Principais ocupações profissionais na educação física

Principais ocupações profissionais na educação física

(Parte 1 de 4)

Principais Ocupações Profissionais na Educação Física

Principais Ocupações Profissionais na Educação Física

Administrador Desportivo

Descrição do Cargo

Profissional que atua na administração de empresas públicas ou privadas ligadas à produção de bens ou prestação de serviços relacionados à atividades esportivas, recreativas ou de lazer. Além dos conhecimentos administrativos comuns para gerir qualquer empresa, o administrador desportivo precisa conhecer a dinâmica e as demandas das diversas atividades físicas com as quais se relaciona. Trabalha normalmente na administração de empresas ligadas ao setor esportivo, nos setores comercial (venda e pós-venda), financeiro (faturamentos, pagamentos, financiamentos) e logístico/operacional (entregas, manutenção, prestações de serviço)

Formação Básica

Ensino superior como bacharelado em administração de empresas ou em educação física ou em esportes.

Formação Adicional

Pós-graduação Lato Sensu em Administração Desportiva ou Marketing. Cursos de especialização com ênfase em gestão desportiva.

Mercado de Trabalho

Em expansão devido à profissionalização do marketing e da gestão dos clubes esportivos. A crescente visibilidade das competições esportivas e grande captação de recursos exigirão cada vez mais profissionais qualificados.

Principais Ocupações Profissionais na Educação Física

• Aspectos Favoráveis: É uma área nova com grande potencial de crescimento e oportunidades. As empresas patrocinadoras do esporte cada vez mais exigem profissionalismo e competência na gestão dos recursos empregados. Por ser nova, ainda há poucos profissionais com muita experiência, o que abre as portas para aqueles que desejam entrar na carreira.

• Aspectos Desfavoráveis: A formação em Educação Física ainda é muito tecnicista e os profissionais da área têm pouca intimidade com os temas administrativos e de marketing, o que dá uma vantagem aos formados em outras carreiras como administração.

Características Pessoais

Liderança, organização, empreendedorismo, capacidade de lidar com vários temas ao mesmo tempo.

Estratégias de carreira

• Vida acadêmica: Para um profissional de Educação Física, é imprescindível que a formação seja completada por cursos de pósgraduação ou especialização na área de gestão ou marketing esportivo. Estágios em clubes esportivos são importantes para um maior conhecimento das ações específicas do administrador.

• Vida profissional: em um clube esportivo, o administrador tem muitas responsabilidades e em geral, tem uma diretoria à qual deve reportar-se. Isso implica em uma grande pressão profissional e um número de horas de trabalho prolongado. Por outro lado, há possibilidades de ascensão na carreira para profissionais que se destaquem, devido à carência de mãode-obra especializada e competente.

Principais Ocupações Profissionais na Educação Física

Avaliador Físico

Descrição do Cargo

Atua na mensuração e avaliação de parâmetros morfológicos, e fisiológicos de indivíduos, de forma a possibilitar o planejamento de atividades físicas específicas para as necessidades e possibilidades dos clientes. Trabalha normalmente em academias, salas de musculação de clubes, spas, clínicas de estética e institutos ou laboratórios de pesquisa em atividades físicas e esporte.

Formação Básica

Ensino Superior Educação Física como Bacharelado ou Licenciado, em curso de no mínimo 4 anos. Profissionais que já atuavam nesta atividade até Setembro de 1995 podem se inscrever no CREF de sua região e trabalhar como provisionados.

Formação Adicional

Pós-Graduação Lato Sensu em Avaliação Física e/ou Fisiologia do Exercício são praticamente obrigatórias. Cursos de complementação e atualização em intervalos não superiores a um ano também são importantes, pelo dinamismo e desenvolvimento de novos equipamentos e ferramentas da área.

Mercado de Trabalho

Tecnicamente em expansão, mas a função tem sido cada vez mais absorvida pelos responsáveis pelas salas de musculação de academias e clubes.

Principais Ocupações Profissionais na Educação Física

• Aspectos Favoráveis: é um profissional cada vez mais valorizado em academias e clubes que frequentemente condicionam a matrícula a uma Avaliação Física bem feita. A noção de que uma Avaliação Física deve ser o ponto inicial de todo trabalho físico está se consolidando. Do ponto de vista financeiro, vai depender muito do acordo com a empresa que o emprega: se comissionado por aluno, se com salário fixo, se os equipamentos usados e sua manutenção serão seus ou da empresa, etc.

• Aspectos Desfavoráveis: além da absorção da função pelos professores de musculação, muitas vezes ocorre uma resistência grande por parte dos clientes em valorizar a Avaliação Física e de refazê-la periodicamente. Como é uma função que depende muito de um bom programa de avaliação, há necessidade constante de investimentos em Softwares e Hardwares.

Características Pessoais Metódico, empreendedor, criterioso e forte capacidade analítica.

Estratégias de carreira

• Vida acadêmica: há cursos de Especialização em Avaliação Física acessíveis já aos estudantes. Atualmente existem muitas Pós Lato Sensu específicas sobre o assunto. Em Congressos, sempre há palestras, painéis e mesas redondas sobre o tema. Neles você deve, além de acumular conhecimento, ir se inteirando das novidades e das tendências da carreira. Se puder, adquira e vá se familiarizando com os softwares mais conhecidos para esta atividade. Se na sua Faculdade houver um Laboratório que trabalhe com Avaliação, candidate-se para estagiar (mesmo sem remuneração). Se um professor mantiver um grupo de estudo sobre o assunto, ofereça-se para participar. Estágios em salas de musculação também são muito recomendados.

• Vida profissional: como na maioria dos casos esta é uma função autônoma mesmo quando exercida dentro de uma empresa, não dependa de ninguém e adquira desde logo seu equipamento de avaliação (frequencímetro, adipômetro, estetoscópio, trena, etc.) além de um bom

Principais Ocupações Profissionais na Educação Física software para a tabulação e apresentação dos dados e resultados. Busque inicialmente academias, clubes ou spas para atuar como instrutor na sala de Musculação. Antes de partir para um protocolo completo de Avaliação, inicie fazendo medições isoladas apenas para acompanhar o desempenho de seus alunos e ganhar prática tente estagiar com um avaliador que já esteja atuando (se for conhecido seu, melhor!). A medida que se sentir mais confiante, comece a fazer avaliações completas. E nunca se esqueça: o software (por mais completo que seja) apenas reúne, calcula e organiza os dados quem os avalia de fato é VOCÊ.

Principais Ocupações Profissionais na Educação Física

Consultor Técnico

Descrição do Cargo

Profissional que atua junto às empresas ou entidades ligadas à produção de bens ou prestação de serviços relacionados às atividades físicas e desportivas, contribuindo e influindo com seu conhecimento específico na tomada de decisões gerenciais e administrativas. Trabalha normalmente em empresas ligadas ao setor esportivo, em praticamente todos os seus setores.

Formação Básica

Ensino Superior como Bacharelado em Educação Física ou Licenciatura em Curso de no mínimo 4 anos e registro no sistema Confef/Crefs.

Formação Adicional

Quanto mais especializado for um consultor técnico, melhor sua atuação e maiores suas oportunidades. Cursos de pós-graduação Lato-sensu e extensão universitária na área escolhida são importantes.

Mercado de Trabalho

Com a disseminação cada vez maior das atividades físicas e respectivos negócios relacionados, há uma crescente demanda por consultores especializados nas academias, clínicas esportivas e também nas empresas de produtos esportivos de consumo, para desenvolvimento dos mesmos. Ex. empresas de tênis esportivos e especialistas em biomecânica.

• Aspectos Favoráveis: É possível destacar-se rapidamente se o profissional dedicar-se integralmente à sua especialidade, devido à carência de profissionais competentes e à grande diversificação de especialidades possíveis.

Principais Ocupações Profissionais na Educação Física

• Aspectos Desfavoráveis: É uma carreira basicamente autônoma e, portanto desfavorável para aqueles que gostam de estabilidade e segurança profissional e financeira.

Características Pessoais

Grande capacidade analítica, dedicação e atenção aos detalhes. Boa capacidade de expressão verbal e escrita.

Estratégias de carreira

• Vida acadêmica: A carreira de um consultor técnico deve ser construída com base no acúmulo de conhecimentos sobre a especialidade escolhida. Necessidade de aperfeiçoamento e atualização constantes. Pós-graduação Stricto-sensu é recomendada.

• Vida profissional: Caracterizada pela atividade autônoma, sem vínculos empregatícios, porém com possibilidades de remuneração maiores. É comum a necessidade de viagens constantes.

Principais Ocupações Profissionais na Educação Física

Coordenador Técnico

Descrição do Cargo

Atua liderando um grupo de professores/instrutores, planejando, orientando, coordenando e ajudando na execução das diversas atividades cotidianas inerentes a um departamento técnico esportivo (natação, ginástica, musculação, etc.), como aulas, avaliações, festivais, competições, demonstrações, premiações, sempre no sentido de otimizar os resultados esperados em função dos investimentos feitos. Muito comum em academias e clubes esportivos, frequentemente responde a um Gerente Operacional.

Formação Básica

Ensino Superior como Bacharelado em Educação Física ou Licenciatura em Curso de no mínimo 4 anos. Profissionais que já atuavam nesta atividade até Setembro de 1995 podem se inscrever no CREF de sua região e trabalhar como provisionados.

Formação Adicional

Pós-Graduação Lato Sensu em Administração Esportiva e/ou Gerenciamento de Pessoal são muito recomendáveis. Cursos de complementação e atualização em intervalos não superiores a um ano também são importantes.

Mercado de Trabalho

Restrito e em recessão. Como resultado de freqüentes dificuldades econômicas, nos últimos anos muitas academias de pequeno e médio porte estão suprimindo esta função, substituindo-a por LÍDERES, que nada mais são do que professores que passam a acumular algumas atividades indispensáveis de coordenação.

Principais Ocupações Profissionais na Educação Física

Aspectos Favoráveis: É uma função de liderança e, portanto, se formar uma boa equipe de professores, o coordenador conseguirá projetar-se através dela e ajudar os seus comandados a se firmarem como profissionais.

Aspectos Desfavoráveis: Na quase totalidade dos casos a remuneração fixa não é proporcional ao aumento de responsabilidades se comparada à dos professores. Além disso, costuma ser uma atividade estressante, pois como é líder de equipe, qualquer problema de qualquer de seus comandados também é seu problema.

Características Pessoais Organizado, equilibrado emocionalmente, motivador e líder.

Estratégias de carreira

Vida acadêmica: Raramente é uma atividade visada por profissionais de

Educação Física ainda em formação, sendo na maioria das vezes resultado natural do desenvolvimento do profissional como instrutor e orientador de atividades. Assim sendo, estratégias nesta fase de vida limitam-se a cursos e atividades que desenvolvam características como liderança, motivação, condução de reuniões, etc. Estágios devem ser focados, ou seja, estagiar especificamente junto à coordenação técnica de empresas como Academias.

Vida profissional: A melhor de todas as estratégias será buscar combinar sempre uma performance acima da média como instrutor ou orientador de atividades físicas com uma postura madura de prevenção e conciliação adequada de conflitos, de harmonização de interesses entre a empresa e seus funcionários, de assunção de responsabilidades fora e acima de suas atribuições sempre que necessário. Paralelamente, cursos rápidos relacionados à administração desportiva em geral e, especificamente, à coordenação técnica de Academias e outras empresas são altamente recomendados.

Principais Ocupações Profissionais na Educação Física

Fisiologista

Descrição do Cargo

Atua especificamente na mensuração e avaliação de parâmetros fisiológicos, de forma a possibilitar o planejamento de atividades físicas específicas para as necessidades e possibilidades dos clientes. Atua principalmente agregado a comissões técnicas de equipes esportivas competitivas profissionais, (futebol, voleibol, basquetebol), mas também em academias, salas de musculação, clínicas de estética e institutos ou laboratórios de pesquisa em atividades físicas e esporte.

Formação Básica

Ensino Superior em Educação Física, Esporte, Medicina, ou Fisioterapia, complementado por uma Pós-Graduação Lato Sensu em Medicina Esportiva. Algumas destas especializações só atendem a Médicos, mas várias já atendem também a outros profissionais da área da Saúde.

Formação Adicional

Congressos anuais, cursos de complementação e atualização em intervalos não muito superiores a um ano também são importantes, pelo dinamismo e desenvolvimento de novas pesquisas, equipamentos e ferramentas da área.

Mercado de Trabalho

Tecnicamente em expansão, mas ainda muito restrito e é uma função disputada por médicos e fisioterapeutas, cujos currículos acadêmicos são mais densos do que os dos Profissionais de Educação Física.

• Aspectos Favoráveis: É um profissional cada vez mais valorizado nas comissões técnicas de equipes esportivas profissionais. O conceito multidisciplinar de que o desempenho de um time ou de atletas em geral depende, entre outras variáveis, de criterioso planejamento fisiológico

Principais Ocupações Profissionais na Educação Física está se consolidando. Do ponto de vista financeiro, vai depender muito da empresa onde trabalha e do acordo com ela.

• Aspectos Desfavoráveis: Além da difícil disputa com médicos e fisioterapeutas, é uma atividade essencialmente de equipe, na qual o técnico da modalidade em si é o líder, e toda a equipe (preparadores, auxiliares, fisiologistas, etc.) orbitam em torno dele e das necessidades da equipe.

Características Pessoais Metódico, criterioso, forte senso de equipe e capacidade analítica.

Estratégias de carreira

• Vida acadêmica: Há cursos de Especialização em Fisiologia do Exercício acessíveis já aos estudantes. Atualmente existem muitas Pós Lato Sensu específicas sobre o assunto. Em Congressos, sempre há palestras, painéis e mesas redondas sobre o tema. Neles você deve, além de acumular conhecimento, ir se inteirando das novidades e das tendências da carreira. Se puder, adquira e vá se familiarizando com softwares para esta atividade. Se na sua Faculdade houver um Laboratório que trabalhe com Fisiologia do Exercício ou mesmo Avaliação, candidate-se para estagiar (mesmo sem remuneração). Se um professor mantiver um grupo de estudo sobre o assunto, ofereça-se para participar. Estágios em salas de musculação também são muito recomendados.

• Vida profissional: Como na maioria dos casos esta é uma função que exigirá a sua integração a uma equipe, aprenda desde logo a cultivar e ampliar uma boa network (rede de relacionamentos) na área: fisiologistas de renome, técnicos desportivos, preparadores físicos de equipes profissionais, coordenadores de laboratórios de fisiologia, professores de fisiologia de faculdades, etc. Busque inicialmente estagiar em equipes de menor evidência na mídia ou mesmo academias e clubes para atuar como avaliador físico. Esteja sempre atualizado com relação aos softwares relacionados à sua função. Com a forte informatização do setor e a necessidade de locomoção para acompanhar os atletas, um bom Lap Top já é quase equipamento obrigatório.

(Parte 1 de 4)

Comentários