Física e sua importância para a sociedade -1

Física e sua importância para a sociedade -1

(Parte 2 de 3)

Ciência. Sem ciência, a tecnologia não evoluiria. Por outro lado, a ciência também avança com melhor tecnologia, que providencia os equipamentos experimentais mais sensíveis e precisos para as novas descobertas.

Mas, não se pode confundir a ciência com a tecnologia: são duas coisas distintas! Considere o caso do computador. Ele é sem dúvida um produto tecnológico, feito em série nas fábricas. Porém, todo seu funcionamento é baseado em conhecimentos que foram gerados por cientistas. Por outro lado, hoje em dia não se pode imaginar uma investigação cientifica sem uso de computadores.

Nós falamos da ciência em geral, mas em muitos sentidos a mais fundamental das ciências naturais é a Física!

Já dissemos que a Física é a ciência que estuda a natureza. Mas você pode dizer que existem também outras ciências que estudam a natureza como, por exemplo, a Astronomia, a Química, a Geografia, a Botânica, a Biologia, etc. Sim, elas também estudam partes da natureza, porém todas estas ciências utilizam as leis da Física. Vejamos se há relações entre a Física e outras ciências:

Os cientistas de todas as áreas usam idéias da Física, desde os químicos que estudam a estrutura das moléculas até os paleontólogos que estudam os dinossauros. A Física também está na base de toda engenharia e tecnologia. Sem entender as leis básicas da natureza, interpretados pela Física, ninguém pode construir

Introdução à Física dispositivos práticos eficientes.

Por exemplo, a Química pode ser considerada de certa forma como sendo um ramo da Física, pois através da estrutura atômica fornecida pela mecânica quântica a Física oferece a explicação sobre as ligações químicas. Assim, a estrutura e as propriedades das moléculas, que são um dos principais alvos do estudo dos químicos, podem ser determinadas resolvendo problemas de Física. Mas na prática, devido à complexidade dos sistemas químicos, os métodos engenhosos elaborados pelos químicos para resolver esses problemas complicados continuam sendo indispensáveis.

A Biologia, por sua vez, acaba tendo que se apoiar muito na

Física e na Química para explicar o que ocorre nos sistemas vivos. Para entender como um animal enxerga é necessário, por exemplo, saber um pouco de óptica; para o sistema auditivo devemos saber um pouco de acústica, etc.

Em geral, a dificuldade para aprender a Matemática é o maior obstáculo dos estudantes para entender a Física!!

Assim, o primeiro passo que você deve dar para tornar-se um bom físico é aprender a lidar com as fórmulas Matemáticas.

Mas a Física deve grande parte de seu sucesso à utilização de uma linguagem que é uma ferramenta indispensável: a Matemática. Como disse Galileu: “O Universo está escrito na linguagem matemática. Sem aprender essa linguagem não poderemos lê-lo”. Você, estudante de Física, deve compreender muito bem essa linguagem do Universo para desvendar seus segredos!

Já nas ciências mais aplicadas, a Física está presente onde muitos nem imaginam. Em Medicina, por exemplo, a Física gera o conhecimento necessário para o desenvolvimento de novos equipamentos e técnicas para diagnósticos de doenças.

Em geral, a dificuldade para aprender a Matemática é o maior obstáculo dos estudantes para entender a Física!! Assim, o primeiro passo que você deve dar para tornar-se um bom físico é aprender a lidar com as fórmulas Matemáticas.

A Física e sua importância para a sociedade

Bem, você já deve ter feito radiografia em um hospital, não é mesmo? Já parou para pensar como é que aquelas imagens são formadas? Você pensa que foi um médico quem criou aquele aparelho de raios X?

Pois bem, a resposta é não! A Física foi a responsável por desvendar os fenômenos envolvendo a radiação, o que contribuiu para a criação e o desenvolvimento desse aparelho tecnológico, com a ajuda prática da engenharia.

Lembre-se ainda do telefone, dos refrigeradores, dos automóveis, dos edifícios que se equilibram sem sabermos como, dos remédios, e tantos outros. Muitos exemplos poderiam ser dados aqui, mas você pode usar sua imaginação para lembrar-se de algumas coisas que são fruto do conhecimento científico de físicos.

(Fonte: 1- http:/w.lmc.ep.usp.br/; 2- http://www.pucrs.br/feng/; 3- http://www.cardiologia.org.br).

Introdução à Física

Leia os textos a seguir. Em cada um deles identifique quais são as profissões a eles conectadas e encontre as palavras que os relacionam à Física. “As formas mais eficazes para detecção precoce do câncer de mama são o exame clínico da mama e a mamografia, que é uma radiografia da mama.” “A datação por radiocarbono (carbono radioativo) é provavelmente a técnica mais conhecida e mais usada na obtenção de idade absoluta nos dias atuais, em arqueologia. Esta técnica foi desenvolvida na universidade de Chicago, por um grupo de cientistas liderados pelo Willard F Libby, em 1949.” “Em 07 de novembro de 1940, três meses após sua inauguração, ventos entre 62 a 74 km/h derrubaram uma ponte pênsil de 1.600 m de extensão, sobre o estreito de Tacoma, no estado de Washington, EUA. A ponte desabou em conseqüência do fenômeno de ressonância, que é a tendência de um sistema mecânico de absorver mais energia quando a freqüência de suas oscilações se iguala a freqüência de vibração natural do sistema.” “Acompanhar o mercado financeiro, a bolsa e o dólar não são suficientes para torná-lo um expert no assunto: 30% da economia mundial depende dos conhecimentos de Mecânica Quântica”.

A Física e sua importância para a sociedade

No primeiro texto você deve ter notado a palavra mamografia, que é uma técnica desenvolvida por físicos, largamente utilizada em Medicina. No segundo texto atente para as palavras “radiocarbono” e “carbono radioativo”. Este é um elemento estudado pelos físicos, e suas propriedades são utilizadas em arqueologia para medir a idade de materiais orgânicos, como fósseis. O terceiro texto fala sobre um exemplo clássico dado em livros de Física aplicada à Engenharia, no qual uma ponte desabou devido a um efeito provocado pelo vento chamado ressonância que você irá estudar em Física. O quarto texto talvez seja o mais difícil de ser identificado. Porém, observe as palavras “mecânica quântica” que é uma parte muito importante da Física e, claro, “economia mundial” que conecta a economia. Todos estes textos nos dão exemplo de como a Física está presente nas mais diversas atividades.

condicionador de ar, seu carroMas, da mesma forma que a infor-

Você já deve ter identificado muitos exemplos do bom uso cotidiano da Física em sua vida, seu celular, seu computador, seu mação gerada pelos cientistas é usada para o bem, como no caso de uma radiografia, que pode auxiliar no diagnóstico de doenças, também pode ser utilizada para o mal. As armas nucleares, por exemplo, surgiram também do conhecimento científico sobre a radiação. Lembre-se da poluição ambiental, das guerras por petróleo, das armas modernas, do aquecimento global. Evidentemente, pode não ter sido o objetivo inicial dos cientistas criarem esses efeitos, mas

Introdução à Física como eles surgiram a partir do conhecimento científico, pode-se dizer que fazem parte da cultura científica, em última instância.

Nosso conhecimento do mundo físico atual foi construído com base nos fundamentos estabelecidos por vários cientistas, como Galileu, Newton, Maxwell e Einstein (e muitos outros que não conhecemos o nome), e sua influência se estendeu para muito além da ciência, afetando profundamente nossa maneira de viver e pensar. Porém, diante do quadro contraditório do mundo de hoje, com o uso dos resultados científicos em aspectos positivos, mas também em negativos, torna-se necessário interrogar o papel e o significado da ciência. Será que ela é realmente a principal responsável pela opressão e miséria existente no planeta, como dizem algumas pessoas? Ou será que ela é a esperança de uma sociedade verdadeiramente democrática como falam outras?

Não temos uma resposta satisfatória para estas questões! Mas lembrem-se do que já foi dito aqui: Os locais onde há mais investimento em ciência apresentam as melhores condições de vida da população.

Hoje em dia, o progresso da ciência tornou-se tão rápido que a sociedade tem cada vez mais dificuldade em acompanhá-lo e, principalmente, compreendê-lo. Por isso é maior a cada dia a necessidade de se promover a conscientização da população sobre os riscos e benefícios que resultam da atual revolução científica e tecnológica. A transparência nas pesquisas é fundamental. Uma comunidade científica também deve estar preparada para comunicar-se com a sociedade, solucionando suas dúvidas, informando sobre as novidades, aproximando a Ciência do povo.

Novos conhecimentos, como a denominada “engenharia genética”, em que tudo parece possível, até a imortalidade biológica, devem ser expostos claramente, debatidos com a sociedade, para sabermos dela o que é esperado da ciência. Mas também temos que ter cuidado com as reações negativas por causa de preconceitos. A reação anticientífica existe desde os primórdios da história da Ciência. Exemplos de grandes cientistas, com idéias

Henri Poincare

Matemático, físico e filósofo francês (1854/ 1912). Interessou-se por mecânica e publicou Os novos métodos da mecânica celeste (1892/1899).

“Duvidar de tudo ou acreditar em tudo: essas são duas estratégias convenientes. Com qualquer uma delas, no entanto, nós dispensamos a necessidade de refletir”. Henri Poincare

A Física e sua importância para a sociedade

inovadoras, como o de Galileu Galilei e Giordano Bruno, que sofreram com uma reação contrária da sociedade por defenderem a teoria heliocêntrica em lugar da geocêntrica, nos mostram que em ciência, às vezes, é preciso ter coragem para enfrentar o mundo e mudar seus conceitos.

Mas cuidado! Por mais benéfica que seja a intenção original de um cientista, o uso de suas descobertas depende de fatores políticos e econômicos alheios a sua vontade. Então, se você pretende se tornar um cientista deve desde já ter consciência da sua responsabilidade!

Nasceu em 1564 na Itália. Estudou medicina, mas se interessava mais pela Matemática, Física e Astronomia. Desde cedo passou a defender que o sistema planetário era heliocêntrico (o centro do sistema planetário seria o Sol), contrário aos dogmas da Igreja que imputava como geocêntrico, ou seja, que os planetas estariam girando em torno da Terra. Em 1630, Galileu publicou seu livro “Sobre os dois maiores sistemas do mundo”, em que defende abertamente o sistema heliocêntrico e apresenta as evidências que acumulara com suas observações astronômicas. Galileu foi intimado pela inquisição a comparecer a um julgamento público em Roma. Lá, foi obrigado a abjurar suas crenças e declarar arrependimento, a fim de evitar a morte na fogueira como herege. Ele fez sua declaração e foi sentenciado a prisão domiciliar, que teve de cumprir até sua morte, já totalmente cego, em 1642.

Pelo mesmo motivo, Giordano Bruno, outro grande cientista, foi queimado vivo. Hoje sabemos que ambos os cientistas estavam corretos!

O julgamento de Galileu (Fonte: http:// upload.wikimedia.org).

Introdução à Física

Leia atentamente o texto de Marcos Cardoso que foi publicado em 08/07/2007 no Caderno A do Jornal da Cidade.

Com discurso eivado de preconceitos, medo e embasado mais intensamente no vazamento ocorrido em Chernobyl, personalidades e ONGs sergipanas já rejeitam a proposta de construção de usinas nucleares no Brasil, principalmente no solo do sergipano. Há motivos para medo, sim. Mas não se faz necessária a queimação pública da imagem daqueles que defendem o projeto, que buscam a ciência para justificar a segurança hoje existente e a necessidade do país em ter uma energia mais limpa. O funcionamento de usinas nucleares, dizem os físicos e técnicos da área, hoje é seguro e buscam como exemplo a Europa e os Estados Unidos, que depois dos acidentes ocorridos adotaram modelos de obras com ampla segurança. O problema mais grave, contudo, é onde colocar o lixo produzido para gerar energia e garantir o desenvolvimento. Os investimentos na construção de uma usina nuclear são grandes, chegam a casa dos bilhões e geram empregos e rendas para centenas de pessoas. Isso é um fato positivo, até porque atrai mão-de-obra extremamente qualificada e transforma o Estado num pólo de desenvolvimento e estudos científicos nessa área. Mas será que isso vale a pena para o Brasil e para Sergipe? A comunidade científica está dividida e os leigos ligam usina nuclear imediatamente à construção de bombas atômicas. Por conta disso é que existe a pretensão de ONGs, entidades sindicais e personalidades de exibir no sertão sergipano o filme “The Day After” (O Dia Seguinte), que mostra uma tragédia

A Física e sua importância para a sociedade

1. Você deve saber que o Brasil já passou por um “apagão” alguns anos atrás (ou seja, o país teve necessidade maior de energia do que a disponível), um dos primeiros efeitos foi o aumento das tarifas de energia elétrica. O consumo teve que ser diminuído drasticamente, com isso, algumas das facilidades modernas a que estamos acostumados tiveram que ser deixadas de lado. Por exemplo, condicionadores de ar foram utilizados nuclear de grandes proporções. É algo assustador e que por certo induzirá o sertanejo ao medo. O ideal seria a abertura de amplos debates sobre o tema envolvendo políticos, ONGs, técnicos especializados na área e o povo para avaliar vantagens e desvantagens. Não se deve levar a questão de forma sentimental. É providencial também colocar na mesa de discussão a possibilidade de se construir uma nova hidrelétrica no rio São Francisco, nas proximidades de Ilha das Flores e Brejo Grande. Mas aí surge um novo problema. O “Velho Chico” suportaria tal iniciativa? Isso também não causaria problemas ambientais? Ou seria melhor a utilização das poluidoras e degradantes usinas termelétricas? As opções eólica e solar também não são problemáticas? Por tudo isso, o debate se faz necessário.

Agora responda as questões: 1. Se houver uma crise energética no Brasil dê exemplos de problemas que você teria que enfrentar.. 2. Identifique no texto aspectos positivos e negativos para a construção de uma usina nuclear em Sergipe. 3. Comente a importância da informação da população sobre alguns temas de Física, como energia nuclear.

Introdução à Física somente em dias de calor extremo, vários eletrodomésticos não puderam ser utilizados pelas donas de casa que tiveram que fazer economia forçada, aparelhos que ficam em “stand by” foram desligados da tomada para evitar o mínimo gasto desnecessário, etc. Porém, no futuro, em casos mais graves, poderemos ficar com cidades inteiras sem energia elétrica, o que ocasionaria um caos nestes locais. Por exemplo, os semáforos não funcionariam, cirurgias seriam canceladas, comida estragaria por falta de refrigeração, aumentariam os casos de assaltos e roubos por falta de iluminação. 2. Dentre os aspectos positivos podemos identificar que a energia nuclear é considerada mais limpa do que a baseada em combustíveis fósseis, a mais usada no mundo atualmente (cerca de 80% de toda a energia produzida); a geração de empregos e renda para centenas de pessoas no local da instalação; atração de mão-de-obra qualificada para o local, o que o transforma num pólo de desenvolvimento e estudos científicos na área. Dentre os aspectos negativos você deve ter localizado a possibilidade de um acidente nuclear; a não determinação exata de um local para deposição do “lixo” nuclear produzido; a necessidade de grandes investimentos na construção de uma usina nuclear. Mas será que você viu também que a população pode ser manipulada? Algumas pessoas manipulam a opinião popular alimentando o medo das pessoas, que por falta de informação, fazem um julgamento despreparado. 3. Apesar de muitas vezes parecer distante da população em geral, as ciências, e em particular a Física, fazem parte do nosso cotidiano. Devemos muitas vezes tomar decisões sobre nosso futuro, o que por ignorância pode nos conduzir a um erro grave. Os debates científicos são muito importantes, pois permitem que a população tenha acesso a informações sobre temas que poderão afetá-la diretamente. O exemplo do texto, com a possível instalação de uma Central Nuclear em qualquer lugar do mundo mexe com os ânimos de muita gente. Alguns são a

A Física e sua importância para a sociedade

favor pensando no desenvolvimento que pode ser proporcionado; outros são contra em defesa do meio ambiente. A sociedade se manifesta, em geral, contraria com base apenas no medo, o que alguns utilizam para manipulála. A comunidade científica deve se preocupar em informar a população sobre todas as alternativas possíveis, com suas vantagens e desvantagens. Uma sociedade bem informada é muito mais difícil de ser manipulada!

AFísica estuda a natureza para entendê-la e descrever os processos que nela ocorrem, e apartirdesseconhecimen- to tenta ajudar a humanidade a progredir. Porém, o curso de Física é, em geral, considerado difícil, pois necessita que você aguce sua curiosidade e use mais seu raciocínio e lógica. Se preparando bem, ele se tornará apaixonante.

A Física desempenha um papel muito importante no mundo contemporâneo e está presente em quase todas as áreas, sendo considerada a mais fundamental das Ciências Naturais. Porém a Matemática é a grande ferramenta da Física. Sem ela a natureza não pode ser descrita pelas outras Ciências.

A sociedade contemporânea depende imensamente de equipamentos tecnológicos, que surgiram devido as pesquisas na área de Física. Mas estes estudos também podem ter mal uso, como em armas, ou gerar poluição e degradar nosso planeta. O cientista tem grande responsabilidade com a sociedade. Um bom físico deve se comunicar com a população com clareza, solucionando suas dúvidas, aproximando a Ciência do povo. Uma sociedade bem informada tem opiniões mais bem formuladas sobre todas as questões que lhe são impostas, podendo decidir melhor sobre sua vida.

(Parte 2 de 3)

Comentários