Causas do depauperamento do solo

Empobrecimento químico e lixiviação -provocado pelo esgotamento causado pelas colheitas, bem como pela lavagem vertical de nutrientes daágua que se infiltra no solo e pela lavagem lateral.

Erosão hídrica-remoção e transporte dos horizontes superiores do solo pela água. Inicia-se com o salpico de gotas de chuva diretamente sobre a superfície desprotegida e continua com a formação de enxurradas que formam sulcos de diversas proporções.

Erosão eólica -remoção e deposição do solo pelo vento formando grandes nuvens de poeira.

Excesso de sais ou salinização -processo de acúmulo de sais na solução do solo prejudicando o desenvolvimento da vegetação.

Degradação física-mudança adversa em atributos físicos, tais como porosidade, permeabilidade e densidade.

Degradação biológica-grande aumento na taxa de decomposição do húmus, quando não háreposição do mesmo.

Erosão :Éo processo de desagregação e remoção de partículas do solo ou de fragmentos de partículas de rocha, pela ação combinada da gravidade com a água, vento, gelo e/ou organismos

Estocolmo 1972Solos e o Ambiente

Rio 1992 (ECO-92) Primeira Conferência Mundial das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento.

Consenso de que a humanidade éa maior responsável pelo comprometimento da qualidade ambiental e que as novas fronteiras para exploração agrícola estão cada vez mais escassas.

Agenda 21

“Desenvolvimento Agrícola Sustentado éo gerenciamento e conservação da base de recursos naturais, bem como a orientação da mudança tecnológica e institucional, assegurando a realização e satisfação contínua das necessidades humanas para gerações presente e futuras.”

“onde a população cresce desordenadamente e existem muitos pobres com poucas opções de conhecimento, haveráagressão ao ambiente e os esforços de conservação poderão ser obstruídos.”

Rio +10 (Johanesburgo, África do Sul)

Existem duas formas de desenvolvimento dos processos erosivos:

Natural -desenvolve-se em condições de equilíbrio com a formação do solo.

Em condições naturais, o ciclo do desgaste erosivo éequilibrado pela renovação e égraças a esse equilíbrio que a vida sobre a Terra émantida.

As contínuas modificações ocorridas na superfície terrestre pelos rios, ventos, geleiras e as enxurradas das chuvas, deslocam, transportam e depositam continuamente partículas do solo, processo este denominado de erosão geológica ou natural.

Antrópica(erosão acelerada)-sua intensidade ésuperior a formação do solo, não permitindo a sua recuperação natural

Principais Tipos de Erosão

Erosão laminar ou em lençol -causada pelo escoamento difuso das águas das chuvas, resultando na remoção progressiva e relativamente uniforme das partículas dos horizontes superficiais do solo

Erosão em sulcos -causada por concentração das linhas de fluxo das águas de escoamento superficial, resultando em incisões na superfície do terreno, que podem evoluir por aprofundamento a ravinas e/ou voçorocas

Erosão em Paranavaí Erosão em Paranavaí

Degradação do solo nas margens do curso d’água: ausência de mata ciliar e pisoteio excessivo do gado provocaram desbarrancamentos. Uberlândia, MG

Fatores que afetam a erosão hídrica

Clima-os fatores mais importantes do clima são a distribuição, a quantidade e a intensidade das chuvas.

Propriedades do solo-certos solos são mais suscetíveis àerosão do que outros, de acordo com as características físicas, notadamente textura, estrutura, porosidade (permeabilidade) e profundidade dos horizontes diagnósticos.

Declividade do terreno-o grau de inclinação do terreno muito influencia na concentração, dispersão e velocidade da enxurrada e, em conseqüência, no maior ou menor arrastamento superficial das partículas do solo.

Manejo do solo-o modo com a terra émanejada, ou seja, se estáou não recoberta de vegetação, bem como o sistema de cultivo, são também fatores importantes para condicionar uma maior ou menor mobilidade dos solos.

Comentários