Ligaçoes quimicas

Ligaçoes quimicas

(Parte 1 de 4)

Universidade do Estado do Pará –UEPA Centro de Ciências Sociais e Educação –CCSE Departamento de Ciências Naturais Curso de Licenciatura Plena em Ciências Naturais –Química Disciplina: A Estrutura atômica, os modelos de ligação. Docente: Ana Júlia Silveira

Andréia de Jesus dos Santos Edilene Alves da Silva Hilda Gomes da Fonseca Joseane Oliveira da Silva Tamiris Paixão Costa

LIGAÇÕES QUÍMICAS PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

Conceito Geral: Combinação entre átomos,e íons onde cada espécie química procura uma maior estabilidade.

PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

ESTADO NATURAL DOS ÁTOMOS: encontramos na natureza combinados de modo a adquirir maior estabilidade.

ESTABILIDADE QUÍMICA: precisam completar seus orbitais incompletos perdendo ou ganhando elétrons.

PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

CAMADA DE VALÊNCIA:em geral as ligações químicas envolvem apenas a última camada do átomo.

PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

ConfiguraçãoConfiguração geralgeral:: ns2 np6 E n e r g i a

Distribuição dos elétrons nos orbitais s e p ns2 np6

PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

ÒIônica ou Eletrovalente;

ÒCovalente ou Molecular; - Simples

- Dativa Ò Metálica

PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

Interação Intermolecular entre moléculas PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

Definição: Elétrons são transferidos de uma átomo para outro dando origem a íons de cargas contrárias que se atraem.

Potencial de ionização: éa energia necessária parao átomo doar elétron.

Afinidade eletrônica: é a energia necessária para o átomo receber o elétron.

PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

FORMAÇÃO DO CLORETO DE SÓDIO PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

üOcorre normalmente entre:

Metal e ametal ou Metal e hidrogênio.

üExemplo: Formaçãofluoretode cálcioCa F2

Wikipédia . Enciclopédia livre PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

FLUORETO DE SÓDIO Na FFLUORETO DE SÓDIO Na F PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

1s2 2s2 2p6 3s1 Distribuição eletrônica

PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

E n e r g i a

2s2 2p6

3s1 2s22p6

3s2 3p5

Esta seta, indica a transferência de um elétron do orbital 3s do sódio, para o or bital 3p do cloro.

Distribuição eletrônica para o sódio, Na Distribuição eletrônica para o cloro, C l

Distribuição dos elétrons nos orbitais PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

Na Cl

1s2 2s2 2p6

3s1 1s2 2s2

3s2 3p5

11Na1s2 2s2 2p6 3s1 17Cl

Transferência de 1e- 1s2

1s2 2s2 2p6 3s2 3p5 PDF created with pdfFactory Pro trial version w.pdffactory.com

Na Cl

1s2 2s2 2p6

1s2 2s2

3s2 3p5

(Parte 1 de 4)

Comentários