a partir disto ficou bem claro como um químico ou engenheiro pode atuar nestas indústrias. E também em diversas outras.

Em suma, a pratica de modo geral, foi bastante proveitosa, e nos fez relacionar conceitos apreendidos em sala de aula com o que estava sendo realizado.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ATKINS, P. W.; JONES, L. “Princípios de Química: Questionando a Vida Moderna e o Meio Ambiente”. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006. 914 p.

HARRIS, D. C. “Análise Química Quantitativa”. 5. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2005. 876p.

VOGEL, A. I. Análise química quantitativa. 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1992. 712 p.

BACCAN, N. Química analítica quantitativa elementar. 3. ed. rev.,ampl. e reest. São Paulo: E. Blucher, 2005. 308p.

Comentários